Categoria

Programação

penci slider cdr12AA
MoviecomarteProgramação

Programação de Dezembro do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 30 de novembro de 2017 0 Comentários

O cinema político contemporâneo reflete a diluição das fronteiras territoriais, étnicas, culturais e ideológicas do mundo globalizado. Os conflitos, aflições, anseios e desilusões sensibilizam ou são comuns a todos de alguma forma. Ao mesmo tempo, a intolerância e o preconceito constroem enormes barreiras ideológicas. Este mês o Moviecom Arte traz 4 grandes filmes de temática política e a visão de 4 grandes diretores.

A-trama

Dias 02, 03 e 05 de dezembro
A Trama
O aclamado diretor francês Laurent Cantet é um crítico perpicaz da cena política e social de seu país. Em “A Trama” ele traz uma nova abordagem sobre seus temas favoritos, com foco no microcosmo dos personagens centrais do enredo mas falando do macrocosmo de toda a sociedade francesa deste começo de século.
A história se passa na mediterrânea La Ciotat em pleno verão. Antoine (Matthieu Lucci) aceita participar de uma integradora oficina de escrita, onde alguns jovens deverão desenvolver um romance policial sob a tutoria de Olivia Dejazet (Marina Foïs), famosa romancista. Agressivo e provocador, ele apresenta um polêmico texto e logo passa a ser odiado pelo diverso grupo, ao mesmo tempo em que é apoiado pela intrigada professora.
Não recomendado para menores de 14 anos

maxresdefault
Dias 09, 10 e 12 de dezembro
VICTORIA E ABDUL
O brilhante diretor inglês Stephen Frears assina mais uma obra prima: Victoria & Abdul conta a história real da amizade inesperada entre a Rainha Victoria e Abdul Karim, um jovem empregado que viaja para participar do Jubileu de Ouro e é surpreendido ao conhecer a própria Rainha. Ao se aproximarem, eles criaram uma aliança improvável de dedicação e lealmente mútua, afrontando o circulo doméstico da Rainha.
Nos papéis principais e puxando um elenco de grandes talentos, Judi Dench e Ali Fazal.
Não recomendado para menores de 10 anos

Histórias-de-Amor-Que-Não-Pertencem-a-Este-Mundo-Faz-Parte-da-Programação-do-8-12-Festa-do-Cinema-Italiano
Dias 16, 17 e 19 de dezembro
HISTORIAS DE AMOR QUE NÃO PERTENCEM A ESTE MUNDO

A diretora italiana Francesca Comencini, famosa pela série Gomorra, assina também o roteiro deste maravilhoso drama romântico, junto com Francesca Manieri e Laura Paolucci.
“Histórias de Amor…” é um olhar sincero sobre a forma como a mulher moderna pode vir a se posicionar dentro de uma relação.
Depois de se separar de Flavio (Thomas Trabacchi), com quem se relacionou por sete anos, a professora Claudia (Lucia Mascino) se sente como uma alma perdida e não vê outra solução para sua dor que não perseguir e reconquistar o ex-companheiro. Flavio, no entanto, tem objetivo bem diferente: seguir em frente e mudar de vida, se afastando ao máximo da intensa parceira.
Não recomendado para menores de 16 anos

maxresdefault (3)

Dias 23, 24 e 26 de dezembro
HUMAN FLOW – NÃO EXISTE LAR SE NÃO HÁ PARA ONDE IR
O chinês Ai Weiwei é um artista plural. Designer arquitetônico, artista plástico, pintor, comentarista e cinegrafista, tornou-se mundialmente conhecido e venerado por seu ativismo social e por sua coragem em enfrentar a ditadura conuminsta chinesa.
Human Flow foi o grande destaque da 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com a presença de Ai Weiwei que inclusive desenhou o cartaz da Mostra.
Neste filme o diretor Ai Weiwei acompanhou durante 1 ano as crises de refugiados em 23 países, incluindo França, Grécia, Alemanha, Iraque, Afeganistão, México, Turquia, Bangladesh e Quênia. Ele retrata as causas que levam milhões de pessoas a abandonarem seus países de origem, como a guerra, a miséria e a perseguição política, refletindo sobre as dificuldades encontradas na busca por uma vida melhor.
Não recomendado para menores de 14 anos

