Tag

#cinemaitaliano

CinemaMoviecomarte

Histórias de Amor… no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 13 de dezembro de 2017 0 Comentários

A vida imita a arte. E vice-versa. O mundo do cinema, assim como o mundo real, é ainda comandado fortemente por homens e raras ainda são as mulheres que conseguem se impor e sobressair nesse meio onde há muito machismo.
Mas o empoderamento feminino, sobretudo nas últimas 5 décadas, fez as mulheres avançarem na luta por seus direitos e na igualdade em todos os segmentos da sociedade. E no cinema não poderia ser diferente.

430903.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx_0
“Histórias de Amor que não Pertencem a este Mundo” é um belo exemplo disso tudo. Escrito por 3 mulheres (Francesca Manieri, Laura Paolucci e Francesca Comencini) e dirigido por uma delas (Francesca Comencini), este filme é um drama romântico italiano sobre relações mas visto pela óptica feminina.

histórias-de-amor-que-não-pertencem-filme
Todas as frustrações, ansiedades e aspirações da mulher contemporânea são captadas através da personagem Claudia, uma professora e feminista interpretada por Lucia Mascino, que no confronto de um relacionamento fracassado expõe suas próprias deficiências e medos internos, frutos da falta de alegria que constitui sua existência.

histc3b3rias-de-amor-que-nc3a3o-pertencem-a-este-mundo
Esse é o filme da semana no Moviecom Arte, com exibições dias 16 e 17 de dezembro às 11 horas e dia 19 de dezembro às 14 horas, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí.

3f0dc5075701d5d5db787404ede5fb5f_XL

Ficha Técnica
Título Original: Amori Che Non Sanno Stare Ao Mondo.
Título no Brasil: Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo
Direção: Francesca Manieri
Roteiro: Comencini/Francesca Manieri/Laura Paolucci
Elenco: Lucia Mascino, Thomas Trabacchi, Carlotta Natoli, Valentina Bellé e Francesca Manieri
Categoria: Drama romântico
País de Origem: Itália
Ano de Produção: 2017
Distribuição: Mares Filmes

star-wars-extraordinário728x90f

Receita da semanaTemperos

Prato da Semana: Espaguete à Carbonara

Postado porTemperos de Cinema 11 de agosto de 2017 0 Comentários

Ettore Scola (1931 – 2016) foi um dos últimos grandes diretores italianos. Conhecido como “o cineasta do tempo”, seus filmes sintetizam décadas da história italiana em ambientes fechados (um salão de danças, um apartamento, um cinema). Em “O Jantar”, filme de 1998. a história se passa quase toda em um restaurante onde cada mesa é um universo dramático.

Jantar4
Sempre muito político e crítico de nosso tempo, Scola se mostra profético em “O Jantar” quando mostra uma mesa de turistas japoneses, que fotografam a tudo mas não se interessam pelas tradições, como quando pedem catchup no molho do espaguete.
Essa cena inspirou o prato da semana: Um delicioso espaguete à carbonara. Mas sem catchup.
Receita de Espaguete a Carbonata
Ingredientes:
360 g de espaguete
300 g de bacon picado
2 ovos inteiros
1 gema
80 g de queijo parmesão ou pecorino ralado
Azeite de oliva
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Leve para ferver cerca de 4 litros de água e adicione 2 colheres (sobremesa) rasas de sal quando começar a ferver.
Junte o espaguete. Não quebre! Se não couber na panela, deixe parte do macarrão ficar para fora e encostar na borda da panela. Assim que a parte imersa for amolecendo, o macarrão vai descendo. Você pode ajudar a afundá-lo pressionando delicadamente com um garfo, colher ou com as mãos.
Enquanto isso, frite o bacon numa frigideira antiaderente por alguns minutos.
Quando o macarrão estiver al dente, retire do fogo e escorra. Em seguida, junte com o bacon na panela e continue fritando, colocando um fio de azeite.
Bata os ovos com a gema, sal e o queijo ralado num refratário. Junte o macarrão com o bacon, misture rapidamente e sirva com pimenta a gosto.

Dica
Nunca jogue os ovos direto na panela quente do macarrão, pois eles irão cozinhar demais e virar ovos mexidos. Fazendo do jeito explicado acima, os ovos cozinham o suficiente só com o calor do macarrão

Receita da semanaTemperos

Risoto Siciliano Inspirado Em Cinema Paradiso

Postado porTemperos de Cinema 11 de novembro de 2016 0 Comentários

Se emocionar assistindo “Cinema Paradiso”, quem nunca?
Esse filme de 1990, dirigido por Giuseppe Tornatore, ganhou quase todos os grandes prêmios do cinema mundial e arrastou milhões de pessoas para os cinemas, tornando-se um dos grandes clássicos do cinema italiano e do cinema contemporâneo.

nuovo-cinema-paradiso-01-e1384876538617
O filme conta a infância de um famoso cineasta, retratando como nasceu sua paixão pelo cinema. “Cinema Paradiso” é quase um desabafo de Tornatore pelo fim do lado romântico dos cinemas de rua, de toda uma mágica que as modernas tecnologias não consegue reproduzir.
E o final do filme é uma das mais belas sequências da história do cinema.
A chef Sandra Romansini, apaixonada por cinema e pela Itália, se inspirou em “Cinema Paradiso” para a receita desta semana que também é um clássico da Itália: Risoto Siciliano.
Veja o vídeo com o passo a passo. A receita detalhada está logo abaixo.

