Tag

#Receita

Receita da semanaReceitasTemperos

Cassata Italiana

Postado porTemperos de Cinema 31 de maio de 2019 0 Comentários
A sobremesa que fecha nosso cardápio inspirado no filme “Comer Rezar e Amar é uma Indescritível Cassata Italiana.
Huuuuummmm! Essa é para amar mesmo.
Vamos lá para o passo a passo da receita?
Veja o vídeo no Youtube:
 
Cassata Italiana
 
Organização:
 
Para a preparação desta receita comece com o coulis de frutas amarelas que deverá estar frio para a montagem.
Em seguida faça o bolo e deixe esfriar.
 
Ingredientes:
 
1,5 kg de sorvete de Maracujá ou coco (preferência pessoal)
 
Para o Bolo de coco
 
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de açúcar
4 ovos
1 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de coco ralado
1 colher (sopa) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de margarina ou manteiga
 
Preparo:
 
Bata os ovos, o leite, a margarina, o açúcar e o coco no liquidificador.
coloque o trigo em uma tigela e despeje a mistura do liquidificador.
misture até que fique homogêneo.
acrescente o fermento por último.
coloque em uma forma de bolo inglês untada e enfarinhada.
asse por cerca de 40 minutos ou até dourar.
 
Receita
Coulis de frutas amarelas
 
1 manga em cubos
1 maracujá
1 abacaxi em cubos
2 paus de Canela
4 cravos
500 ml de suco Laranja
1 colher de Gengibre ralado
100 g de açúcar
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
 
Preparo :
Coloque todos os ingredientes em uma panela e deixe cozinhar por 30 minutos.
Deixe esfriar.
 
Montagem da Cassata:
 
Em uma forma de bolo inglês monte:
 
Uma camada de coulis
Uma camada de sorvete
Uma camada fina de bolo de coco
 
* repita até a borda da forma.
 
Leve para o freezer por no mínimo 12 horas.
 
Desenforme e sirva com coulis de frutas e chantilly
Receita da semanaReceitasTemperos

Uma Receita Inegavelmente Indiana

Postado porTemperos de Cinema 27 de maio de 2019 0 Comentários

A nossa viagem gastronômica inspirada no filme “Comer, Rezar e Amar” chega à Índia e o nosso prato esta semana é um delicioso Curry de Cabrito.
Aromático, apimentado e de personalidade exótica, o curry é um prato de origem inegavelmente indiana e sua origem antecede a chegada dos colonizadores europeus entre os séculos XV e XVI.
A chef Sandra Romansini nos ensina a preparar este prato tão especial de maneira super prática. Veja o passo a passo no vídeo e anote a receita.

Ingredientes para carne

1 Paleta de cabrito desossada
2 Cebolas
3 Dentes de alho
2 Colheres (sopa) de curry
2 Colheres (sopa) de farinha de trigo
1 Copo (200ml) de leite de côco
100g de Lascas de amêndoas (amêndoas laminadas)
100ml de Creme de leite fresco
2 Maçãs cortadas em cubinhos
2 Bananas cortadas em cubinhos
1/2 Limão Azeite Óleo de canola Sal (a gosto)
Pimenta do reino (a gosto)
Ingredientes para arroz

Arroz basmati
Sal
2 Colheres (sopa) de manteiga
100g de uvas passas pretas.
Ingredientes para Bouquet Garni

Tomilho Salsinha (talos)
2 Folhas de louro
Linha de algodão para cozinha.

Modo de preparo carne
Corte a carne em cubos e coloque em uma panela com azeite para dourar, temperando com sal e pimenta do reino. Quando a carne estiver corada, junte a cebola picada, o curry, a farinha e o leite de coco, e tampe toda a carne com água quente. Acrescente também o alho picado e o bouquet garni. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por duas horas. Mexendo esporadicamente para não grudar no fundo da panela. Deixe a maçã picada em uma bacia com água e um pouco de limão para não escurecer. Depois de duas horas, tire a panela do fogo e separe a carne do caldo. Peneire, junte o creme de leite e deixe mais um pouco para dar uma engrossada.

