Tag

cozinha italiana

Receita da semanaTemperos

Cannoli, mais doce que a Vingança

Postado porTemperos de Cinema 9 de julho de 2018 0 Comentários

“Leave the gun, take the cannoli”, essa é uma das falas antológica de “O Poderoso Chefão”.
O cannoli é um doce tradicional da Sicília, com origem que remonta à 75 a.C. e típico dos festejos de carnaval. Essa delícia recheada com ricota tornou-se bastante popular também nos Estados Unidos, onde a culinária italiana ganhou bastante projeção com a imigração.


Na trilogia de Francis Ford Coppola o cannoli aparece como “o doce da vingança” em duas cenas marcantes. A primeira, no filme de 1972, os assassinos do o genro traidor de Vito Corleone compram cannolis e depois de executar o “serviço” dizem a célebre frase “largue a arma e pegue um cannoli”. A segunda, na sequência de 1990, a irmã de Michael Corleone serve cannolis envenenados a outro traidor, Don Altobello, seu padrinho.


A receita que encerra o cardápio inspirado no filme “O Poderoso Chefão” não poderia ser outra. A chef Sandra Romansini, ensina a preparar deliciosos cannolis que são a sobremesa perfeita para a sobremesa ou para acompanhar o chá da tarde.

Receita de Canolli

Ingredientes para a massa:
½kg de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal em temperatura
½ xícara (chá) de açúcar
450ml de cachaça ou grappa ou vinho branco seco
1 colher (chá) de sal
1 colher (café) de canela
óleo para fritar

Ingredientes para o recheio:
½kg de ricota
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de licor ou vinho licoroso de sua preferência
1 pitada de sal
4 colheres (sopa) de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de requeijão cremoso ou creem cheese
frutas cristalizados a gosto
cereja a gosto

Modo de preparo

Em uma tigela, misture os ingredientes secos, junte a manteiga misture bem formando uma farofa. Acrescente a cachaça e vá amassando até formar uma massa lisa e elástica. Cubra a massa com filme e deixe descansar por 20 minutos na geladeira.
Em seguida abra a massa com um rolo na espessura de ½ centímetro, corte círculos com um cortador de 8cm. Unte apenas a primeira vez, com óleo ou manteiga os cilindros de metal próprio para canudos envolva-os com o disco da massa para que as duas pontas se encontrem, unte uma das pontas com clara e aperte bem.
Em uma panela de pequena para média, coloque ½ litro de óleo, deixe aquecer, sem exagero, abaixe o fogo e vá colocando os cilindros, eles precisam ficar submersos.
Deixe os canudos de pé numa cesta aramada. Não escorra em papel absorvente porque fica encharcado.
Com cuidado para não se queimar, retire a massa e repita a operação até finalizar. Recheie os cannoli a seu gosto, polvilhe-os com açúcar de confeiteiro.

Receita da semanaTemperos

Stinco de Carneiro com Polenta

Postado porTemperos de Cinema 30 de junho de 2018 0 Comentários

Mais uma receita incrível inspirada na trilogia “O Poderoso Chefão”, de Francis Ford Coppola. Este Stinco de Carneiro é um prato tradicional da gastronomia italiana e sua origem remonta ao Império Romano.
Stinco significa canela e para alguns chefs, é a melhor no carneiro. Os franceses também têm sua versão do prato e chamam de Jarret. Há versões do prato também com javali e vitela. Este prato acompanha super bem uma massa ou uma bela polenta.
Aqui, a chef Sandra Romansini nos ensina a preparar a receita italiana, acrescentando como sempre seu toque pessoal à receita. E nós, que já provamos, podemos garantir que é maravilhoso.

