MoviecomarteProgramação

Programação de Dezembro do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 30 de novembro de 2017 0 Comentários
penci slider cdr12AA

O cinema político contemporâneo reflete a diluição das fronteiras territoriais, étnicas, culturais e ideológicas do mundo globalizado. Os conflitos, aflições, anseios e desilusões sensibilizam ou são comuns a todos de alguma forma. Ao mesmo tempo, a intolerância e o preconceito constroem enormes barreiras ideológicas. Este mês o Moviecom Arte traz 4 grandes filmes de temática política e a visão de 4 grandes diretores.

A-trama

Dias 02, 03 e 05 de dezembro
A Trama
O aclamado diretor francês Laurent Cantet é um crítico perpicaz da cena política e social de seu país. Em “A Trama” ele traz uma nova abordagem sobre seus temas favoritos, com foco no microcosmo dos personagens centrais do enredo mas falando do macrocosmo de toda a sociedade francesa deste começo de século.
A história se passa na mediterrânea La Ciotat em pleno verão. Antoine (Matthieu Lucci) aceita participar de uma integradora oficina de escrita, onde alguns jovens deverão desenvolver um romance policial sob a tutoria de Olivia Dejazet (Marina Foïs), famosa romancista. Agressivo e provocador, ele apresenta um polêmico texto e logo passa a ser odiado pelo diverso grupo, ao mesmo tempo em que é apoiado pela intrigada professora.
Não recomendado para menores de 14 anos

maxresdefault
Dias 09, 10 e 12 de dezembro
VICTORIA E ABDUL
O brilhante diretor inglês Stephen Frears assina mais uma obra prima: Victoria & Abdul conta a história real da amizade inesperada entre a Rainha Victoria e Abdul Karim, um jovem empregado que viaja para participar do Jubileu de Ouro e é surpreendido ao conhecer a própria Rainha. Ao se aproximarem, eles criaram uma aliança improvável de dedicação e lealmente mútua, afrontando o circulo doméstico da Rainha.
Nos papéis principais e puxando um elenco de grandes talentos, Judi Dench e Ali Fazal.
Não recomendado para menores de 10 anos

Histórias-de-Amor-Que-Não-Pertencem-a-Este-Mundo-Faz-Parte-da-Programação-do-8-12-Festa-do-Cinema-Italiano
Dias 16, 17 e 19 de dezembro
HISTORIAS DE AMOR QUE NÃO PERTENCEM A ESTE MUNDO

A diretora italiana Francesca Comencini, famosa pela série Gomorra, assina também o roteiro deste maravilhoso drama romântico, junto com Francesca Manieri e Laura Paolucci.
“Histórias de Amor…” é um olhar sincero sobre a forma como a mulher moderna pode vir a se posicionar dentro de uma relação.
Depois de se separar de Flavio (Thomas Trabacchi), com quem se relacionou por sete anos, a professora Claudia (Lucia Mascino) se sente como uma alma perdida e não vê outra solução para sua dor que não perseguir e reconquistar o ex-companheiro. Flavio, no entanto, tem objetivo bem diferente: seguir em frente e mudar de vida, se afastando ao máximo da intensa parceira.
Não recomendado para menores de 16 anos

maxresdefault (3)

Dias 23, 24 e 26 de dezembro
HUMAN FLOW – NÃO EXISTE LAR SE NÃO HÁ PARA ONDE IR
O chinês Ai Weiwei é um artista plural. Designer arquitetônico, artista plástico, pintor, comentarista e cinegrafista, tornou-se mundialmente conhecido e venerado por seu ativismo social e por sua coragem em enfrentar a ditadura conuminsta chinesa.
Human Flow foi o grande destaque da 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com a presença de Ai Weiwei que inclusive desenhou o cartaz da Mostra.
Neste filme o diretor Ai Weiwei acompanhou durante 1 ano as crises de refugiados em 23 países, incluindo França, Grécia, Alemanha, Iraque, Afeganistão, México, Turquia, Bangladesh e Quênia. Ele retrata as causas que levam milhões de pessoas a abandonarem seus países de origem, como a guerra, a miséria e a perseguição política, refletindo sobre as dificuldades encontradas na busca por uma vida melhor.
Não recomendado para menores de 14 anos

051
Dias 30, 31 de dezembro e 02 de janeiro
O FORMIDÁVEL
O cineasta francês Michel Hazanavicius conseguiu gerar uma grande polêmica com essa comédia dramática onde o personagem principal é um verdadeiro ícone do cinema da França e do mundo todo, Jean-Luc Godard.
Em O Formidável, Hazanavicius mostra o grande diretor a partir do término de seu longo e famoso relacionamento com sua musa Anna Karina e em meio à fase revolucionária de sua carreira, quando inicia a produção de seu mais novo filme: A Chinesa, longa que narra a história de um grupo de jovens que tentam incorporar princípios maoístas ao seu cotidiano político. Durante as filmagens, ele conhece Anne Wiazemsky (Stacy Martin) e, logo, os dois se apaixonam.
A polêmica se deu porque o diretor mostra no filme justamente o período da crise de Godard, um dos principais nomes da Nouvelle Vague e também militante anarquista. O que para muitos pareceu uma tentativa do diretor de desqualificar o Maio de 68
Não recomendado para menores de 12 anos.

_____________________________________

Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

Você pode gostar também

Deixe seu comentário