Cinema

“A Criada”, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 20 de fevereiro de 2017 0 Comentários

Mais um dos grandes destaques da 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, “A Criada” é um drama de época requintado e sensual, com a assinatura do consagrado diretor sul-coreano Park Chan-Wook.

15902795_1634517650175976_1368926283_o
O roteiro parte de um romance inglês escrito por Sarah Waters e ambientado na Inglaterra vitoriana, mas se desenvolve na Coreia dos anos de 1930, sob domínio japonês.

A-CRIADA-4
“A Criada” chama atenção pelo visual e narrativa de grande sofisticação. O filme mostra um jogo de perversões e mentiras quem acontece em uma rica mansão, onde uma jovem é mantida prisioneira por seu tio, um homem obcecado por literatura erótica. Ela é reinada desde menina a ler para ele e outros participantes de um fechado clube aristocrático de senhores maduros.

Handmaiden-7
A trama do filme envolve uma camareira vigarista que arma à sedução da rica prisioneira por um falso conde com o objetivo de receber dinheiro da vítima e ficar com suas roupas e jóias, depois de interná-la num hospício.
Dividido em três partes, “A Criada” é uma intensa sequência de revelações e reviravoltas, além de um crescente suspense e erotismo. Em todas as partes, transparece o alto nível da produção técnica, da fotografia aos figurinos, da iluminação à montagem.


“A Criada” fecha o mês de fevereiro do Moviecom Arte, com exibição nos dias 25 e 26, ás 11 horas.

Ficha Técnica
Título: A criada
Título Original: Mademoiselle
Direção: Park Chan-wook
Elenco: Kim Min-hee, Cho Jin-woong, Kim Tae-ri, Ha Jung-woo
País: Coréia do Sul
Ano de produção: 2016

319466

Você pode gostar também

Deixe seu comentário