Tag

#receitadasemana

Receita da semanaTemperos

Peru e Thanksgiving – Uma Tradição Com Inovações

Postado porTemperos de Cinema 2 de dezembro de 2017 0 Comentários


Continuando a série do Thanksgiving no cinema, vamos lembrar da inseparável dupla “Peru e Ação de Graças”.
Só que nesta série do Temperos de Cinema, resolvemos inovar, na receita, ao invés do tradicional Peru assado, a receita da Sandra é de uma Coxa de Peru recheada que fica tão diferente que nem parece uma Coxa de Peru, mas o sabor é incrível e tem gosto de festa, que é o que deve ficar na memória afetiva.

Tempestade-de-Gelo
Inovamos no filme também, pois Tempestade de Gelo, é uma obra prima do Ang Lee, e que mostra uma comemoração do Feriado de ação de Graças entre família e amigos, com nada menos do que um jogo de “chaves” durante essa comemoração.
Quer inovar, mas nem tanto ? Procure esse filme, assista em família, degustando a receita da Sandra.

Galantine de Peru

Ingredientes:
650g de peru moído (peito e coxas)
2 colheres (sopa) de alecrim
2 colheres (sopa) de tomilho
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
Sal a gosto
Pimenta-do-reino moída a gosto
150g de creme de leite fresco batido
1 clara de ovo
50g de castanha-do-pará picada
20g de azeitona preta sem caroço picada

Ingredientes para o Preparo das Batatas e Maçãs Verdes
Batatas inglesa
400g de maçã verde
20g de manteiga clarificada
1 dente de alho
Sal e pimenta branca moída a gosto
Óleo

Modo de Preparar:
Desosse o peru inteiro separando a pele da carne e mantendo-a inteira. Reserve um peito de peru inteiro.
Moa a carne gelada e a tempere com o azeite, alecrim, tomilho e clara de ovo. Misture a castanha do Pará e a azeitona. Tempere com sal e pimenta e acrescente o creme de leite fresco. Também pode-se fazer batendo a carne em um processador com clara de ovo, alecrim e tomilho e depois misturar o creme de leite fresco, castanha e azeitona. Deixe descansar na geladeira por 20 minutos. Esse recheio também pode ser usado para fazer pastel, croquete e até transformar em hambúrguer.

Abra um filme plástico na bancada. Sobre ele, disponha a pele do peru. Espalhe o recheio mais para a ponta e, sobre ele, o peito de peru que foi reservado e cortado em tiras. Com ajuda do filme, enrole e deixe as pontas com sobras para amarrar. Faça um cilindro e cozinhe em banho maria a no máximo 80ºC por cerca de 30 minutos e até a galantine ficar firme. Em casa, caso não tenha uma panela grande, é preferível fazer porções menores da galantine para obter o melhor cozimento. Retire, deixe descansar até esfriar e leve à geladeira até o dia seguinte.

Retire o plástico filme e leve ao forno alto para assar. É importante checar de vez em quando e girar a galantine para que ela doure por inteirio. Você também pode dourar a galantine na frigideira. A pele deve ficar bem dourada e crocante. Deixe descansar por cerca de 3 minutos. Para servir, fatie e enfeite com frutas.

Receita da semanaTemperos

Prato da Semana: Guisado de Coelho

Postado porTemperos de Cinema 24 de agosto de 2017 0 Comentários

Dirigido pelo britânico Adrian Lyne, que ficou famoso nos anos 90 por seus filmes com estética de video clipes, “Atração Fatal” é um dos grandes sucessos do cinema americano imortalizando a personagem Alex Forrest, vivida por Glen Close, como uma das grandes vilãs das telonas em todos os tempos.
E não era para menos. A psicótica Alex ao se sentir rejeitada por Dan Gallagher (Michael Douglas), um homem casado com quem teve uma aventura, transforma a vida dele e de sua família em um verdadeiro inferno.

liaison-fatale-1987-03-g
Em uma das cenas mais icônicas do filme, ela cozinha vivo o coelhinho de estimação do filho de Dan. Essa cena nos fez lembrar uma receita italiana super tradicional, o Guisado de Coelho, claro sem os requintes de maldade de Alex mas com o toque especial da chef Sandra Romansini.