051
Dias 30, 31 de dezembro e 02 de janeiro
O FORMIDÁVEL
O cineasta francês Michel Hazanavicius conseguiu gerar uma grande polêmica com essa comédia dramática onde o personagem principal é um verdadeiro ícone do cinema da França e do mundo todo, Jean-Luc Godard.
Em O Formidável, Hazanavicius mostra o grande diretor a partir do término de seu longo e famoso relacionamento com sua musa Anna Karina e em meio à fase revolucionária de sua carreira, quando inicia a produção de seu mais novo filme: A Chinesa, longa que narra a história de um grupo de jovens que tentam incorporar princípios maoístas ao seu cotidiano político. Durante as filmagens, ele conhece Anne Wiazemsky (Stacy Martin) e, logo, os dois se apaixonam.
A polêmica se deu porque o diretor mostra no filme justamente o período da crise de Godard, um dos principais nomes da Nouvelle Vague e também militante anarquista. O que para muitos pareceu uma tentativa do diretor de desqualificar o Maio de 68
Não recomendado para menores de 12 anos.

_____________________________________

Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

550x360-4
MoviecomarteProgramação

Mingei em Sessão Gratuita no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 15 de novembro de 2017 0 Comentários

Um caderno de viagens em vídeo da pesquisadora Silvia Sasaoka em uma viagem pelo Japão pesquisando as expressões do artesanato popular com bolsa da Fundação Japão.
Ela percorreu o país, do norte às ilhas do sul, entrevistando artesãos de tecelagem, estamparia, cerâmica e laca, entre outros. E também registrando o trabalho e criação.
Este vídeo, com direção e edição de Rica Saito, é um tributo ao artesanato na sua forma mais elaborada e um testemunho da diversidade e inventividade de gerações.
A pesquisadora define o resultado final como ‘um filme em forma de caderno de viagens’, e revela que o objetivo foi, através da sua visão, destacar a profunda relação entre os afazeres tradicionais, vida, pessoas e lugares, e revelar como estas tradições têm permanecido vivas durante muitas gerações, inspirando a reflexão do público sobre o artesanato japonês.
“Os conhecimentos desses artesãos japoneses são uma tradição que é mantida e sempre renovada. É uma excelente referência para a reflexão de todos aqueles envolvidos na realização e preservação do artesanato brasileiro”, afirma Silvia.

Cartaz MINGEI
Conceito Mingei
Segundo a pesquisadora, o movimento Mingei, fundado por Soetsu Yanagi, impulsionou um movimento de reavaliação do trabalho de artesanato popular anônimo japonês e seus valores culturais e estéticos.
A origem do nome Mingei é resultado da contração de Minshu (povo) e Kogei (artesanato), e quer dizer o artesanato feito pelo povo e para o povo.
Silvia revela, ainda, que o trabalho não parou por aí. Após verificar até que ponto esse movimento ainda estava vivo para os artesãos, como operam hoje em dia e de que forma estão ligados ao movimento, a pesquisadora já pensa em uma segunda etapa da pesquisa.
“Estou interessada na aplicabilidade e tentativas semelhantes realizadas no Brasil e, a partir daí, verificar em que medida e metodologias estes resultados podem ser traduzidos para comunidades de artesanato no meu país.”

Ficha Técnica
Título: MINGEI – Em busca do artesanato popular do Japão
Direção: Rica Saito e Silvia Sasaoka
Exibição: Moviecom Arte, dia 19 de Novembro – 10:30 horas
Entrada Gratuita.

penci slider cdr12A
MoviecomarteProgramação

Programação de Novembro do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 31 de outubro de 2017 0 Comentários

A programação do Moviecom Arte para este mês está cheia de fortes emoções para os cinéfilos. Começamos o mês com o polêmico “Rodin”, de Jacques Doillon, que causou n Festival de Cannes. Na sequência “Uma Razão Para Recomeçar”, de Drew Waters, um drama romântico daqueles à moda antiga e com direito a caixa de lenço. Depois vem “Rock’n Roll – Por Trás da Fama”, de Guillaume Canet, uma comédia dramática com a diva Marion Cotillard. E fechamos o mês com outro filme polêmico: “Manifesto”, do diretor alemão Julian Rosefeldt, que traz outra grande diva do cinema contemporâneo, Cate Blanchett, interpretando 13 personagens.

