Moviecomarte apresenta – A menina silenciosa –

Sinopse:

Cáit é uma menina de nove anos que tem uma família enorme, pobre e disfuncional. Com a aproximação de mais um parto de sua mãe, ela é enviada para a casa de parentes distantes apenas com a roupa do corpo. Ao receber os cuidados deste casal de meia idade, Cáit desabrocha e descobre uma nova forma de viver, mas nesta casa onde o carinho cresce e onde não há segredos, a menina silenciosa faz uma dolorosa descoberta.

Mais informações:

– Indicado ao Oscar 2023 de Melhor Filme Internacional

– Indicado ao Bafta de Melhor Filme em língua não inglesa e Melhor Roteiro Adaptado

– Vencedor – Melhor Filme de Língua Estrangeira – London Critics Circle Film Awards

– Festival de Berlim – Vencedor do Prêmio de Melhor Filme – Grand Prix do Generation Kplus International Jury

O que dizem sobre:

“Uma obra de arte genuína e um dos filmes mais comoventes e sinceros de qualquer país da última década” – Rolling Stones

“Maravilhosamente realizado, este drama delicado e comovente é um dos melhores filmes do ano.” – The Playlist “uma das reflexões mais magistrais sobre infância, família e amor.

Neste final de semana – sábado e domingo – 11horas no Moviecom Cinema – Maxi Shopping Jundiai

MOVIECOMARTE APRESENTA – MONSTER

Direção: Kore-eda Hirokazu

Roteiro: Sakamoto Yuji

Considerado um dos melhores filmes do ano.

Monster, conta a história de uma mãe sente que há algo errado quando seu filho começa a se comportar de maneira estranha. Ao descobrir que um professor é o responsável, ela vai até a escola exigindo saber o que está acontecendo. Enquanto o caso se desenrola pelos olhos da mãe, do professor e da criança, a verdade começa a surgir.

Mais informações:

– Vencedor do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes 2023

– Vencedor da Queer Palm no Festival de Cannes 2023

– Do diretor indicado ao Oscar de Melhor Filme Internacional e vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes por “Assunto de Família”

– Com trilha sonora do vencedor do Oscar Ryuichi Sakamoto

O que dizem sobre:

“Monster é um lembrete emocionante dos poderes de Hirokazu Kore-eda” – THE FILM STAGE

Neste sábado domingo, as 11horas no Moviecom cinemas, no Maci Shopping em Jundiaí.

Moviecomarte apresenta – O melhor está por vir

Novo filme do diretor italiano Nanni Moretti.

Exibido em competição em Cannes, O MELHOR ESTÁ POR VIR traz no elenco Moretti, Marguerita Buy, Mathieu Amalric e Silvio Orlando

O novo trabalho de um dos diretores mais queridos do cinema italiano, Nanni Moretti, chegou aos cinemas brasileiros em 4 de janeiro de 2024. A comédia O MELHOR ESTÁ POR VIR tem distribuição da Pandora Filmes e traz Moretti no papel principal, ao lado de Margherita Buy, Silvio Orlando e Mathieu Amalric.

O longa, que fez sua estreia no Festival de Cannes, tem como protagonista um diretor de cinema fazendo um filme que se passa na Roma dos anos de 1950, mas diversos impedimentos complicam a conclusão das filmagens.

O filme que está sendo dirigido por Giovanni, personagem do próprio Moretti, se passa na época da invasão soviética da Hungria. Ele acredita firmemente nesse projeto e está certo de que é preciso contar a história do Partido Comunista Italiano da época, e como perdeu a oportunidade de romper com a União Soviética para finalmente tomar um caminho independente. No entanto, ninguém mais se lembra desses acontecimentos, o mundo mudou e a maneira de fazer filmes também. Enquanto Giovanni está convencido a fazer um filme político, sua atriz pensa ao contrário: segundo ela, Giovanni está fazendo um filme de amor e não percebe isso – e ela pode estar certa.

Embora o mundo ao seu redor esteja se tornando cada vez mais difícil de decifrar e aceitar, Giovanni não quer perder para uma realidade decepcionante. E, acima de tudo, ele não quer desistir do sonho de poder mudá-lo. Se a vida e a história não permitem, o cinema, pela sua força e energia contagiosas, transforma a realidade e torna o sonho possível”, explica o cineasta, que assina o roteiro com Francesca Marciano, Federica Pontremoli e Valia Santella.

O longa-metragem marca o aniversário de 50 anos da carreira de Moretti, que estreou como diretor com o curta “La sconfitta”. E ele explica que O MELHOR ESTÁ POR VIR é dos principais trabalhos de sua carreira. “Esse é um filme muito pessoal para mim e sei que muitos verão nele uma espécie de ‘resumo’ dos meus temas e estilos. Não estou mais totalmente ciente do que são, mas estou ciente de que é assim que o filme será dissecado”, disse em entrevista.

