Moviecomarte

Programação de Junho no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 30 de maio de 2019 0 Comentários

Junho é o mês dos namorados. E o melhor lugar para namorar é o cinema, mesmo que você não esteja namorando ninguém. Porque cinéfilo de verdade é aquele eterno apaixonado por cinema.
A Programação de Junho do Moviecom Arte é um ótimo motivo para reavivar essa paixão. São 5 filmes escolhidos especialmente para conquistar se coração.


DIAS 01, 02 e 04
A SOMBRA DO PAI
de Gabriela Amaral Almeida

Escrito e dirigido por Gabriela Amaral Almeida, “A Sombra do Pai” estreou em maio no circuito comercial, após levar 3 prêmios no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e ter sido selecionado para o Festival de Cinema de Tóquio.
Este é o segundo filme da diretora e uma grande responsabilidade para quem estreou com uma pequena obra prima “O animal Cordial”, em 2018. Mas Gabriela Amaral Almeida não decepciona e nos entrega um drama que aborda as consequências da inversão de papéis entre um pai e uma filha, que enfrentam uma situação de exceção, por meio de uma narração realista, com toques de horror e fantasia
Protagonizado pelo jundiaiense Júlio Machado e por Nina Medeiros, “A Sombra Do Pai” conta a história de Dalva, uma menina de nove anos às voltas com o silêncio do pai, o pedreiro Jorge, que fica mais triste após perder o melhor amigo em um acidente. A irmã de Jorge, Cristina (Luciana Paes), administrava a vida de pai e filha desde a morte da mãe da menina, há três anos. Quando Cristina deixa a casa do irmão para se casar, Jorge e Dalva precisam enfrentar a distância que os separa.

Julio Machado nos brinda com mais uma super atuação. Seu personagem é o subproduto da sociedade patriarcal. O arquétipo do homem forte, viril, apolíneo – mas que, por dentro, está desmoronando em sua fragilidade e na incapacidade de administrar seus sentimentos.
“A Sombra do Pai” é o nosso filme de abertura da programação de Junho e você poderá vê-lo nos dias 01 e 02 às 11 horas e no dia 04 às 14 horas.


DIAS 08, 09 e 11
UM AMOR INESPERADO
de Juan Vera

Ricardo Darín é figura fácil aqui no Moviecom Arte. E o incansável ator argentino está de volta na nossa telona protagonizando uma deliciosa comédia dramática, “Um Amor Inesperado”, dirigido por Juan Vera.
O filme fala sobre duas pessoas que reavaliam a vida amorosa após a partida do único filho que vai estudar no exterior.
Ricardo Darín e Mercedes Morán são o grande destaque do filme, passando de forma brilhante os dilemas do casal, através de um texto repleto de tiradas espertas sobre o comportamento pós-separação e o medo da solidão.
Este é o filme de estréia do produtor e roteirista Juan Vera como diretor e ele aproveita a qualidade do elenco, a começar pelos dois protagonistas, para fazer um filme leve, mas permeado por diversas questões relacionadas às vicissitudes dos relacionamentos amorosos.

“Um Amor Inesperado” é o filme que o Moviecom Arte traz às vésperas do Dia dos Namorados, com sessões nos dias 08 e 09 às 11 horas e no dia 11 às 14 horas.


DIAS 15, 16 E 18
O GÊNIO E O LOUCO
de Farhad Safinia

Baseado no livro de Simon Winchester, “O Gênio e o Louco” gira em torno da criação do Dicionário Oxford e traz Sean Penn e Mel Gibson interpretando William Chester e John Murray, dois homens ambiciosos que tentam concluir um dos maiores projetos do mundo: a criação do Dicionário Oxford.
Um deles é o Professor que tomou a decisão de iniciar o compilado, em 1857. O outro é o Doutor W.C. Minor que contribuiu com mais de 10.000 verbetes para o dicionário, mesmo estando internado em um hospício para criminosos. Os dois têm suas vidas ligadas pela loucura, genialidade e obsessão.

O desempenho irretocável de Penn e Gibson nos levam para o centro da vida acadêmica na sociedade britânica do século 19, formada por pessoas ávidas por leitura. Os dois personagens históricos interpretados por eles são movidos por uma paixão arrebatadora e pelo grande desafio.
O diretor Farhad Safinia assina também o roteiro ao lado de Todd Komarnicki.
“O Gênio e o Louco” é o filme que o Moviecom Arte arpesenta nos dias 15 e 16 às 11 horas e no dia 18 às 14 horas. Imperdível.

.

DIAS 22, 23 E 25
EM TRÂNSITO
de Christian Petzold

Juntamente com Barbara (2012) e Fênix (2014), o longa “Em Trânsito” fecha uma trilogia de filmes que o próprio diretor Christian Petzold chamou de “Amor em Tempos de Sistemas Opressivos“. O três roteiros têm inspiração em Transit, no livro de Anna Seghers publicado em 1944.
“Em Trânsito” é ambientado na Europa onde a ameaça fascista está em toda parte, mas ao mesmo tempo ainda invisível. O roteiro não mostra a reação das pessoas frente ao inimigo. A luta pela vida, nesse caso, é colocada juntamente com uma espera que causa medo e força as pessoas a pedirem vistos, buscarem novos documentos e viverem em trânsito, de cidade em cidade, de país em país. O objetivo é chegar a um destino onde possam, longe dos agentes do Reich, continuar (ou, nesse caso, reconstruir) suas vidas.

Estrelado por Franz Rogowski e Paula Beer, “Em Trânsito” é um filme que nos coloca num estranho limite de percepção e recepção do amor em meio à opressão. A obra suscita mais a angústia de não viver esse sentimento amoroso.
Este será o filme da semana no Moviecom Arte dos dias 22 e 23 às 11 horas e dia 25 às 14 horas.


DIAS 29, 30 DE JUNHO E 02 DE JULHO
TUDO QUE TIVEMOS
de Elizabeth Chomko

Mais um projeto cinematográfico a explorar a convivência com uma pessoa condicionada ao Alzheimer, “Tudo o Que Tivemos” apresenta impasses interessantes a uma rotina tão frustrante.
Há uma visão conservadora, mas não menos verdadeira, no amor que Bert (Robert Foster) nutre por Ruth (Blythe Danner). O marido precisa enfrentar as suas próprias convicções no cuidado de sua querida esposa. Ele não quer enviá-la para um outro lugar, onde seria tratada com mais objetividade e segurança, porque encara como seu dever manter o amor, que carrega há décadas pela esposa, até os seus últimos segundos.

Nesse meio tempo, portanto entram os filhos do casal, pensando que poderão mudar a cabeça do pai. Tudo o Que Tivemos, paralelamente a isso, encaminhará jornadas mais pessoais a cada um dos membros dessa família.
Este filme encerra a programação de Junho do Moviecom Arte com sessões nos dias 29 e 30 de Junho às 11 horas e no dia 02 de Julho às 14 horas. No Moviecom Arte é claro.

Você pode gostar também

Deixe seu comentário