Receita: Guisado de Coelho
Ingredientes:
1 coelho novo de cerca de 1 kg e 200 gr
1 colher (café) de tomilho seco
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
suco de limão
sal
pimenta-do-reino
1 folha de louro
2 colheres (sopa) de cheiro verde picado
2 dentes de alho picados em pedacinhos

Modo de Preparo:
Corte o coelho em 6 pedaços.
Aqueça o azeite numa frigideira grande e doure os pedaços de coelho em fogo forte, virando-os a intervalos.
Quando estiver bem dourado tempere com sal, pimenta, tomilho e louro, e diminua bem o fogo
Deixe que o coelho cozinhe em seu próprio suco, sem tampar a frigideira.
Vire sempre a carne e quando estiver quase cozida, junte o alho e o suco de limão.
Complete o cozimento, acrescente o cheiro verde e sirva a seguir acompanhado de batatas cortadas em cubinhos e fritas na manteiga.

Receita da semanaTemperos

Lamen. Nosso Prato da Semana.

Postado porTemperos de Cinema 30 de junho de 2017 0 Comentários

No filme “Sabor de uma Paixão”, do diretor Robert Allan Ackerman (2010), uma jovem viaja para Tóquio para reencontrar o namorado mas acaba sozinha e tendo que se adaptar a uma cultura totalmente diferente da sua.
Após perceber os efeitos que a comida de um restaurante provoca nos clientes, ela fica convencida de que seu destino é se tornar uma chefe de cozinha especializada em lamen. Logo ela consegue convencer o chef do restaurante a ensiná-la a fazer um bom lamen. Apesar do atribulado relacionamento entre os dois, logo eles percebem que o ingrediente mais importante é cozinhar com amor.

96111
E é com muito amor que a chef Sandra Romansini nos ensina a preparar esse prato tradicional da comida japonesa.

Receita de Lamen

Ingredientes da pasta:
• 1/4 cebola
• 4 dentes de alho inteiros
• 1 talo de cebolinha
• 4 fatias de gengibre
• 1 talo salsão
• 7 colheres (sopa) de Sake Mirin Kenko
• 3 colheres (sopa) de Sakura Light
• 3 colheres (sopa) de Óleo de Gergelim Kenko
• 1 colher (sopa) de Tempero para Sushi Kenko
• 2 colheres (sopa) de caldo de galinha em pó
• 1 colher (café) de sal
• Pimenta do reino a gosto
• 1 colher (sopa) de caldo de peixe em pó
• 20 g banha de porco

Ingredientes do Caldo:
• 3 xícaras (chá) de água
• 1 colher (sopa) de caldo de peixe em pó
• 1 colher (sopa) de Sakura Light
• 1 colher (café) de sal
• Pimenta do reino a gosto
• 2 colheres (sopa) da pasta
Montagem:
• 200g de macarrão para lamen cozido
• Cebolinha picada a gosto
• Kamaboko (massa de peixe) em fatias a gosto
• Ovo cozido cortado ao meio a gosto
• Wakame (alga) a gosto
• Moyashi (broto de feijão) a gosto
• Cebolinha queimada (cebolinha frita em um pouco de óleo) a gosto

Modo de preparo:
1. Para o preparo da pasta, bata no liquidificador: cebola, alho, cebolinha, gengibre, salsão, Sake Mirin Kenko, Sakura Light, Óleo de Gergelim Kenko, Tempero para Sushi Kenko, caldo de galinha, sal, pimenta do reino e caldo de peixe. Em seguida, leve essa mistura ao fogo, acrescente a banha e ferva por 5 minutos ou até que o caldo fique consistente, uma pasta. Reserve.

2. Para o preparo do caldo, em uma panela aqueça a água, adicione o caldo de peixe, o Sakura Light, o sal, a pimenta do reino e a pasta. Misture até dissolver. Desligue o fogo e reserve.

3. Em uma cumbuca grande e funda, disponha o macarrão ainda quente, adicione o caldo quente e finalize com cebolinha, kamaboko, ovo cozido, wakame, moyashi e cebolinha queimada. Sirva imediatamente.