Moretti define este como “um filme sobre o cinema” e conta que as principais inspirações foram “8 ½”, de Federico Fellini, mas não deixa de ser um filme sobre ele mesmo – Nanni é um diminutivo de Giovanni. “A autoironia sempre esteve na minha carreira desde o começo. Desde meus primeiros curtas em Super 8, três coisas vieram naturalmente para mim que levei comigo durante toda a minha vida: falar sobre o meu mundo, sobre o mundo da classe média romana de esquerda – fazendo isso com ironia, principalmente consigo mesmo –, e me colocar não apenas atrás da câmera, mas também na frente dela.”

Desde sua estreia em Cannes, O MELHOR ESTÁ POR VIR tem recebido muitos elogios. “Moretti mais uma vez encontrou uma maneira de fazer um filme que cria uma comédia ousada a partir de um processo de autoterapia. [Ele] transforma as obsessões de um homem em uma comédia humana”, escreveu Lee Marshall, no Screen Daily. No Jerusalem Post, Hanha Brown afirmou que este é “um filme raro que vai fazer você pensar e se sentir bem ao mesmo tempo”.

Sinopse

Comédia sobre Giovanni, um cineasta que tenta desesperadamente terminar um filme ambientado em Roma, na década de 1950, sobre comunistas italianos. Mas uma série de obstáculos se interpõe em seu caminho: uma atriz teimosa, orçamento apertado, seu próprio casamento em colapso e o namoro da filha com um tipo inesperado. Sempre no limite, Giovanni terá que repensar sua maneira de agir e acreditar que o melhor está por vir.

Neste sábado e domingo, as 11horas, no Moviecom Cinemas, em Jundiaí.

Ficha Técnica

Direção: Nanni Moretti

Roteiro: Nanni Moretti, Francesca Marciano, Federica Pontremoli e Valia Santella.

Produção:  Nanni Moretti, Domenico Procacci

Elenco: Nanni Moretti, Marguerita Buy, Mathieu Amalric e Silvio Orlando

Direção de Fotografia: Michele D’Attanasio         

Desenho de Produção: Alessandro Vannucci        

Trilha Sonora: Franco Piersanti

Montagem: Clelio Benevento         

Gênero: comédia

País: Itália, França

Ano: 2023

Duração: 95 minutos

Moviecomarte apresenta – Softie

EXIBIDO EM CANNES E INDICADO AO CÉSAR,

SOFTIE CHEGA AO MOVIECOMARTE EM 13 DE JANEIRO

Dirigido pelo premiado Samuel Theis,

o filme se baseia em experiências do próprio diretor

O premiado diretor de Party Girl (Camera D’or em Cannes 2014), Samuel Theis, está de volta com um filme que contempla elementos autobiográficos. SOFTIE, além de ter sido nomeado ao Prêmio Queer Palm em Cannes, recebeu uma indicação ao César de melhor ator promissor para o protagonista Aliocha Reinert, que interpreta Johnny Jung, um garoto repleto de potencial. O longa chega aos cinemas brasileiros em 7 de dezembro, com distribuição da Pandora Filmes.

O filme é em grande parte autobiográfico, embora eu tenha tomado mais liberdades do que em Party Girl. Softie se baseia na minha infância, mas com espaço para um pouco mais de ficção. Eu não queria estar tão ligado à realidade”, explica Theis, que assina o roteiro com Gaëlle Macé.

Johnny tem 10 anos e se destaca em sua família por sua sagacidade e sensibilidade. Ele observa, entre outras coisas, as dificuldades que sua mãe (Melissa Olexa) enfrenta criando-o sozinha. Tudo muda com a chegada de um novo professor, o Sr. Adamski (Antonie Reinartz), que vê no garoto um grande potencial.

Johnny vem de uma família desfavorecida, sofrendo de problemas estruturais  e atenção. Adamski pode lhe dar as duas coisas. Ele abre, no garoto, as portas da sensibilidade, bem como da consciência de si mesmo. Não há apenas o surgimento da inteligência de Johnny , mas também a percepção de seu papel social”, explica o cineasta.

Ao contrário de Party Girl, cujo elenco era formado por atores não-profissionais, em SOFTIE, Theis combinou profissionais experientes com estreantes para, conforme disse, “criar um diálogo entre dois mundos”.

A questão da representação das classes trabalhadoras na tela é importante e, para mim, é difícil reconstituir esse ambiente específico com os atores. Eu sinto uma necessidade de filmar pessoas da região, com aqueles rostos, corpos e maneiras de falar, com o objetivo de aumentar a visibilidade deles.  No filme, os atores profissionais encarnam outra classe social. Achei divertido, numa meta dimensão, a interação em seus diferentes status.

