CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Egon Schiele no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 26 de setembro de 2018 0 Comentários

David Bowie era um apaixonado estudioso e colecionador de arte. Entre seus artistas favoritos estava Egon Schiele. Exceto os mais profundos estudiosos e apreciadores de arte, poucas pessoas já ouviram falar de Egon Schiele, um pintor do começo do século passado, apadrinhado por Gustav Klint e tido como o pai do expressionismo austríaco.
Schiele teve uma vida e carreira breves. Ele morreu aos 28 anos, 3 dias após a morte de sua esposa que estava no sexto mês de gravidez. Ambos vítimas da terrível gripe espanhola.


Mas ele não passou por este mundo sem fazer barulho. Muito barulho. Seu trabalho fortemente marcado pelo erotismo, foi tachado como pornográfico, transformando-o em um artista maldito e ao mesmo tempo uma celebridade, uma espécie pop star com seguidores fervorosos.


Em “Egon Schiele: Morte e Donzela”, o diretor e roteirista austríaco Dieter Berner faz um interessante estudo sobre o artista, sua vida e obra, ambas tão emblemáticas, que até hoje divide opiniões e provoca controvérsias.
Berner conta a história de Schiele a partir das suas 5 principais modelos, que marcam os diferentes estágios de seu trabalho e de sua vida, começando por sua irmã Gerti (sua primeira modelo ainda criança), até Edith, a esposa.


Por ter um roteiro assumidamente didático e abrandar alguns pontos polêmicos da vida de Egon Schiele, o filme parece uma encomenda para celebrar o centenário da morte do pintor (ele morreu em 31 de outubro de 1918). Mas isso não tira os méritos do trabalho de Dieter Berner.


“Egon Schiele: Morte e Donzela”, além de uma justa homenagem a esse importante artista, nos coloca diante de uma época de grandes transformações que foi a primeira década do século XX e amplia o debate sobre a liberdade de expressão e a tolerância no universo das artes.
Esta não é a primeira cinebiografia deste artista polêmico. Em 1980 tivemos “Excessos e Punição”, de Herbert Vesely, que também merece ser visto.
“Egon Schiele: Morte e Donzela”, é o filme da semana no Moviecom Arte e você poderá assistí-lo nos dias 29 e 30 de setembro às 11 horas e no dia 02 de outubro às 14 horas, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí.

Ficha Técnica
Título: Egon Schiele: Morte e Donzela
Título Original: Egon Schiele: Tod und Mädchen
Gêneros: Drama, Biografia, Histórico
País de Origem: Áustria e Luxemburgo
Ano de produção: 2016
Estréia: 19 de julho de 2018 (Brasil)
Duração: 1h 49min
Classificação: 14 anos
Direção: Dieter Berner
Roteiro: Dieter Berner, Hilde Berger
Elenco: Noah Saavedra, Maresi Riegner, Valerie Pachner
Trilha sonora: André Dziezuk
Direção de fotografia: Carsten Thiele
Edição: Robert Hentschel
Design de produção: Götz Weidner
Direção de arte: Peter Ackermann, Hucky Hornberger
Decoração de set: Hans Wagner
Figurino: Uli Simon
Distribuição: Cineart Filmes

Você pode gostar também

Deixe seu comentário