Receita da semanaTemperos

Receita da Semana: Ratatouille

Postado porTemperos de Cinema 9 de junho de 2017 0 Comentários

Quem nunca assistiu Ratatouille?
Lançado em 2007, ele é um dos grandes sucessos da Pixar e conta a história de Rémy, um ratinho mega simpático que vive nos esgotos de Paris e que sonha em se tornar um chef de cozinha.
Em uma longa sequência de obras do acaso, Remy vai parar na cozinha de um dos grandes restaurantes de Paris, cuja a cozinha é comandada pelo seu grande ídolo, o chef Auguste Gusteau. O ratinho se desespera ao ver um ajudante de cozinheiro arruinando uma sopa de Gusteau e vê aí uma oportunidade para se tornar um chef de verdade. E é aí que começam de verdade as aventuras de Remy.

maxresdefault
O título do filme é uma homenagem a um cozido típico da região de Provence, no sul da França, preparado com berinjela, tomate, cebola, pimentão e outros legumes a gosto. O motivo da sua escolha fica claro só no final, em um dos melhores monólogos da história do cinema, proferido pelo crítico gastronômico Anton Ego.
Ratatouille é um filme para toda a família assim como essa receita do prato que a chef Sandra Romansini nos ensina no programa desta semana.

Receita: Torta Rustica de Ratatouille

Massa:
– 1 ovo
· 100g de manteiga gelada
· 1 colher (chá) de sal
· 1 e 1/4 de xícara (chá) de farinha de trigo

Recheio:
· 1 berinjela pequena
· 1 abobrinha média
· 3/4 de xícara (chá) de tomate-cereja ou sweet grape
· 1 talho de alho-poró sem as folhas verdes
· 1 pimentão amarelo
· 1 cebola média
· 4 dentes de alho
· Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
· 8 colheres (sopa) de azeite

Montagem:
· 2 ramos de tomilho fresco
· 2 ramos de alecrim fresco
· 1 gema (para pincelar)
· 1 colher (chá) de água

Modo de preparo

Massa:
1. Em uma tigela grande, junte a farinha e o sal e misture. Corte a manteiga em cubos e transfira para a tigela. Usando as pontas dos dedos, misture até formar uma farofa, sem deixar a manteiga dissolver completamente. Dessa forma, a massa ficará crocante.Acrescente o ovo e trabalhe a massa apenas até formar uma bola. Envolva com papel filme e leve à geladeira por, no mínimo, uma hora. Se preferir, você pode fazer a massa no dia anterior.

Recheio:
1. Preaqueça o forno a 220ºC.
2. Em uma tábua, corte a berinjela em rodelas de um centímetro e descarte as pontas. Se a berinjela for grande, corte as fatias ao meio. Transfira para uma tigela, cubra com água e misture com uma colher de chá de sal. Esse truque serve para amenizar o gosto amargo do legume.
3. Reserve.
4. Enquanto isso, prepare os outros legumes. Lave, seque e fatie as abobrinhas em rodelas de um centímetro também, descartando as pontas.
5. Corte os tomates cereja ao meio e fatie o alho-poró finamente. Além disso, corte o pimentão ao meio, descartando as sementes, e corte as metades em tiras e, as tiras, em cubos. Descasque a cebola e corte em quatro partes e descasque os dentes de alho. Retire a berinjela da água e distribua em uma assadeira retangular grande. Regue com três colheres de sopa de azeite e leve ao forno preaquecido para assar por 15 minutos. Retire a assadeira do forno e junte os outros legumes. Tempere com sal e pimenta-do-reino, regue com bastante azeite e misture delicadamente.Coloque a assadeira novamente no forno por 30 minutos. Retire e baixe a temperatura do forno para 180ºC.

Montagem:
1. Cerca de 15 minutos antes de terminar o tempo para pré-assar os legumes, retire a massa da geladeira.
2. Separe uma forma redonda, de fundo removível, com cerca de vinte e quatro centímetros de diâmetro.
3. Em uma bancada, polvilhe um pouco de farinha e, com um rolo de macarrão, abra a massa em formato arredondado até ficar com cerca de meio centímetro de espessura.
4. Separe o fundo da forma. Para transferir a massa, enrole-a no rolo de macarrão e desenrole sobre o fundo da forma, deixando as bordas para fora.
5. Retire a assadeira do forno.
6. Debulhe os ramos de tomilho e alecrim e junte aos legumes, misturando delicadamente.
7. Em seguida, coloque os legumes sobre a massa e dobre as bordas por cima. Em uma tigela, misture a gema com água. Pincele a massa e leve ao forno por 45 minutos ou até dourar. Sirva quente ou em temperatura ambiente.