E os amantes do artesanato popular japonês terão ainda uma sessão extra e gratuita do Moviecom Arte no dia 19, com a exibição do curta independente “Mingei, Em Busca do Artesanato Popular do Japão”, dirigido por de Rica Saito sobre o trabalho da pesquisadora Silvia Sasaoka.
Anote na sua agenda e convide os amigos.
Aliás, você já sabe que o Moviecom Arte agora tem uma sessão também às terças-feiras às 14 horas? Pois é! Essa é uma notícia pela qual muita gente esperava. Vamos comemorar brindando com baldes de pipocas!

C2YcHr9XcAAhpDN

dias 04 e 05 de novembro às 11 horas
dia 07 de novembro às 14 horas
Rodin

SINOPSE
Em 1880, o escultor Auguste Rodin (Vincent Lindon) já é bastante conhecido, mas nunca conseguiu nenhuma encomensa do Estado. Esta oportunidade chega aos 40 anos de idade, com a escultura “La Porte de l’Enfer”. Enquanto trabalha, ao lado da esposa Rose Beuret (Séverine Caneele), ele se apaixona por sua aprendiz mais talentosa, Camille Claudel (Izïa Higelin), que se torna sua amante. Quando este relacionamento escondido acaba, Rodin muda radicalmente a forma de seus trabalhos.
Não recomendado para menores de 12 anos

_____________________________________

4084151.jpg-r_620_260-f_jpg-q_x-xxyxx

dias 11 e 12 de novembro às 11 horas
dia 14 de novembro às 14 horas
Uma Razão Para Recomeçar

SINOPSE
Ben (Jonathan Patrick Moore) conheceu Ava (Erin Bethea) aos sete anos quando ela estava de pé na entrada de sua garagem. À medida que o tempo passa, os dois viajam juntos através das estações da vida, até que ocorre uma tragédia que deixa todo o seu futuro em perigo.
Não recomendado para menores de 10 anos

______________________________________

286972

dias 18 e 19 de novembro às 11 horas
dia 21 de novembro às 14 horas
Rock”n Roll – Por Trás da Fama

SINOPSE
O cineasta e ator Guillaume Canet, com 43 anos, é confrontado por uma repórter, sugerindo que ele está ultrapassado e não pode concorrer com os jovens de sua geração. Perturbado com esta ideia, o artista decide provar que continua tão criativo e descolado quanto antes. Para isso, conta com a ajuda da sua esposa Marion Cotillard e busca inspiração no rei do rock francês Johnny Hallyday
Não recomendado para menores de 14 anos

_____________________________________

Cartaz MINGEI
DIA 19 – 10:30 horas
SESSÃO GRATUITA
MINGEI – Em busca do artesanato popular do Japão

Um caderno de viagens em vídeo da pesquisadora Silvia Sasaoka em uma viagem pelo Japão pesquisando as expressões do artesanato popular com bolsa da Fundação Japão. Ela percorreu o país, do norte às ilhas do sul, entrevistando artesãos de tecelagem, estamparia, cerâmica e laca, entre outros. E também registrando o trabalho e criação. Este vídeo, com direção e edição de Rica Saito, é um tributo ao artesanato na sua forma mais elaborada e um testemunho da diversidade e inventividade de gerações.

_____________________________________

Cate Blanchett appears in Manifesto by Julian Rosefeldt, an official selection of the Premieres program at the 2017 Sundance Film Festival. © 2016 Sundance Institute | photo by Barbara Schmidt.
dias 25 e 26 de novembro às 11 horas
dia 28 de novembro às 14 horas
Manifesto

SINOPSE
Os históricos manifestos de arte podem ser aplicados à sociedade contemporânea? É isso o que Cate Blanchett tenta responder ao explorar os componentes performáticos e o significado político de declarações artísticas e inovadoras do século XX, que vão dos futuristas e dadaístas ao Pop Art, passando por Fluxus, Lars von Trier e Jim Jarmusch.
Não recomendado para menores de 12 anos

_____________________________________

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

190129_REunnamed-(5)
MoviecomarteProgramação

Programação de Outubro no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 3 de outubro de 2017 0 Comentários

Outubro já ficou mundialmente conhecido como Outubro Rosa, mês da conscientização sobre o câncer de mama, doença que ainda mata milhões de mulheres todos os anos. Abrindo a programação de outubro, o Moviecom Arte traz um filme nacional, super aclamado, que tem a atriz Clarice Abujamra vivendo uma personagem super realista e que enfrenta o câncer.

