Tag

#Peru

Receita da semanaTemperos

Medalhão e Woody Allen – Duas iguarias sempre Bem Vindas

Postado porTemperos de Cinema 8 de dezembro de 2017 0 Comentários

Continuando a série do Thanksgiving no cinema, não poderia deixar de lembrar do filme Hannah e suas irmãs de Woody Allen.
Na minha opinião esse filme está entre os melhores do diretor, se bem que eu sou suspeita para falar de Woody Allen, pois gosto de quase tudo que ele faz em cinema.

FIdMIhffXY01gi_1_a
Nesse filme que começa num feriado de Ação de Graças, ele mostra que mesmo com muitos conflitos que possa existir , o amor entre as famílias acaba quase sempre sendo muito forte, e também mostra que família as vezes é aquela que a gente escolhe.

hannahsister
E assim como gosto de quase tudo que Woody Allen faz no cinema, gosto também de quase tudo que a Sandra faz na cozinha, e essa receita de Medalhão , inova o jantar de Ação de Graças de uma forma que só ela sabe fazer, e dá uma ajuda se você tem algum amigo que não gosta de carne branca, esse prato fica perfeito.
Assim como já falamos que a dupla Thankisgiving e peru é perfeita, para mim Woody Allem e um bom medalhão são irrecusáveis.
Fica a dica, escolha um filme de Woddy Allen, escolha um bom vinho e faça a receita desse medalhão. Pode até não ser Thanksgiving, mas mas você vai me agradecer a dica.

Receita de Medalhões de Filet envolto em Bacon

INGREDIENTES:
8 medalhões de filé mignon
8 fatias de bacon
2 dentes de alho triturados
Pimenta do Reino a gosto
Sal a gosto
Azeite
Molho:
½ xícara (chá) de vinho tinto
1 colhe (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de mostarda
1 colher (sopa) de mel
1 pitada de canela
Pimenta do reino e sal a gosto

MODO DE PREPARO:
1- Tempere os medalhões com pimenta do reino e alho dos dois lados.
2- Pegue cada medalhão e com a ajuda de um barbante você enrola cada fatia de bacon em volta (na lateral) de cada medalhão.
3- Regue com azeite dos dois lados.
4- Em uma frigideira bem quente untada com azeite, sele os medalhões de um lado, salpique sal, deixe até dourar, vire do outro lado e salpique sal, e deixe até dourar. (aproximadamente 2 – 3 minutos de cada lado)
5- Em um refratário untado disponha os medalhões lado a lado e leve ao forno pré- aquecido a 200°. Deixe no forno pro aproximadamente 10 – 15 minutos.
6- Após retire do forno e deixe embrulhado em papel alumínio até o momento de servir.
7- Para o molho: Utilize a mesma frigideira que selamos os medalhões (ficou o sabor e algum fundinho de carne), e se tiver algum caldinho na travessa do forno acrescente também a frigideira. Coloque em fogo médio e acrescente o vinho, misture até incorporar, acrescente os demais ingredientes e deixe o molho reduzindo em fogo baixo. Regue os medalhões com esse molho no momento de servir.

Receita da semanaTemperos

Peru e Thanksgiving – Uma Tradição Com Inovações

Postado porTemperos de Cinema 2 de dezembro de 2017 0 Comentários


Continuando a série do Thanksgiving no cinema, vamos lembrar da inseparável dupla “Peru e Ação de Graças”.
Só que nesta série do Temperos de Cinema, resolvemos inovar, na receita, ao invés do tradicional Peru assado, a receita da Sandra é de uma Coxa de Peru recheada que fica tão diferente que nem parece uma Coxa de Peru, mas o sabor é incrível e tem gosto de festa, que é o que deve ficar na memória afetiva.

Tempestade-de-Gelo
Inovamos no filme também, pois Tempestade de Gelo, é uma obra prima do Ang Lee, e que mostra uma comemoração do Feriado de ação de Graças entre família e amigos, com nada menos do que um jogo de “chaves” durante essa comemoração.
Quer inovar, mas nem tanto ? Procure esse filme, assista em família, degustando a receita da Sandra.