Modo de preparo arroz
Faça o arroz normalmente e depois de pronto coloque uvas passas por cima e deixe tampado. Na hora de servir adicione também as amêndoas torradas.

Modo de preparo bouquet garni
Amarre com a linha de algodão um raminho de tomilho, os talos da salsinha e as folhas de louro, formando um bouquet.

Modo de preparo amêndoas
Fatiar e torrar em forno pré aquecido até que estejam crocantes e douradas.
Sirva por cima do Curry.

Receita da semanaReceitasTemperos

Caponata de Berinjela

Postado porTemperos de Cinema 16 de maio de 2019 0 Comentários

Iniciamos um novo cardápio, desta vez inspirado no filme “Comer, Rezar e Amar”, um dos grandes sucessos do cinema contemporâneo. Dirigido por Brian Murphy e estrelado por Julia Roberts, Javier Bardem e James Franco, o filme fala sobre a busca das melhores coisas da vida, aquelas que são realmente essenciais.


E é com esse mesmo espírito que a montamos este cardápio que começa uma deliciosa entrada de berinjela, uma receita tipicamente siciliana, a Caponata.
Veja o vídeo com o passo a passo deste prato que é super fácil de fazer e é, como dizem, “de comer rezando”. E amando!

https://youtu.be/VlewHU-WiPk

Caponata de Berinjela

Ingredientes:

4 Berinjela com casca, picada em cubinhos;
2 tomates sem pele e sem semente, picados;
½ pimentão verde picados em cubinhos;
½ pimentão vermelho picados em cubinhos
½ pimentão amarelo picados em cubinhos
1 cebola em rodelas ou picada;
2 dentes de alho amassados ou picados;
salsinha picada a gosto
Uva passa A gosto
Nozes a gosto
15 azeitonas verdes ou pretas sem caroço;
1 copo-medidor de água;
½ copo-medidor de azeite;
¼ copo-medidor de açúcar;
¼ copo-medidor de aceto balsâmico;
1 colher de sopa de sal;
Pimenta moída a gosto.

Modo de preparo:

Coloque todos ingredientes em uma bacia e mexa bem para misturar.
Leve ao fogo baixo por 1 hora.
De 30 em 30 minutos misture os ingredientes para assar por igual.
Finalize o prato com algumas uva-passas para dar mais sabor ao antepasto.

Receita da semanaReceitasTemperos

Magret de Pato com Laranja

Postado porTemperos de Cinema 27 de abril de 2019 0 Comentários

O cardápio deste mês do Temperos de Cinema está très chic. Inspirado no filme “Os Sabores do Palácio”, montamos um jantar com receitas que são verdadeiros clássicos da gastronomia francesa.
Hoje a chef Sandra Romansini nos ensina a preparar o prato principal: Magret de Pato com Laranja.
Este prato foi criado em 1958, pelo Chef Andre Daguin. Segundo a conceituada revista francesa Le Nouvel Observateur, o Magret é o prato preferido dos franceses.
Vamos ao passo a passo desta maravilhosa receita:

Magret de Pato com Laranja
2 unidades

Ingredientes:
Manteiga integral sem sal gelada
20 gramas Sal refinado – Q.b.
Pimenta-do-reino – Q.b.

Para o molho de laranja:
350 ml de suco de laranja (coado)
1 cebola pequena grosseiramente picada
1/2 dose de Cointreau
300 ml de fundo de aves (usar se necessário, para aumentar a quantidade do molho)
Manteiga integral sem sal gelada – 20 gramas
Roux claro – 10 gramas (Usar caso seja necessário para espessar o molho. Abaixo da receita você encontra o link com a explicação de como se faz o roux)

Preparo:

Tempere o magret com sal e pimenta-do-reino, dos dois lados
Usando uma faca bem afiada, faça cortes em losango na gordura do magret, tomando o cuidado de não perfurar a carne.
Numa frigideira bem quente, coloque o magret com a gordura para baixo, até a pele ficar bem tostada.
Repita esse procedimento do outro lado, porém por um tempo menor, pois o cozimento será finalizado no forno.
Importante: Não use garfo para virar o magret enquanto ele estiver na frigideira, use uma pinça de cozinha. Se a carne for furada com o garfo, ela passará a liberar seu suco.
Assim que terminar o processo na frigideira, deixe o magret descansar por cerca de 10 minutos para o sangue escorrer.
Em seguida leve ao forno pré-aquecido a 200º, com a gordura pra cima. Despeje na forma a gordura que ficou na frigideira e deixe por no máximo 10 minutos.