Na programação há ainda o trabalho mais recente da cultuada Sofia Coppola, o último trabalho do diretor polonês Andrzej Wajda e dois destaques da nova geração do cinema europeu, os búlgaros Kristina Grozeva e Petar Valchanov.

pais4

Como Nossos Pais
07 e 08 de outubro
11 horas
Vencedor de seis Kikitos no Festival de Cinema de Gramado, este filme de Laís Bodanzky é bem mais do que uma história sobre uma mulher contemporânea, lidando com infinitas situações e emoções no seu universo familiar e também pessoal.
A prncípio “Como nossos pais” parece um filme de terror feminino. Rosa (Maria Ribeiro) tem uma vida estressante, lidando praticamente sozinha com duas filhas pré-adolescentes, um trabalho que odeia e a desconfiança da infidelidade do marido. Para piorar, descobre um segredo familiar guardado por anos, que afeta diretamente sua percepção de identidade, e uma doença terminal de sua mãe, Clarice (Clarisse Abujamra).

AAEAAQAAAAAAAAxaAAAAJDEyYjY1ODE5LTRmYzUtNGE4NS1hNWQ2LWZiYTNmMThhNGNhZA

O Estranho Que Nós Amamos
14 e 15 de outubro
11 horas
O sexto longa da diretora Sofia Coppola transforma eleva à classificação de filme de terror. O encontro de um soldado da Guerra Civil com mulheres isoladas em uma mansão no Sul dos EUA, se transforma em uma parábola sinistra sobre desejo e manipulação.
Sem o apelo pop de “Maria Antonieta” (2006) ou “Encontros e desencontros” (2013), este filme deu à diretora seu primeiro prêmio de direção em Cannes.
O roteiro é baseado em um romance de Thomas P. Cullinan, escrito em 1966, que já teve uma versão cinematográfica em 1971 estrelada por Clint Eastwood.
Na versão de Sofia Coppola, Colin Farrell é o cabo McBurney, irlandês que entrou para o exército do Norte dos EUA na Guerra Civil, acabou ferido e foi resgatado por mulheres sulistas que viviam isoladas em um casarão na Virginia . O clima de desolamento e tédio, com o lado delas prestes a ser derrotado, muda com a chegada do inimigo.

afterimage3-696x465

AfterImage
21 e 22 de outubro
11 horas
O último filme do aclamado diretor polonês Andrzej Wajda, falecido em 2016, conta a história do artista plástico Wladyslaw Strzeminski, perseguido na União Soviética por fazer oposição ao Realismo Socialista, um movimento artístico cujo conceito era basicamente uma forma de propaganda dos ideais soviéticos.
Wladyslaw Strzeminski (Boguslaw Linda), é um artista de vanguarda polonês que superou todas as dificuldades impostas pelas suas deficiências físicas (ele não possuía uma perna e um braço) e também o ódio, a indiferença e a crueldade dispensados pelas autoridades de seu país, para se tornar um dos artistas mais reverenciados do século vinte.

450814
Glory
28 e 29 de outubro
11 horas
A corrpução na política, a dignidade e os valores morais são os temas centrais desta comédia búlgara, dirigida por Kristina Grozeva e Petar Valchanov, que representará a Bulgária no Oscar 2018.
A saída da Bulgária do bloco comunista e sua reentrada no capitaismo, fez crescer assustadoramente os escândalos de corrupção. No meio das notícias sobre o assunto nos jornais, eles encontraram uma notícia que inspirou o filme.
“Glory” é baseado na história real de um trabalhador ferroviário que encontra uma enorme quantia de dinheiro nos trilhos do trem. Ele entrega todo o montante para a polícia, que o recompensa com um novo relógio de pulso, que logo para de funcionar. Enquanto isso, Julia Staikova, chefe do departamento de relações públicas do Ministério dos Transportes, perde o antigo relógio de Petrov, um objeto de grande valor sentimental. Ele começa então uma luta desesperada para obter seu velho relógio de volta, assim como sua dignidade.