Receita da semanaTemperos

Um Espaguete E Uma História De Amor

Postado porTemperos de Cinema 1 de junho de 2017 0 Comentários

O bonitão Bradley Cooper é Adam Jones o personagem central no filme “Pegando Fogo”, que conta a história de um chef decadente que em Londres abrindo ostras em um restaurante local. Porém, ele tem um passado glorioso, quando trabalhou num restaurante badalado em Paris e pôs tudo a perder com uma vida de excessos, drogas e álcool.
Dirigido por John Wells, “Pegando Fogo” tem um menu simplesmente incrível. E não é para menos. Na consultoria para sua realização contou com estrelas da gastronomia mundial como: Mario Batali (estrelado no guia Michelin e um dos proprietários do Eataly), Marcus Wareing (que elaborou os pratos do filme), Gordon Ramsay (chef dos realities Hell´s Kitchen, Kitchen Nightmares e MasterChef) e Marco Pierre White (chef e restaurateur inglês conhecido por ser o mentor de Gordon Ramsay).

BRADLEY COOPER stars in BURNT.

Disposto a voltar ao topo, o Adam Jones cria um plano e monta uma equipe dos sonhos com os melhores cozinheiros do ramo, entre eles a culinarista Helene (Sienna Miller), por quem se apaixona principalmente ao provar o Espaguete Cacio Pepe que ela prepara para ele.
É essa receita que o Temperos de Cinema traz para você como uma dica para conquistar ou reconquistar o coração de alguém, a partir do estômago.

Espaguete Cacio Pepe
INGREDIENTES:
400 grs de espaguete
160 grs Pecorino Romano
Pimenta do Reino a gosto

MODO DE FAZER:
Comece ralando o queijo pecorino romano. Em uma panela coloque a água para ferver com uma colher de sopa de sal. Deixe a água ferver e despeje o espaguete e de vez em quando mexa com uma colher de pau. Atenção!! Não quebrem o espaguete para colocar dentro da panela, isso é um pecado para os italianos! wSepare uma concha da água onde foi cozido o espaguete e escorra o mesmo “al dente” (normalmente na embalagem vem escrito o tempo ideal de cozimento).
Em uma tigela, despeje o macarrão escorrido (por favor, não lavem…) adicione aquela concha de água que foi reservada e misture bem com o queijo pecorino ralado.
Adicione a pimenta do reino a gosto e continue mexendo cuidadosamente até obter uma consistência cremosa. O segredo de um bom prato de espaguete “al cacio e pepe” é o equilíbrio certo entre queijo e o cozimento da massa. Se ao misturar os ingredientes você notar que ao adicionar a concha de água do cozimento do espaguete junto ao queijo, a mistura aparenta ter mais água do que o necessário, adicione um pouco mais do queijo pecorino, se pelo contrário, estiver ainda muito seco, coloque um pouco de mais água do cozimento até obter essa consistência cremosa. Ao servir este prato adicione um pouco mais de pimenta para decorar e dar um toque especial.
Dica: Se vocês não encontrarem o queijo Pecorino Romano substituam por queijo parmesão, mas lembrem-se, se puderem utilizem o verdadeiro parmigiano regiano italiano!

Receita da semanaSem categoriaTemperos

Receita Indiana de Frango

Postado porTemperos de Cinema 12 de maio de 2017 0 Comentários

Um Casamento À Indiana é uma produção da Índia que, curiosamente, é onde fica a maior indústria de cinema do mundo. Lá são produzidos mais de mil filmes por ano.
Esse filme, que ganhou o leão de Ouro de Veneza, conta a história de um família grande, como a maioria das famílias indianas , as voltas com os problemas de um casamento arranjado, que acontece bem na época das monções, a temporada anual das chuvas.
Como todo filme indiano, tem muita festa, muita dança e uma explosão de cores.
Aproveite a explosão de sabores da receita da Sandra.

tumblr_inline_n83nthK2sW1rgry7c
Ficha Ténica : Filme de 2001 , co produção da França, India, EUA, Itália e Alemanha, Direção de Mira Nair

