Moviecomarte

Programação de Setembro do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 6 de setembro de 2019 0 Comentários

A Arte é uma linguagem universal. E isso fica totalmente em evidência na programação de setembro do Moviecom Arte. São quatro filmes de países diferentes, que refletem culturas particulares, mas que se conversam enquanto obras de arte.
Veja os trailers e os comentários:

Dias 07, 08 E 10 de setembro
NÃO MEXA COM ELA
Gênero: Drama
Direção: Michel Aviad

“Não Mexe com Ela” acompanha a jornada de mulher israelense no mercado de trabalho. Ela possui filhos, um marido compreensivo e uma mãe idosa, mas eles são deixados em segundo plano para que a narrativa investigue as perversas pressões exercidas sobre as mulheres em um mundo dominado pelos homens.
A diretora Michal Aviad não faz rodeios para introduzir na trama a questão do assédio sexual no local de trabalho. A conduta inapropriada do chefe Benny (Menashe Noy) ocorre desde os primeiros encontros com a nova funcionária, Orna (Liron Ben-Shlush) uma mulher que precisa do trabalho para melhorar a renda da família.
O roteiro esmiúça a pressão psicológica envolvida numa relação de poder. O patrão é colocado como um empresário poderoso que julga o cortejo “natural” e incontrolável, colocando a beleza dela como culpada por seu comportamento inadequado. Após cada comportamento abusivo, ele pede desculpas, busca formas de recompensar e faz mil elogios. No entanto, o desenvolvimento da trama é uma tragédia anunciada.
“Não Mexa Com Ela” é filme que abre a programação de setembro do Moviecom Arte e você poderá assisti-lo nos dias 07 e 08, às 11 horas e no dia 10, às 14 horas.

 


DIAS 14, 15 e 17
SIMONAL
Gênero: Drama – Biografia
Direção: Leonardo Domingues

Wilson Simonal, conheceu a fama e ostracismo quase que simultaneamente. Seu sucesso como cantor foi totalmente apagado após ser apontado como delator no período da ditadura militar.
O documentário Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei iniciou em 2009 um movimento de revisionismo histórico que fez suas músicas tornarem-se acessíveis às novas gerações. Agora este filme de Leonardo Domingues tenta sepultar de vez a fama de dedo duro que acompanha o músico mesmo depois de sua morte.
Milionário, idolatrado, inconfundível, talentoso em diferentes gêneros, estrela da TV, empresário e cheio de sucessos, Simonal foi um caso único, tanto por ter atingido patamar que nenhum artista negro havia alcançado até então no Brasil, quanto pela derrocada incomparável que veio na sequência.
O filme vai no embalo de sucessos recentes de cinebiografias de cantores como Elis e Tim Maia, usando uma trilha sonora poderosa para delinear o roteiro que aborda temas como o preconceito, a polarização esquerda-direita que o atacou duplamente, a própria ditadura militar e um dos primeiros casos de fake news, muito antes das redes sociais.
Você não pode perder “Simonal” no Moviecom Arte dos dias 14 e 15 às 11 horas e dia 17 às 14 horas.

 

DIAS 21, 22 e 24
Título –RETRATO DE AMOR
Gênero: Drama
Direção: Ritesh Batra

Em 2013 que o indiano Ritesh Batra se apresentou ao mundo com o delicioso The Lunchbox, filme em que dois indianos se correspondem amorosamente por meio de marmitas. Agora, 6 anos e 2 filmes depois, Batra volta novamente à sua origem com o belo “Retrato do Amor”, filme que bebe desses encontros fortuitos da Índia.
A trama acompanha a jornada de Rafi (Nawazuddin Siddiqui), um homem que trabalha como fotógrafo em pontos turísticos da Índia e que não tem tempo para relacionamentos. Determinado a pagar uma dívida antiga de seu falecido pai para que a avó não perca sua casa, ao mesmo tempo ele é pressionado pela matriarca para achar uma boa esposa. É aí, no desespero, que ele decide mentir, pegar a foto de uma moça qualquer e dizer para sua avó que está prestes a se casar com ela.
“Retrato de Amor” é uma pequena obra prima que você poderá ver nos dias 21 e 22 às 11 horas e no dia 24 às 14 horas

 

DIAS 28, 29 /09 e 01/10
A Última Loucura de Claire Darling
Gênero: Drama
Direção: Julie Bertuccelli

A diretora Julie Bertuccelli sempre encanta e surpreende com seus documentários e longas, e volta com toda vitalidade e humor em “A Última Loucura de Claire Darling”, estrelado por Catherine Deneuve e Chiara Mastroianni. Mãe e filha na vida real, interpretam respectivamente, Claire Darling e Mary.
Claire decide vender tudo que tem em sua casa após acreditar que este seria seu último dia de vida. A certeza da senhora é tanta que ela decide vender preciosas peças de colecionador e até mesmo obras de arte renomadas. A sessão de desapego sugere que ela tenta se livrar também das recordações e dores do passado.
O enredo se desenvolve através de flashbacks que revelam o drama da família. Essa brincadeira de passado e presente dá a impressão de que tudo é uma grande alucinação, ou como se o filme todo fosse feito dentro da cabeça de Claire.
A filha é alertada da peripécia de sua mãe e vai a seu encontro, porém nada pode detê-la. Com o fracasso de parar a mãe, Mary continua na casa para acompanhar tudo e se certificar que a senhora está bem.
Claire vai deixando todos cada vez mais alarmados com sua condição mental. Porém, logo percebe-se que as atitudes vistas no presente são resultado de situações do passado, levando a um final, no mínimo, surpreendente.
“A Última Loucura de Claire Darling” fecha a programação de setembro do Moviecom Arte e será exibido nos dias 28 e 29 de setembro às 11 horas e no dia 01 de outubro às 14 horas.

 

Você pode gostar também

Deixe seu comentário