Tag

#judeus

Moviecomarte

Meu nome é Sara, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 6 de março de 2020 0 Comentários

Sara Góralnik é uma polonesa, judia, cuja família foi morta por nazistas quanto ela tinha apenas 13 anos. Depois de fugir para a Ucrânia, usando a identidade roubada de uma amiga, ela é acolhida por um casal de fazendeiros em uma pequena vila. Até aí, tudo parece correr bem, mas ela descobre que seus novos amigos possuem seus próprios segredos sombrios.
Com uma trama instigante, Meu Nome É Sara, do diretor Steven Oritt, é um drama baseado em fatos reais, feito para emocionar e com boas doses de suspense e controvérsias.


O grande destaque do filme é a atuação de Zuzanna Surowy (seu primeiro trabalho como atriz em um longa-metragem), impecável e com bastante intensidade, fruto da uma boa direção de Oritt, que conduz bem seus personagens.
O casal, vivido por Eryk Lubos e Michalina Olszanska, também atinge um nível excelente de interpretação. O estranho e quase existente triângulo amoroso entre eles se torna a chama que mantém a história viva por mais tempo e o elenco possui uma ótima química em cena.


Além das boas atuações, a direção de arte, sempre complicada em um filme de época, cumpre a função de imergir o espectador na ambientação da trama.
Meu Nome É Sara abre a programação de Março do Moviecom Arte e será exibido nos dias 07 e 08 às 11 horas, e no dia 10 às 14 horas.

Trailer:

Ficha Técnica
Título: Meu Nome É Sara
Título Original: My Name Is Sara
País de Origem: EUA e Polônia
Ano: 2019
Direção: STEVEN ORITT
Roteiro: David Himmelstein
Elenco: Zuzanna Surowy, Michalina Olszanska, Eryk Lubos, Konrad Cichon e Pawel Królikowski
Fotografia: Marian Prokop
Montagem: Agneszka Glinska
Música: Lukasz Targosz
Tipo: Drama de guerra
Distribuição: A2Filmes

Sem categoria

1945

Postado porTemperos de Cinema 27 de maio de 2018 0 Comentários

Esqueça todos os filmes sobre os judeus na Segunda Guerra Mundial produzidos nos Estados Unidos ou mesmo na França. O húngaro “1945”, de Ferenc Török, acontece logo após o fim da guerra e mostra a paranoia que toma conta de um vilarejo com a chegada de dois judeus.


O roteiro escrito por Török em parceria com Gábor T. Szántó é absolutamente simples e despretensioso. E é aí que reside toda a grandiosidade do filme. A fotografia em preto e branco, o primoroso trabalho de ambientação e a delicada música de Tibor Szemzö, elevam essa simplicidade à categoria de arte. Afinal, nada é mais complicado que ser simples.


A trama se desenvolve a partir de um dia quente de agosto na Hungria em 1945, quando os moradores de um vilarejo se preparam para um importante casamento. A chegada dos dois estranhos com misteriosas caixas etiquetadas com a palavra “fragrâncias”, gera uma rede de boatos e acaba por trazer á tona o medo e a culpa por atos inconfessáveis de cada aldeão durante a Guerra.


Os dois judeus passam silenciosamente pelo filme. Mas a verdadeira culpa dispensa acusações e é em si a própria condenação do criminoso. “1945” não aponta para os nazistas mas faz uma redistribuição das responsabilidades, revelando a banalização do antissemitismo e sua difusão entre as mesquinharias cotidianas.


Este é o filme da semana na Sala Cult e você poderá assistir nos dias 27 e 31 de maio , 01 e 02 de junho, sempre às 19 horas e com sessões extras às 16 horas aos sábados e domingos.

Ficha Técnica
Título original: 1945
Nacionalidade: Hungria
Gênero: Drama
Ano de produção: 2017
Estréia: 5 de abril de 2018 (Brasil)
Duração: 1h 31 minutos
Classificação: 14 anos
Direção: Ferenc Török
Elenco: Péter Rudolf Bence Tasnádi Tamás Szabó Kimmel Dóra Sztarenki Ági Szirtes József Szarvas
Roteiro: Ferenc Török, Gábor T. Szántó
Produção: Iván Angelusz, Zsuzsanna Bognár, Katalin Harrer, Péter Reich, Ferenc Török
Trilha sonora: Tibor Szemzö
Direção de fotografia: Elemér Ragályi
Edição: Béla Barsi
Design de produção: László Rajk
Direção de arte: Dorka Kiss
Figurino: Sosa Juristovszky
Estúdio: Katapult Film
Distribuição: Supo Mungam Films

Moviecomarte

Os Meninos Que Enganavam Os Nazistas, No Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 18 de setembro de 2017 0 Comentários


“Os Meninos Que Enganavam Os Nazistas”, do diretor canadense Christian Duguay é um filme super fiel ao best-seller “Un sac de billes” – drama autobiográfico de Joseph Joffo – que conta a história do autor e de seu irmão, quando tinham 10 e 12 anos, durante a ocupação da França pelos nazistas.

os-meninos-que-enganavam-nazistas-un-sac-de-billes
Trata-se de um remake, já que o mesmo livro foi adaptado para o cinema em 1975 pelo diretor francês Jacques Doillon. No entanto, a versão de Christian Duguay registra com mais ternura e humor a epopeia dos irmãos e de sua família por esse período conturbado e faz ainda uma bela reflexão sobre os horrores da guerra ao colocar a narrativa sob o olhar de uma criança.

110201.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx
Um dos pontos altos deste filme é o trabalho do diretor com os dois atores mirins que interpretam os irmãos Joseph e Maurice, em um desempenho tão realista que convence e insere o público no drama repleto de dissabores e desafios.
Ressaltando valores como a irmandade e humanidade em tempos de guerra e a importância da fé e da família são elementos que deixam a película inspiradora e esperançosa, apesar das tristezas. O desfecho amargo, agrada, emociona e nos faz refletir. Difícil é conter as lágrimas ao final.

UnSacDeBilles-2017
Este é o filme da semana no Moviecom Arte, nos dias 23 e 24 de setembro, sempre ás 11 horas.
Ficha Técnica
Título: Os Meninos Que Enganavam Os Nazistas
Título Original: Un Sac De Billes
Direção: Christian Duguay
Roteiro: Christian Duguay e Benoît Guichard (baseado no roteiro original de Jonathan Allouche e Alexandra Geismar e na obra de Joseph Joffo)
Elenco: Dorian Le Clech, Batyste Fleurial, Patrick Bruel, Elsa Zylberstein, Bernard Campan, Kev Adams, Christian Clavier, César Domboy, Ilian Bergala, Emile Berling, Jocelyne Desverchère, Coline Leclère, Holger Daemgen
País de Origem: França, Canadá e República Checa
Ano de Produção: 2017
Distribuição: Paris Filmes

468bf5f58391799e4cdbe1b20493193a_XL

Amityville-+-Feito-na-América728x90