FRANGO 3

Receita do Frango À Indiana
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de óleo
2 filés de peito de frango grandes, sem pele e cortados em pedaços grandes
1 dente de alho bem picado
1 cebola grande picada
1/2 colher (chá) de gengibre em pó
1/2 colher (chá) de pimenta chili em pó
1/2 colher (chá) de canela em pó
1/2 colher (chá) de cúrcuma
1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino branca
250 g de tomate pelado (em lata), picado
4 colheres (sopa) de caldo de galinha
2 colheres (sopa) de amêndoas moídas
4 colheres (sopa) de creme de leite
4 colheres (sopa) de iogurte natural

Modo de preparo
1. Esquente o óleo em uma frigideira e frite o frango, o alho e a cebola até que o frango esteja totalmente cozido. Com uma faca, abra um pequeno buraco na carne para garantir que não esteja mais crua.
2. Tempere com o gengibre, a pimenta chili, a canela, a cúrcuma e a primenta-do-reino branca. Acrescente os tomates e o caldo de galinha. Baixe o fogo e, em seguida, misture as amêndoas.
3. Adicione o creme de leite e o iogurte, e depois deixe cozinhar em fogo baixo por 2 a 4 minutos. Sirva quente sobre uma camada de arroz.

Serve 4 pessoas
Preparo: 5 min
Cozimento: 45 min
Pronto em 50 min

Receita da semanaTemperos

COURTESANS AU CHOLOLAT DO GRANDE HOTEL BUDAPESTE

Postado porTemperos de Cinema 5 de maio de 2017 0 Comentários

O Grande Hotel Budapeste é um filme delicioso de assistir, com um colorido especial, ele encanta pelas imagens e pelos personagens .
E por falar em personagem, quem não se encantou com a delicada assistente-confeiteira Agatha, que prepara os Courtesans au Chocolate, doces preferidos do protagonista da história.

14183612
Então aproveite a receita com um toque especial da Sandra, que vai encantar você também.
Ficha Técnica: Filme produzido em 2014, coprodução do Reimo Unido e da Alemanha, direção de Wes Anderson

Receita do Courtesans au Chocolat

INGREDIENTES
Massa
½ xícara (chá) de água
50 gramas de manteiga sem sal
¼ de colher (chá) de sal
½ colher (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de farinha peneirada
2 ovos

Recheio
¾ de xícara de leite integral
40 gramas de chocolate meio-amargo
2 gemas
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de cacau em pó
1 colher (sopa) de amido de milho

Cobertura
1 ½ xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
2 colheres (sopa) de leite integral (ou menos, como explicado no modo de fazer) Corantes alimentícios nas cores rosa, verde limão e lilás

Montagem
100 gramas de chocolate branco

COMO FAZER
Recheio
No fogo médio, aqueça o leite e o chocolate meio amargo até ficar homogêneo. Deixe amornar.
Numa tigela, misture o cacau, açúcar e amido de milho. Adicione as gemas e mexa até virar um creme liso.
Junte metade do líquido morno à mistura na tigela e mexa bem. Adicione o restante, misture e leve ao fogo baixo, mexendo sem parar com um batedor de arame até borbulhar e engrossar, ficando na consistência de um brigadeiro mole. Retire do fogo e passe por uma peneira. Cubra com papel filme, de modo que o plástico encoste na superfície do creme, e deixe esfriar totalmente.

Massa
No fogo médio, misture a água, a manteiga, o sal e o açúcar até ferver. Retire do fogo e misture rapidamente a farinha peneirada. Volte para fogo e continue cozinhando até a massa soltar totalmente do fundo e das laterais, virando quase uma bola.
Tire a panela do fogo e deixe a massa amornar. Bata os ovos numa tigela apenas até misturar e junte à massa aos poucos, mexendo até ficar homogêneo, parecendo um mingau. A massa não pode ficar muito líquida, senão não vai ser possível fazer bolinhas. Então, dependendo do tamanho dos seus ovos, pode ser que você não precise colocar tudo.
Preaqueça o forno a 200 graus. Forre três assadeiras pequenas com papel manteiga. Coloque a massa em um saco de confeitar com o bico grande (eu só tinha um do tipo pitanga, mas o ideal é usar um redondo). Na primeira assadeira, faça oito (ou quatro, se quiser os doces maiores) bolas do tamanho de uma colher de sopa. Na segunda, mais oito porções de tamanho médio, cerca de uma colher de chá. Na última, faça oito do tamanho de uma bola de gude.
Leve a primeira assadeira com as carolinas maiores ao forno por 10 minutos, depois abaixe a temperatura para 180 graus e continue assando por cerca de 20 minutos (vai ser mais rápido para as porções menores). Enquanto uma está no forno, deixe as outras assadeiras na geladeira.
Retire do forno quando o topo estiver dourado e use uma faquinha adiada para fazer um pequeno furo no fundo de cada massa para o vapor escapar. Deixe esfriar totalmente.
Para rechear as carolinas, que devem estar totalmente frias, coloque o recheio em um saco de confeitar e encha pelo o buraquinho que você fez para sair o vapor. Faça isso com as massas grandes e médias; as pequenas não precisam ser recheadas.