Receita da semanaReceitasTemperos

Galantini, uma receita clássica francesa.

Postado porTemperos de Cinema 12 de abril de 2019 0 Comentários

Uh la la … Neste mês de Abril nosso Cardápio está Inspirado no filme “Os Sabores do Palácio” (2013), do diretor Christian Vincent.


A entrada é um prato clássico da gastronomia franco-portuguesa, a Galantini, que ganha um toque muito especial da chef Sandra Romansini que, diga-se de passagem, é apaixonada pela culinária francesa.
Vamos à receita?

Galantine Salmão

500 gr de salmão em cubos
1 clara de ovo
50 ml creme de leite fresco
Sálvia, tomilho e Endro dill a gosto
Sal e Pimenta
Cebola picadinha
1 acelga inteira e grande.
1 litro de caldo de Legumes

Modo Preparo:

Em uma panela coloque o caldo de legumes para aquecer. Mantenha quente sem ferver.

Separe as folhas de acelga retire a parte branca e branqueie no caldo de legumes por alguns minutos, retire e reserve

No processador coloque o salmão, as ervas, sal e pimenta, clara de ovo, o creme de leite fresco e processe ate formar uma mousse lisa.

Forre a bancada com plástico filme e em seguida disponha as folhas de acelga branqueadas. Coloque a mousse de salmão e enrole como rocambole.
Enrole mito bem no filme plástico e feche a lateral com um no forte (veja vídeo)
Coloque a galantine para cozinhar no caldo de legumes por aproximadamente 8 a 15 minutos.
Prepare o molho Veloute.

Molho Velouté

30 gr. cebola
5 gr. alho
Sal e pimenta a gosto
50 ml creme de leite
50 ml vinho branco
100 gr. de apara de Salmão
1 colher de manteiga
1 colher de farinha de trigo

Preparo:
Em uma frigideira salteie o algo, a cebola e as aparas de salmão até que dourem.
Deglaceie a frigideira com vinho branco e adicione 200
Ml do caldo de legumes e em
Seguida engrosse com Roux de modo que o molho fique aveludado.

Monte o fundo do prato com o molho e em seguida disponha a galantine fatiada em tranche.
Decore com
Sálvia e pimenta rosa.

Receita da semanaReceitasTemperos

Pisto Manchego com Frutos do Mar

Postado porTemperos de Cinema 12 de outubro de 2018 0 Comentários

O segundo prato do cardápio inspirado em “Volver”, do mestre espanhol Almodóvar, é uma segunda entrada, uma deliciosa e tradicionalíssima sopa de frutos do mar, o Pisto Manchego. Assim como sua “prima”, a ratatouille francesa, o pisto é um cozido de carnes e legumes. Sua origem remonta ao século VIII e está associada às regiões de La Mancha e Andaluzia.
A chef Sandra Romansini nos apresenta uma versão do Pisto Manchego servido com frutos do mar. Um prato surpreendente como o próprio Almodóvar e como a própria Espanha.

Receita de Pisto Manchego de Frutos do Mar

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite
500 g de polvo fresco limpo e cortado em cubos grandes
200 g de filés de peixe em cubos pequenos (badejo /robalo ou outro peixe de carne firme)
100 g de lulas em rodelas finas
100 g de mexilhões sem casca
100 g de mexilhões com casca
200 g de camarões pequenos, limpos
200 gramas de Camarões médios com casca
1 dente de alho grande, amassado
1 cebola média picada
50 g de pimentões verde vermelho e amarelo em cubinhos
500 g de batata em cubos
Salsinha a gosto
Sal
300 ml de molho de tomates
500 ml Vinho branco
Louro
Tomilho
Alecrim
3 litros de caldo de legumes
meia colher (sopa) de curry em pó
1 colher (sopa) de coentro picado
4 ovos
4 colheres de vinagre

Preparo:
Em uma panela doure o alho a cebola e coloque o polvo limpo para refogar por 8 minutos, experimente se está ao dente . Se estiver coloque as lulas os pimentões os Condimentos e a batata o molho de tomate e refoge bem. Deglaceie com vinho branco, adicione os Camarões pequenos e o mexilhão coloque o caldo de legumes e de cozinhe por 10 minutos ou até que a batata esteja cozida.

