CinemaExtras

Chocolate, no Moviecom Arte e no Varilux 2016

Postado porTemperos de Cinema 7 de junho de 2016 0 Comentários

Os negros ainda eram raros na Europa no começo do século XX. Exibidos como em zoológicos humanos até o final do século XIX, os negros eram vistos, na melhor das hipóteses, como uma espécie exótica.

Quando os tais zoológicos humanos chegaram ao fim, vários negros tentaram se encaixar na sociedade e muitos deles se juntaram a companhias circenses.  

No domingo, dia 12 de junho às 11 horas, o Moviecom Arte exibe mais um filme dentro da programação do Festival Varilux de Cinema Francês 2016, o filme “Chocolate”, de Roschdy Zem.

 

“Chocolate” conta a história real de um clown que vai do picadeiro do circo aos palcos dos teatros e se torna o primeiro negro na cena artística francesa, na Paris da Belle Epoque.

Batizado “Chocolat” por conta da cor de sua pele, ele foi um artista extraordinário e, sempre ao lado de seu parceiro Footit, se tornou um grande sucesso popular na Paris da Belle Epoque. 

chocolat_omar

As minorias são o tema favorito de Roschdy Zem, como pode ser comprovado em “Má Fé”, “Omar Me Matou” e “Bodybuilder”.

Em “Chocolate”, Zem conta a atuação impecável de Omar Sy, o ator negro que vem conquistando os franceses contemporâneos e que no ano passado estrelou “Samba”, de Olivier Nakache e Éric Toledano, que também falava de racismo e a luta de imigrantes para viver em Paris nos dias atuais.

CHOCOLAT DE ROSCHDY ZEM OMAR SY

 

Apesar de tudo, “Chocolate” é um filme que enaltece a amizade através da relação entre os dois palhaços, mostrando que o respeito é fundamental nas relações humanas.

©2015 Mandarin Cinema - Gaumont-Photographe Julian Torres-444

 

Ficha Técnica

Título: Chocolate

Título Original: Chocolat

Gênero: Biográfico

Ano: 2015

País de Origem: França

Direção: Roschdy Zem

Elenco: Omar Sy, James Thierrée e Clotilde Hesme

Duração: 1h50m

257450

 

Você pode gostar também

Deixe seu comentário