Cobertura
Coloque o açúcar de confeiteiro em uma tigelinha e adicione leite aos poucos, mexendo até ficar com uma consistência de cobertura, nem líquida demais que vá escorrer, nem grossa ao ponto de não se espalhar no topo das carolinas. Divida a cobertura em três potinhos (lembrando que as carolinas maiores precisam de mais) e tinja nas cores lilás claro, verde claro e rosa claro.
Mergulhe o topo das carolinas maiores na cobertura lilás e disponha numa assadeira grande. As médias devem ser cobertas pela cor verde, e, as menores, no rosa (eu inverti as cores, mas assim é o jeito certo). . Deixe em temperatura ambiente até a cobertura virar uma casquinha.

Montagem
Derreta o chocolate branco no banho-maria ou no micro-ondas. Coloque num saco de confeitar com o bico perlê ou num saquinho de ziplock com um furo bem pequeno na ponta. Decore as carolinas com arabescos ou pontinhos.
Coloque uma porção de chocolate no topo da carolina maior e encaixe a média por cima (o chocolate funciona como uma “cola”). Repita o processo, finalizando com a carolina menor.
Sirva em seguida.

DOCE COLORIDO 2

Receita da semanaTemperos

TORTA DE CHOCOLATE DA MINNY

Postado porTemperos de Cinema 28 de abril de 2017 0 Comentários

O filme Histórias Cruzadas trata de um assunto pesado e cruel como o racismo, mas ele também mostra o carinho e dedicação com que as babás negras cuidavam das crianças brancas, e quanto isso foi importante para muitas dessas crianças.

foto-historias-cruzadas-reunic3a3o-jpg
E é por causa desse racismo, que a Miny, uma personagem muito forte, faz um torta com um ingrediente “especial” para se vingar da sua ex-patroa.
A chef Sandra Romansini dá a receita da torta mas sem esse ingrediente da vingança, então pode aproveitar a receita sem medo.

SANDRA

Torta de Chocolate
Ingredientes:
1 pacote de biscoito de chocolate / 100 gramas de margarina / 1 xícara (chá) de açúcar / 1/2 xícara (chá) de Água / 3 unidades de clara de ovo / 300 gramas de creme de avelã com chocolate (Nutella®) / 1 colher (sopa) de rum / cacau em pó para polvilhar / avelã caramelizada para decorar
Modo de preparo:
No liquidificador, bata os biscoitos até formar uma farinha.
Misture a margarina até formar uma farofa úmida.
Forre o fundo de uma forma de 18 cm de diâmetro e asse no forno, preaquecido, a 200 ºC, por 10 minutos.
Deixe esfriar. Em uma panela, misture o açúcar e a água.
Leve ao fogo brando (160 ºC) e deixe ferver até dar ponto de calda.
Bata as claras em neve, continue batendo e junte a calda em fio até dar ponto de marshmallow.
Coloque a Nutella® em um recipiente e amoleça em banho-maria.
Junte o rum e o marshmallow.
Coloque sobre a massa e leve à geladeira por, no mínimo, 5 horas.
Na hora de servir, polvilhe o cacau e decore com avelãs caramelizadas.
Dica: substitua as avelãs por nozes ou castanhas-do-pará.