Para encontrar o ator perfeito para o protagonista, Theis conta que fez muitos testes na região de Lorraine, até chegar em Reinert. “Eu queria um garoto com cabelo comprido, e de natureza delicada, já tocado por questões de sexualidade e de gênero. Aliocha apareceu. Ele tinha cabelo comprido, ele fazia balé. Contei aos pais dele o que acontece no filme, pois queria que ficasse claro. E, com muita sabedoria, eles me disseram que seria uma decisão de Aliocha. Ele pediu um tempo para pensar sobre isso, o que achei muito bonito. Ele me ligou alguns dias depois, dizendo que sentia que era capaz de fazer o personagem. (…) Tomar essa decisão foi muito corajoso da parte dele.”

A crítica internacional tem destacado os pontos fortes da obra. A Revista Screen Daily escreveu que o filme “captura habilmente a confusão, o medo e a raiva do protagonista enquanto ele tenta lidar tanto com as dificuldades da vida quanto com sua crescente sexualidade.” Já o CineEuropa revelou que “o carisma de Aliocha Reinert desempenha um papel importante no sucesso de um filme que se mostra muito esclarecedor sobre o desejo de emancipação (…), criando uma obra que evita qualquer pensamento simplista em preto ou branco e vibra como se acompanhasse as batidas de um coração aprendendo a se controlar.”

SOFTIE  foi lançado no Brasil pela Pandora Filmes.

Sinopse

Johnny tem dez anos e só se interessa por histórias adultas. Numa habitação social em Lorraine, ele observa com curiosidade a vida sentimental agitada de sua jovem mãe. No colégio, frequenta a turma do Sr. Adamski, um professor novato que acredita em seu potencial e com quem descobrirá um novo mundo.

Ficha Técnica

Direção: SamuelTheis

Roteiro: SamuelTheis, Gaëlle Macé.

Produção: Caroline Bonmarchand

Elenco: Aliocha Reinert, Antonie Reinartz, Melissa Alexa, Ilia Higelin

Direção de Fotografia: Jacques Girault

Desenho de Produção: Mila Preli

Trilha Sonora: Ulysse Klotz

Montagem: Nicolas Desmaison, Esther Lowe

Gênero: drama, suspense, guerra

País: França

Ano: 2021

Duração: 93 min

Classificação – 16 anos.

MOVIECOMARTE APRESENTA – A LINHA

Exibido na Mostra Internacional de São Paulo e participante do Festival de Berlim

A Linha é um filme forte, e ao mesmo tempo muito sensivel, sobre a relação de uma mãe e filha.

É um filme francês de drama dirigido por Ursula Meier (Shock Waves: Diary of My Mind, Minha Irmã). O longa conta a história de Margaret (Stéphanie Blanchoud) que, durante uma discussão acalorada, acaba atacando violentamente sua mãe, Christina (Valeria Bruni Tedeschi). A confusão resulta em uma ordem de restrição de três meses contra Margaret, forçando-a a manter uma distância de 100 metros da mãe. Mas o espaço entre as duas nunca pareceu tão desesperadamente grande: se antes os conflitos entre as duas causaram o desentendimento punível pela lei, agora tudo o que Margaret quer é se reaproximar da família.

Neste sábado e domingo as 11horas no Moviecom Cinemas – Maxi – Shopping .Não recomendado para,menores de 14 anos.

Moviecomarte apresenta BRADO


Filme italiano com uma forte história de família a resgate.
SINOPSE
Não recomendado para menores de 16 anos
Em Brado, após seu pai sofrer um acidente e acabar quebrando o braço, um garoto é forçado a voltar para a casa do homem com quem não tem uma boa relação. Lá, ele ajuda a tomar conta do rancho da família e acaba se unindo ao pai para tentar domar um cavalo muito rebelde – e praticamente impossível de ser domado – com o objetivo de vencer uma competição internacional. Com o passar do tempo e trabalhando juntos todos os dias, os dois começam a se reaproximar lentamente, mas com tantos fantasmas do passado, eles ainda devem percorrer um longo caminho até encontrarem o perdão e superarem os obstáculos que os afastaram.
Nesta sábado e domingo no Moviecom Cinemas – Maxi Shopping – Jundiaí
 

QUEM SOMOS?

O projeto Temperos de Cinema, surgiu de uma paixão antiga pelo cinema. Desde a infância o cinema sempre fez parte da minha vida de tal forma, que considero roteiristas e diretores como amigos e conselheiros.

POSTS RECENTES

Fique por dentro de todas as novidades da Tempero de Cinema!

Fique por dentro de todas as novidades da Tempero de Cinema!

DESEJA FALAR CONOSCO?

Entre em contato, deixe sua dúvida ou comentário e fique por dentro de todas as novidades da Tempero de Cinema!