Galantine de Peru

Ingredientes:
650g de peru moído (peito e coxas)
2 colheres (sopa) de alecrim
2 colheres (sopa) de tomilho
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
Sal a gosto
Pimenta-do-reino moída a gosto
150g de creme de leite fresco batido
1 clara de ovo
50g de castanha-do-pará picada
20g de azeitona preta sem caroço picada

Ingredientes para o Preparo das Batatas e Maçãs Verdes
Batatas inglesa
400g de maçã verde
20g de manteiga clarificada
1 dente de alho
Sal e pimenta branca moída a gosto
Óleo

Modo de Preparar:
Desosse o peru inteiro separando a pele da carne e mantendo-a inteira. Reserve um peito de peru inteiro.
Moa a carne gelada e a tempere com o azeite, alecrim, tomilho e clara de ovo. Misture a castanha do Pará e a azeitona. Tempere com sal e pimenta e acrescente o creme de leite fresco. Também pode-se fazer batendo a carne em um processador com clara de ovo, alecrim e tomilho e depois misturar o creme de leite fresco, castanha e azeitona. Deixe descansar na geladeira por 20 minutos. Esse recheio também pode ser usado para fazer pastel, croquete e até transformar em hambúrguer.

Abra um filme plástico na bancada. Sobre ele, disponha a pele do peru. Espalhe o recheio mais para a ponta e, sobre ele, o peito de peru que foi reservado e cortado em tiras. Com ajuda do filme, enrole e deixe as pontas com sobras para amarrar. Faça um cilindro e cozinhe em banho maria a no máximo 80ºC por cerca de 30 minutos e até a galantine ficar firme. Em casa, caso não tenha uma panela grande, é preferível fazer porções menores da galantine para obter o melhor cozimento. Retire, deixe descansar até esfriar e leve à geladeira até o dia seguinte.

Retire o plástico filme e leve ao forno alto para assar. É importante checar de vez em quando e girar a galantine para que ela doure por inteirio. Você também pode dourar a galantine na frigideira. A pele deve ficar bem dourada e crocante. Deixe descansar por cerca de 3 minutos. Para servir, fatie e enfeite com frutas.

CinemaMoviecomarte

“A Passageira”, Um Drama Peruano no Moviecom ARTE

Postado porTemperos de Cinema 3 de outubro de 2016 0 Comentários

É muito raro um filme peruano chegar ao circuito brasileiro mas o drama político “A Passageira”, que remexe em histórias mal contadas do país vizinho, chegou já com o título de novo clássico do cinema latino-americano.
Baseado no livro La Pasajera, de Alonso Cueto, o roteiro escrito pelo também diretor Salvador Del Solar é um drama de suspense com tom intimista e que mostra os bastidores obscuros da política peruana.

a-passageira
Harvey Magallanes (brilhante performance do ator mexicano Damián Alcázar) é um ex-soldado do grupo guerrilheiro Sendero Luminoso e foi capanga de um coronel (Federico Luppi) que escravizava sexualmente a jovem Celina (Magaly Solier).
Anos depois Magallanez, que agora trabalha como taxista, reencontra Celina, agora uma cabeleireira afundada em um mar de dívidas. Para redimir-se de seu passado, ele decide ajudá-la a resolver seus problemas e passa a chantagear e extorquir o filho do coronel com as provas de violência sexual.

14290006_1224030614285634_5335895644285200765_o-1024x683
“A Passageira” mostra a realidade atual do povo peruano sob as consequências traumáticas dos 20 anos de conflitos entre o governo peruano, civis e revolucionários comunistas que fez mais de 70 mil mortes. Uma realidade comum a praticamente todos os países latino-americanos marcados pela desigualdade social e pela corrupção.

000301313w
Este é o filme de estreia de Salvador Del Solar como diretor. Formado em Direito e atleta da equípe peruana de polo aquático, ele fez uma brilhante carreira como ator, recebendo muitos prêmios por sua atuação em “Pantaleão e As Visitadoras” (2002), de Francisco J. Lombardi.


“A Passageira” estreou no Brasil em 29 de setembro último e é o filme desta semana no Moviecom ARTE. Você poderá assistí-lo nos dias 8 e 9 de outubro, às 11 horas, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí. Os ingressos continuam a R$ 10,50 (inteira) e R$ 5,25 (meia).

a-passageira_final4

Ficha Técnica
Título: A Passageira
Título Original: Magallanes
Direção: Salvador del Solar
Elenco: Damián Alcazar, Magaly Solier, Federico Luppi
Distribuição: Esfera Filmes
País: Peru, Argentina, Colômbia, Espanha
Gênero: Drama de Suspense
Duração: 109 Minutos
Ano de produção: 2015

Classificação: 14 anos