Receita da semanaTemperos

Receita da Semana: Sangria

Postado porTemperos de Cinema 9 de dezembro de 2016 0 Comentários

Todo mundo já ouviu falar na Movida Madrileña, o movimento cultural que marcou a Espanha nos anos 70 e 80, e ainda hoje marca a identidade da noite espanhola, sempre festiva, principalmente as noites de verão em grandes centros como é o caso de Barcelona.

d3cd2429-a0e5-45bd-801b-2608e22a5b2c
A receita desta semana em Temperos de Cinema é de uma bebida típica espanhola, a Sangria, preparada pela chef Sandra Romansini para o brinde nosso almoço especial de fim de ano.
Essa receita de Sangria também faz uma homenagem ao filme “Noite de Verão em Barcelona”, de Dani de la Orden, exibido em uma sessão do Moviecom Arte antes do almoço.

qg7tf4j4nmncbe4v5yordbsxzse
Fica aí uma boa dica também para as suas festas de fim de ano.


RECEITA DA SANGRIA
(Para uma Jarra)

Ingredientes
300 ml de vinho branco ou tinto
A mesma medida de água tônica
1 dose de gim ( opcional)
Frutas a gosto (picadas)
1 rodela de limão \siciliano
Laranja
Açúcar a gosto ( se o vinho for seco)

Preparo

Coloque o conteúdo todo da taça de vinho
Colocar as frutas
Na nossa foi usado :
Uvas roxas
Uvas verdes
Morango
Maçã Verde
Abacaxi
1 rodela de limão siciliano
2 rodelas de laranja
A mesma medida do vinho de água tônica
1 dose de gim
Bastante gelo
Mexe bastante com uma colher
Está pronta para servir.

Receita da semanaTemperos

Risoto Siciliano Inspirado Em Cinema Paradiso

Postado porTemperos de Cinema 11 de novembro de 2016 0 Comentários

Se emocionar assistindo “Cinema Paradiso”, quem nunca?
Esse filme de 1990, dirigido por Giuseppe Tornatore, ganhou quase todos os grandes prêmios do cinema mundial e arrastou milhões de pessoas para os cinemas, tornando-se um dos grandes clássicos do cinema italiano e do cinema contemporâneo.

nuovo-cinema-paradiso-01-e1384876538617
O filme conta a infância de um famoso cineasta, retratando como nasceu sua paixão pelo cinema. “Cinema Paradiso” é quase um desabafo de Tornatore pelo fim do lado romântico dos cinemas de rua, de toda uma mágica que as modernas tecnologias não consegue reproduzir.
E o final do filme é uma das mais belas sequências da história do cinema.
A chef Sandra Romansini, apaixonada por cinema e pela Itália, se inspirou em “Cinema Paradiso” para a receita desta semana que também é um clássico da Itália: Risoto Siciliano.
Veja o vídeo com o passo a passo. A receita detalhada está logo abaixo.

RECEITA DE RISOTO DE LIMÃO SICILIANO
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz para risoto
* ½ xícara (chá) de suco de limão siciliano
* 2 colheres (sopa) de raspas de limão siciliano
* 2 colheres (sopa) de margarina
* ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
* 2 caldos de legumes dissolvidos em aproximadamente 1,5 litros de água
* azeite para fritar
* 1 cebola picada
* 1 cálice de vinho branco seco (180 ml)

Modo de preparo:
Refogue a cebola no azeite e em 1 colher de manteiga até ficar transparente. Acrescente o arroz e envolva com a cebola refogada. Coloque o vinho branco e mexa até evaporar.
Acrescente o caldo de legumes, aos poucos, sem parar de mexer. Conforme for secando o caldo acrescente mais um pouco. Um pouco antes de ficar ao dente coloque ½ xícara do suco do limão siciliano e repita esse procedimento com o caldo até que o arroz esteja al dente.
Coloque o parmesão ralado e a manteiga, o restante do suco (a gosto) mexa até incorporar e finalize com as raspas do limão siciliano.
Refogue a cebola no azeite e em 1 colher de manteiga até ficar transparente. Acrescente o arroz e envolva com a cebola refogada. Coloque o vinho branco e mexa até evaporar.
Acrescente o caldo de legumes, aos poucos, sem parar de mexer. Conforme for secando o caldo acrescente mais um pouco. Um pouco antes de ficar ao dente coloque ½ xícara do suco do limão siciliano e repita esse procedimento com o caldo até que o arroz esteja al dente.
Coloque o parmesão ralado e a manteiga, o restante do suco (a gosto) mexa até incorporar e finalize com as raspas do limão siciliano.