Decoração do prato:
Camarões grelhados:

Em uma Frigideira em
separado coloque um fio de azeite e grelhe os Camarões temperando com sal e pimenta e um pouquinho de salsinha. Por 3/5 minutos Reserve.

Ovo poche fácil:
Em uma xícara coloque 2 colheres de água, 1 de vinagre, com cuidado quebre o ovo dentro da xícara.
Leve ao microondas por 30 segundos deixe esfriar um pouco. Repita com os 3 ovos ( um em cada xícara).

OBS: cuidado para não quebrar a gema.

Montagem do Pisto Manchego
Disponha a sopa em uma tigela coloque os Camarões grelhados e com cuidado coloque o ovo.

Receita da semanaReceitasTemperos

Torresminho em Temperos de Cinema

Postado porTemperos de Cinema 21 de setembro de 2018 0 Comentários

Neste mês em que homenageamos o Cinema Nacional o cardápio é uma feijoada com todos seus complementos. E não poderia ser diferente pois uma boa feijoada é sempre uma festa.
Na receita de hoje a Sandra Romansini nos ensina a preparar o Torresminho, feito com uma panceta super especial e com aquele toque personalíssimo de chef.

Ingredientes:
100 ml de óleo
Sal
1 kg de Panceta de boi
1 limão cortado à francesa

Preparo:
Em uma panela de fundo grosso coloque o óleo, deixe aquecer, coloque a panceta e deixe fritar em fogo médio até que fique crocante.

Dicas:
* Quando colocar a panceta no óleo não mexa até que veja que já está crocante porém não totalmente pronto. Deste ponto vá mexendo sempre até dourar.
*Quanto escolher a panceta, escolha uma que tenha uma camada mais grossa de gordura.

Obs: Guarde a gordura que sobrou para preparar o arroz. Além de ficar saboroso, ele fica soltinho e brilhante

Receita da semanaReceitasTemperos

Receita de Arroz Marroquino

Postado porTemperos de Cinema 18 de agosto de 2018 0 Comentários

Continuando o cardápio inspirado em “Casablanca”, a receita de hoje é um delicioso Arroz Marroquino, uma explícita homenagem ao Marrocos, cenário do filme.

Receita de Arroz Marrroquino

Ingredientes:
500 g de cebola fatiada finamente
Óleo de girassol

Preparo:
Frite a cebola até que doure até que fique escura mas não queimada
Reserve

Ingredientes do arroz:

1 kg arroz parboilizado
2 kg de peito de frango cozido e desfiado (reserve o caldo)
1 colher de chá de canela em pó
50 ml de óleo de canola
30 g de cebola picadinha
300 g alho picadinho
300 g de amêndoa fatiada
1 folha de louro
1/2 colher de café de pimenta Síria
1 pitada de noz moscada

Preparo:
Em uma panela adicione o óleo, doure o alho e a cebola, coloque a canela e as especiarias, em seguida o arroz e refogue bem adicione o caldo de frango e cozinhe até que fique ao dente. Misture o frango cozido e desfiado e reserve.
Sirva quente.

Receita da semanaTemperos

Salada com Cuscuz Marroquino

Postado porTemperos de Cinema 4 de agosto de 2018 0 Comentários

Um clássico entre os clássicos, o filme “Casablanca”, de 1942, inspirou a nova série de receitas do Temperos de Cinema e foi o tema de mais um jantar temático da nossa Confraria.
A chef Sandra Romansini criou um cardápio que reproduz a paixão e o fascínio do filme estrelado por Ingrid Bergman e Humphrey Boggart e ambientado na mítica cidade marroquina.
E a receita que abre essa nova série é uma entrada surpreendente, deliciosa e super fácil de fazer, uma salada com cuscuz marroquino.
Coloque “As Time Goes By” para tocar e aproveite!

