Tag

#Estreia

DarkestHour
ExtrasParceiros

O Destino de uma Nação, no Moviecom

Postado porTemperos de Cinema 10 de janeiro de 2018 0 Comentários

De tempos em tempos grandes personagens da história parecem “ressuscitar”, como que para inspirar com seus pensamentos e atitudes o momento atual. É o caso de Winston Churchill que recentemente teve grande destaque na série “The Crow” interpretado por John Lithgow e uma cinebiografia dirigida por Jonathan Teplitzky.

O-Destino-de-Uma-Nação-trailer
Agora o controverso Primeiro-Ministro britânico é o personagem central de “O Destino de uma Nação”, que estreia amanhã (11/01) no Moviecom Cinemas e é forte candidato ao Oscar 2018 em pelo menos 3 categorias: Melhor Diretor, Filme e Ator.
Com uma carreria militar brilhante, escritor laureado com o Nobel de Literatura, historiador, artista plástico e um dos maiores estadistas de todos os tempos, Winston Churchill (1874-1965) foi duas vezes Primeiro-Ministro do Reino Unido e teve papel decisivo durante a Segunda Guerra Mundial.

DARKEST HOUR
Em um drama espetacular, o filme “O Destino de uma Nação”, dirigido por Joe Wright, de “Orgulho e Preconceito” e “Anna Karenina”, retrata exatamente esse momento da história, quando a força e liderança de Churchill foi decisiva para garantir a segurança e a paz dos ingleses quando as forças nazistas varriam toda a Europa.

O-Destino-de-Uma-Nação-trailer-2
O roteiro é assinado por o Anthony McCarten (de A Teoria de Tudo) e não esconde o dilema de Churchill dividido entre a pressão para firmar um tratado de paz com a Alemanha Nazista e o desejo de lutar pelos ideais de liberdade de sua nação.
Interpretando o grande líder temos o cultuado ator Gary Oldman (ganhador do Globo de Ouro 2018) e no elenco outros grandes nomes como Stephen Dillane, John Hurt, Lily James, Ben Mendelsohn e Kristin Scott Thomas.

O-Destino-de-uma-Nação_29

Outro grande destaque de “O Destino de Uma Nação” é a direção de arte de Sarah Greenwood, que recria com precisão a Londres pré-Elizabethana, em um momento de grandes mudanças mundiais interferindo drasticamente em uma das culturas mais tradicionalistas do mundo.

Confira os horários na programação do Moviecom Maxi Shopping Jundiaí.

1451307.jpg-r_648_960-f_jpg-q_x-xxyxx

sobrenatural---destino-de-uma-nação728x90

20160516162033704232i
ExtrasParceiros

“AQUARIUS”, Traz Sônia Braga Em Grande Performance

Postado porTemperos de Cinema 20 de setembro de 2016 0 Comentários

Aquarius, segundo longa-metragem de ficção de Kleber Mendonça Filho (O Som ao Redor), entra em cartaz no Moviecom na próxima quinta. O filme teve sua estreia mundial na França, como parte da seleção oficial competitiva do festival de Cannes e ganhou recentemente o prêmio de melhor filme no Festival de Cinema de Sydney, na Austrália.

thumb
“Aquarius” conta a história de Clara (Sonia Braga), uma escritora e jornalista aposentada, moradora do edifício Aquarius, último de estilo antigo na beira mar do bairro de Boa Viagem, no Recife. Dona de um apartamento repleto de discos e livros, o último ocupado em todo o prédio, ela resiste às investidas de uma construtora que pretende demolir o prédio para a construção de um novo empreendimento.

543652-970x600-1
No elenco temos ainda: Maeve Jinkings (O Som ao Redor), Irandhir Santos (O Som ao Redor), Humberto Carrão, Zoraide Coleto, Carla Ribas (A Casa de Alice), Paula de Renor, Fernando Teixeira (Baixio das Bestas), Barbara Colen, Daniel Porpino, Julia Bernat (Aspirantes) e Pedro Queiroz, entre outros.
Com quase 2 e meia de duração, Aquarius é um filme marcante, com excelente técnica de filmagem e que, segundo a crítica, põe novamente Sônia Braga no lugar que lhe pertence: o centro dos holofotes.


O diretor e roteirista recifense Kleber Mendonça Filho começou sua carreira como crítico de cinema e responsável da área na Fundação Joaquim Nabuco.
Como realizador, iniciou com a produção de documentários e clipes em vídeo nos anos 90, passando para o digital e o 35mm na década de 2000. Sua filmografia em curta metragem é a mais premiada do Brasil, com cerca de 120 prêmios para os filmes como A Menina do Algodão (co-dirigido por Daniel Bandeira, 2003), Vinil Verde (2004), Eletrodoméstica (2005), Noite de Sexta Manhã de Sábado (2006), Crítico (2008) e Recife Frio (2009). Seu último curta metragem é A Copa do Mundo no Recife (2015), feito sob encomenda para a casa de Cinema de Porto Alegre e o canal Sport TV.
Sua primeira experiência no longa metragem é o documentário Crítico (2008), realizado ao longo de nove anos. O Som ao Redor (2012) foi seu primeiro longa-metragem de ficção, exibido em mais de 100 festivais internacionais, lançado comercialmente em 14 países, o filme foi o representante brasileiro no Oscar 2014 e considerado “Um dos 10 Melhores Filmes do ano” pelo jornal The New York Times. O Som ao Redor foi visto por 100 mil espectadores no seu lançamento nos cinemas brasileiros.

610474-970x600-1
FICHA TÉCNICA

Título: Aquarius
Roteiro e Direção: Kleber Mendonça Filho
Elenco: Sonia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos, Humberto Carrão, Zoraide Coleto, Carla Ribas, Paula de Renor, Fernando Teixeira, Barbara Colen, Daniel Porpino, Julia Bernat e Pedro Queiroz.
País: Brasil e França
Ano: 2016
Direção de Fotografia: Pedro Sotero e Fabrício Tadeu
Montagem: Eduardo Serrano
Direção de Arte: Juliano Dornelles e Thales Junqueira
Figurino: Rita Azevedo
Caracterização: Tayce Vale
Som: Ricardo Cutz e Nicolas Hallet
Produção: Saïd Ben Said e Michel Merkt (SBS, França)
Coprodução: Walter Salles (VideoFilmes) e Globo Filmes
Produtor Associado: Carlos Diegues
Produção Executiva: Dora Amorim
Distribuição no Brasil: Vitrine Filmes

aquarius_mog