Receita de Stinco de Cordeiro

Para a Marinada

1 colher de chá de Sal
5 dentes de alho amassado
1 cebola média
Manjericão seco a gosto
Salsinha a gosto
4 folhas de louro
Tomilho a gosto
1 Cenoura pequena picada
1 talo de salsão picadinho
1 alho Poró picado
Folhas de sálvia a gosto
500 ml de vinho branco
1 litro de água
4 stinco de cordeiro

Preparo:

Misture todos os ingredientes e deixe marinando por 24 horas:

Preparo do stinco:
Retire o stinco da marinada. (Coe e Reserve o caldo)
Em uma panela coloque um fio de azeite e deixe aquecer bem, doure o stinco até ficar bem dourado de todos os lados.
Deglaceie a frigideira com uma taça de vinho e em seguida coloque o líquido da marinada. Cozinhe por 45 minutos a 1 hora em fogo baixo até que esteja bem macio e não saia do osso.
Retire o caldo do cozimento e leve o fogo para reduzir.

Obs: Se acaso o líquido do cozimento for secando e o stinco ainda não esteja cozido vá adicionando caldo de carne até que cozinhe.

Sirva o stinco com Polenta e a redução do cozimento.

Receita da semanaTemperos

Minestrone ou Minestra Italiana

Postado porTemperos de Cinema 22 de junho de 2018 0 Comentários

A segunda receita inspirada na trilogia O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, é um Minestrone ou Minestra Italiana.
Perfeita para as noites de frio e também como entrada, essa tradicional sopa italiana é composta por uma grande variedade de legumes cortados e, quase sempre acompanhados de arroz ou macarrão.
Não existe uma receita fechada para este prato e normalmente ele é preparado com os legumes e hortaliças da estação. E também pode ou não levar carne.
Acredita-se que este prato foi criado por camponeses italianos durante o período da Grande Guerra. Com a escassez de comida e temperaturas baixíssimas, os camponeses utilizavam os alimentos disponíveis em suas terras, misturando-os ao feijão, ao arroz e alguns tipos de macarrão.


A chef Sandra Romansini nos dá a sua versão deste tradicionalíssimo prato, com uma combinação de sabores e temperos que o tornam ainda mais especial  e que, certamente, fariam até Don Vito Corleone lamber os beiços.

Receita de Minestrone ou Minestra Italiana

INGREDIENTES

½ xícara (chá) de feijão-branco
3 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola picada
1 cenoura cortada em cubos
1 talo de salsão cortado em rodelinhas
1 batata cortada em cubos
½ xícara (chá) de vagem cortada em rodelinhas
1 abobrinha com casca cortada em cubos
½ xícara (chá) de repolho ralado
1 litro de caldo de carne
½ lata de tomate italiano sem pele
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO

Numa tigela, coloque o feijão branco e cubra com o triplo de água. Deixe de molho por 12 horas.
Lave a cenoura, o salsão, a vagem e a abobrinha sob água corrente.
Numa tábua, pique os legumes e o tomate italiano. Reserve o suco da lata do tomate.
Numa panela grande, aqueça o azeite e a manteiga no fogo baixo. Quando esquentar, coloque a cebola picada e mexa até ficar dourada.
O segredo para preparar o minestrone é não colocar todos os ingredientes na panela ao mesmo tempo, pois cada legume tem o seu tempo de cozimento. Por isso, entre as adições dos legumes, deixe cada um cozinhar por 3 minutos, mexendo de vez em quando. Aumente o fogo para médio e acrescente os legumes na seguinte ordem: a cenoura picada, a batata em cubos, a vagem picada, a abobrinha em cubos e o repolho ralado.
Junte o caldo de carne, o tomate italiano picado e o suco da lata. Se estiver usando caldo em cubo, experimente antes de temperar com sal. Aumente o fogo e deixe ferver. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 1 hora e 30 minutos.
Escorra a água do feijão branco e lave-o sob água corrente. Transfira para uma panela e cubra com água. Leve ao fogo alto e, quando ferver, abaixe o fogo. Tampe a panela e deixe cozinhar por 1 hora ou até que o feijão esteja cozido, porém os grãos não devem estar moles. Escorra a água e reserve o feijão.
Na panela com a sopa, acrescente o feijão e deixe cozinhar por mais 30 minutos. O Minestrone é uma sopa grossa, porém, se você desejar uma sopa mais fina, acrescente mais caldo de carne.
No momento de servir, polvilhe a sopa quente com o queijo ralado.