Receita de uma Salada com Cuscuz Marroquino

Ingredientes da Salada:
200 g Mini Pepinos lavados fatiados
100 g de pepinos japoneses descascados em cubos
200 g de morangos
50 g de tâmaras fatiadas
6 talos de cebolinhas francesas fatiadas
Pitada de sal
Pimenta do reino a gosto
Hortelã picadinha
Folhas de hortelã inteiras para decorar

Preparo da salada:
Misture cuidadosamente todos os ingredientes e tempere com sal e pimenta. Reserve.

Ingredientes para o Cuscuz Marroquino:

100 g de cuscuz marroquino demolhado com caldo de legumes por 30 minutos
Sal a gosto
Pimenta do reino agosto

Para o molho

200 ml de iogurte natural
50 ml de mel
2 colheres de hortelã picados

Preparo do molho:

Misture todos os ingredientes e reserve em geladeira

Montagem

Coloque no fundo de uma taça o cuscuz marroquino, disponha a salada de pepinos e morangos e regue com o molho de iogurte.

Receita da semanaTemperos

Cannoli, mais doce que a Vingança

Postado porTemperos de Cinema 9 de julho de 2018 0 Comentários

“Leave the gun, take the cannoli”, essa é uma das falas antológica de “O Poderoso Chefão”.
O cannoli é um doce tradicional da Sicília, com origem que remonta à 75 a.C. e típico dos festejos de carnaval. Essa delícia recheada com ricota tornou-se bastante popular também nos Estados Unidos, onde a culinária italiana ganhou bastante projeção com a imigração.


Na trilogia de Francis Ford Coppola o cannoli aparece como “o doce da vingança” em duas cenas marcantes. A primeira, no filme de 1972, os assassinos do o genro traidor de Vito Corleone compram cannolis e depois de executar o “serviço” dizem a célebre frase “largue a arma e pegue um cannoli”. A segunda, na sequência de 1990, a irmã de Michael Corleone serve cannolis envenenados a outro traidor, Don Altobello, seu padrinho.


A receita que encerra o cardápio inspirado no filme “O Poderoso Chefão” não poderia ser outra. A chef Sandra Romansini, ensina a preparar deliciosos cannolis que são a sobremesa perfeita para a sobremesa ou para acompanhar o chá da tarde.

Receita de Canolli

Ingredientes para a massa:
½kg de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal em temperatura
½ xícara (chá) de açúcar
450ml de cachaça ou grappa ou vinho branco seco
1 colher (chá) de sal
1 colher (café) de canela
óleo para fritar

Ingredientes para o recheio:
½kg de ricota
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de licor ou vinho licoroso de sua preferência
1 pitada de sal
4 colheres (sopa) de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de requeijão cremoso ou creem cheese
frutas cristalizados a gosto
cereja a gosto

Modo de preparo

Em uma tigela, misture os ingredientes secos, junte a manteiga misture bem formando uma farofa. Acrescente a cachaça e vá amassando até formar uma massa lisa e elástica. Cubra a massa com filme e deixe descansar por 20 minutos na geladeira.
Em seguida abra a massa com um rolo na espessura de ½ centímetro, corte círculos com um cortador de 8cm. Unte apenas a primeira vez, com óleo ou manteiga os cilindros de metal próprio para canudos envolva-os com o disco da massa para que as duas pontas se encontrem, unte uma das pontas com clara e aperte bem.
Em uma panela de pequena para média, coloque ½ litro de óleo, deixe aquecer, sem exagero, abaixe o fogo e vá colocando os cilindros, eles precisam ficar submersos.
Deixe os canudos de pé numa cesta aramada. Não escorra em papel absorvente porque fica encharcado.
Com cuidado para não se queimar, retire a massa e repita a operação até finalizar. Recheie os cannoli a seu gosto, polvilhe-os com açúcar de confeiteiro.