Cinema

Programação de Abril do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 27 de março de 2017 1 Comentário

Confira a Programação de Abril do Moviecom Arte que traz mais uma seleção de grandes filmes selecionados especialmente para você, fã das telonas e do cinema de arte.
Dias 01 e 02 de abril – 11horas
TONI ERDMANN, de Maren Ade
Este filme foi o selecionado para representar a Alemanha no Oscar 2017, na categoria Melhor Filme Estrangeiro.
Esta comédia é uma produção austro-alemã que mostra o conflito gerações através do relacionamento de um pai super extrovertido e sua filha workaholic e carrancuda. As diferenças entre ambos faz com que vivam afastados mas o pai usa de vários subterfúgios para se reaproximarem. O filme teve grande repercussão quando exibido no último festival de Cannes.
A direção e roteiro são de Maren Ade e traz no elenco Peter Simonischek e Sandra Hüller.

Toni-Erdmann
Dias 08 e 09 de abril – 11horas
EU, DANIEL BLAKE, de Ken Loach
Ganhador da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017, do Prêmio BAFTA de Melhor Filme Britânico e o César de Melhor Filme Estrangeiro, entre muitos outros prêmios, este filme é dos melhores da temporada.
E em tempos onde tanto se fala sobre a previdência social no Brasil, este filme é uma boa reflxão sobre o assunto.
Este drama conta a história de um homem analfabeto que, após sofrer um ataque cardíaco, tenta receber o auxílio a que tem direito pelas leis trabalhistas, mas se vê obrigado a enfrentar um terrível esquema burocrático. No meio de todo esse processo ele conhece uma mulher solteira e mãe de duas crianças, também brigando com o sistema. Eles se aproximam e passam a se ajudar mutuamente.
EU, DANIEL BLAKE é considerado um dos melhores filmes do veterano Ken Loach, famoso por seus filmes dramas sociais repletos de romantismo e com um refinamento de imagens sem igual.

Ken Loach

Dias 15 e 16 de abril – 11horas
NERUDA, de Pablo Larrain
Considerado um dos maiores diretores do cinema latino-americano, o chileno Pablo Larrain (também diretor de “Jackie” que teve 3 indicações ao Oscar) consolida seu prestígio com essa cinebiografia de um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX.
“Neruda” foi indicado para representar o Chile na categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar 2017 e traz uma versão fantasiosa da vida de Pablo Neruda, partindo de fatos que construíram a lenda em torno deste grande poeta e também político, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1971.
Estrelado pelo chileno Luis Gnecco e pelo mexicano Gael García Bernal, ambos em atuações brilhantes, o filme conta a relação entre o escritor e um investigador de polícia que o perseguiu durante dois anos, antes que ele conseguisse fugir para a Argentina.

eab9c82ba3bc197adeb06ea94c6ab6d8

Dias 22 e 23 de Abril – 11 horas
A ESPERA, de Piero Messina
A diva Juliette Binoche estrela este drama de estreia do italiano Pier Messina como diretor.
Marcado por belíssimas imagens e pela interpretação perfeita de Juliette Binoche e Lou de Laâge, “A Espera” narra a história de uma mãe enlutada, que recebe em sua casa na Sicília a visita da namorada do filho desaparecido. Em estado de desespero, ela mantém a jovem na ignorância enquanto se agarra à sua jovialidade para fugir à sua própria sina.
Messina, que fez parte da equipe de produção do premiado “A Grande Beleza”, faz uma belíssima estreia como diretor.

THE WAIT - CARTAZ_alta

 

Dias 29 e 30 de Abril – 11 horas

PERSONAL SHOPPER, de Olivier Assayas
Este filme estrelado por Kristen Stewart, transita por diferentes gêneros cinematográficos, indo do horror sobrenatural ao thriller psicológico e ao suspense policial.
“Personal Shopper” conta a história de uma jovem americana que mora em Paris e trabalha como “personal shopper” para uma celebridade local. Ela também tem uma capacidade especial para se comunicar com o mundo dos mortos. A moça dividia esse dom com seu irmão, recém-falecido, que parece estar querendo enviar uma mensagem para o mundo dos vivos.
Mais que um filme de suspense ou terror, “Personal Shopper” é uma reflexão sobre o mundo materialista cada vez mais estruturado em torno da ausência, possibilitando o contato entre corpos sem que ambos estejam em um mesmo plano físico, e que, pela legitimação dessa ausência no cotidiano, pode esconder, debaixo das roupas da moda, verdadeiros indivíduos fantasmas.

Personal-Shopper

Você pode gostar também

1 Comentário

Marcia judice 28 de março de 2017 em 00:08

Muito bom!

Resposta

Deixe seu comentário