RECEITA DE RISOTO DE LIMÃO SICILIANO
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz para risoto
* ½ xícara (chá) de suco de limão siciliano
* 2 colheres (sopa) de raspas de limão siciliano
* 2 colheres (sopa) de margarina
* ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
* 2 caldos de legumes dissolvidos em aproximadamente 1,5 litros de água
* azeite para fritar
* 1 cebola picada
* 1 cálice de vinho branco seco (180 ml)

Modo de preparo:
Refogue a cebola no azeite e em 1 colher de manteiga até ficar transparente. Acrescente o arroz e envolva com a cebola refogada. Coloque o vinho branco e mexa até evaporar.
Acrescente o caldo de legumes, aos poucos, sem parar de mexer. Conforme for secando o caldo acrescente mais um pouco. Um pouco antes de ficar ao dente coloque ½ xícara do suco do limão siciliano e repita esse procedimento com o caldo até que o arroz esteja al dente.
Coloque o parmesão ralado e a manteiga, o restante do suco (a gosto) mexa até incorporar e finalize com as raspas do limão siciliano.
Refogue a cebola no azeite e em 1 colher de manteiga até ficar transparente. Acrescente o arroz e envolva com a cebola refogada. Coloque o vinho branco e mexa até evaporar.
Acrescente o caldo de legumes, aos poucos, sem parar de mexer. Conforme for secando o caldo acrescente mais um pouco. Um pouco antes de ficar ao dente coloque ½ xícara do suco do limão siciliano e repita esse procedimento com o caldo até que o arroz esteja al dente.
Coloque o parmesão ralado e a manteiga, o restante do suco (a gosto) mexa até incorporar e finalize com as raspas do limão siciliano.

CinemaMoviecomarte

Loucas de Alegria no Moviecom ARTE

Postado porTemperos de Cinema 7 de novembro de 2016 0 Comentários

“Loucas de Alegria”, de Paolo Virzi, é um Thelma & Loise à italiana. ou,como diz o próprio diretor, “uma metáfora para a loucura essencial da Itália”.

b582acfa-a088-11e6-9216-1158aa9d4175-1020x717
Lançado no último Festival de Cannes, o filme literalmente causou. Foi ovacionado por público e crítica em sua passagem pela Quinzena dos Realizadores. Não foi diferente o Brasil, onde foi abre-ala da mostra 8 ½ Festa do Cinema Italiano, que aconteceu em agosto em 8 capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis).

entretenimento-filme-loucas-de-alegria-20160902-01
“Loucas de Alegria” é uma comédia dramática, com um humor negro bem italiano e ao gosto dos brasileiros, que gira em torno de personagens completamente fora da realidade, no caso duas mulheres que decidem sair pelo mundo em busca de aventura.
Valeria Bruna Tedeschi e Micaela Ramazzotti interpretam Beatrice e Donatella, duas internas de uma clínica psquiatrica para pacientes com alguma pendência judicial. Cansadas, entediadas elas decidem fugir para viver os prazeres da vida longe da vigilância e da castração de médicos e enfermeiros.

02loucasdealegria
Beatrice é uma socialite seduzida por um tipinho mafioso que a usou para dar grandes golpes, arruinando a vida de toda sua família. Os comentários dela sobre tudo o que a cerca nessa nova realidade são hilários. Donatella, é o oposto a Beatrice. Devastada, física e emocionalmente, ela é uma dependete química, com uma tentativa de suicídio e a perda da guarda de seu filho.

03loucasdealegria
Elas se tornam amigas e aproveitam um passeio junto com outros pacientes para fugir e descobrem que, fora dos limites da clínica, elas nem parecem tão loucas assim.
“Loucas de Alegria” está no Moviecom Arte desta semana, com sessões às 11 horas nos dias 12 e 13, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping.

Veja o trailer e marque na sua agenda para não perder.

Ficha Técnica:
Título: Loucas de Alegria
Título Original: La Pazza Gioia
Gênero: Comédia Dramática
Duração: 118 min
País de origem: Itália e França
Diretor: Paolo Virzì
Roteirista: Francesca Archibugi, Paolo Virzì
Elenco: Micaela Ramazzotti Valeria Bruni Tedeschi Valentina Carnelutti Marco Messeri Bob Messini Roberto Rondelli Anna Galiena

loucas-de-alegria-800x1176