Temperos

O Doce E O Amargo em “Caramelo”

Postado porTemperos de Cinema 10 de novembro de 2016 0 Comentários

“Caramelo”, foi o filme de estreia da atriz libanesa Nadine Labaki como diretora de cinema. Lançado em 2007 no Festival de Cannes.ele retrata de forma sutil, através da vida de 5 mulheres que se encontram em um salão de beleza, as questões políticas do Líbano na virada do século.

caramel18_18x
O título sugere algo doce e feminino, mas é uma referência ao doloroso método de depilação e aos dilemas de cada personagem: Relações amorosas complicadas; questões culturais como a virgindade; homossexualidade feminina; envelhecimento e solidão.
“Caramelo” é uma comédia dramática leve e objetiva, com um excelente trabalho de direção e atuação de um elenco (grande parte amador) que consegue de forma brilhante e verdadeira envolver o público na vida dos personagens.


Do filme a chef Sandra Romansini pegou só o lado doce para fazer uma receita de Torta de Maçãs com uma divina Calda de Caramelo. Para pegar a receita, clique aqui.

k8lm1jdmwwq17gbslbfobn1kds

FICHA TÉCNICA
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Nadine Labaki
Roteiro: Jihad Hojeily, Nadine Labaki, Rodney El Haddad
Elenco: Adel Karam, Aziza Semaan, Gisèle Aouad, Joanna Moukarzel, Nadine Labaki, Sihame Haddad, Yasmine Al Masri
Produção: Anne-Dominique Toussaint
Fotografia: Yves Sehnaoui
Trilha Sonora: Khaled Mouzannar
Duração: 95 min.

Você pode gostar também

Deixe seu comentário