Thor-Ragnarok728x90-1

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

lost-in-paris
MoviecomarteProgramação

Programação de Setembro do Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 28 de agosto de 2017 0 Comentários

O Moviecom Arte de setembro está com um forte sotaque francês. Dos 5 filmes selecionados, 4 são produções francesas e uma alemã. Conheça aqui o resumo dos filmes que farão os seus finais de semana de setembro muito mais interessantes.

lost_in_paris_still4-h_2016

DIAS 02 e 03 – 11horas
PERDIDOS EM PARIS
Essa suave comédia francesa, dirigida por Fiona Gordon e Dominique Abel, foi o último filme de Emmanuelle Riva, grande estrela de dramas densos como “Hiroshima meu amor” (1959), “A liberdade é azul” (1993) e “Amor” (2012).
Juntos há 35 anos, o casal de diretores se dedica ao gênero clown para falar sobre a falta de jeito dos seres humanos o lado bizarro da vida cotidiana.
Neste filme Emmanuelle Riva é Marta, uma senhora idosa e sozinha que se perde em Paris. O casa de diretores interpretam a sobrinha canadense que vai à Paris para encontrar a tia e um morador mal humorado que se envolve na trama para ajudar.
Aparecendo praticamente como um quarto personagem, a cidade de Paris é mostrada sob uma ótica completamente diferente até mesmo para pontos muito conhecidos como a Torre Eifel e o Rio Sena.
Não recomendado para menores de 12 anos

01TourdeFrance
DIAS 09 E 10 – 11HORAS
TOUR DE FRANCE
Dirigido por Rachid Djaïdani e estrelado por Gérard Depardieu, Sadek e Louise Grinberg, “Tour de France” é um filme sobre a tolerância.
Sadek interpreta Far’Hook, um jovem rapper que se vê obrigado a sair da cena parisiense por uns tempos e vai ao encontro de seu pai, Serge (Depardieu), um homem obstinado a seguir os passos do pintor Joseph Vernet.
A colisão de dois universos tão distintos dá início a uma ligação muito mais forte entre os dois personagens, revelando que o humano sempre se sobressai a todas as outras condições.
Se a xenofobia é um problema que assola toda a Europa e já foi mostrada em diversos filmes, Rachid Djaidani faz um excelente trabalho ao tocar neste tema de forma tão delicada e sensível.

review-bye-bye-alemanha

DIAS 16 E 17 DE SETEMBRO – 11HORAS
BYE BYE ALEMANHA
Um grupo de judeus que viveu os horrores dos campos de concentração e que sonha em ir embora da Alemanha depois da Segunda Guerra Mundial, esse é o enredo da comédia “Bye Bye Alemanha”. Sim, uma comédia!
Dirigido por Sam Garbarski, “Bye Bye Alemanha” vai na contramão de todos os filmes sobre esse período sombrio e mostra momentos cômicos vivido pelo personagem central, Bermann (brilhante atuação de Moritz Bleibtreu), um judeu que vende enxovais para juntar dinheiro e abandonar o país.

Baseado-em-best-seller-Os-Meninos-que-Enganavam-os-Nazistas-ganha-trailer-e-cartaz-nacionais-a
DIAS 23 E 24 DE SETEMBRO – 11 HORAS
OS MENINOS QUE ENGANAVAM NAZISTAS

Adaptação do best-seller “Un sac de billes” – drama autobiográfico de Joseph Joffo que conta a história do autor e de seu irmão, quando tinham 10 e 12 anos, durante a ocupação da França pelos nazistas – este filme do diretor canadense Christian Duguay é super fiel ao livro.
Trata-se de um remake, já que o mesmo livro foi adaptado para o cinema em 1975 pelo diretor francês Jacques Doillon. No entanto, a versão de Christian Duguay registra com mais ternura e humor a epopeia dos irmãos e de sua família por esse período conturbado e faz ainda uma bela reflexão sobre os horrores da guerra ao colocar a narrativa sob o olhar de uma criança.

20170703-saint-amour-papo-de-cinema-banner

DIAS 30 DE SETEMBRO E 01 DE OUTUBRO
SAINT AMOUR – NA ROTA DO VINHO

Escrito e dirigido por Gustave Kervern e Benoît Delépine, “Saint Amour – Na Rota do Vinho”, é mais que um filme sobre a relação de pai e filho ou sobre as vinícolas francesas. Este filme é um verdadeiro acordo de paz dos diretores com seu país, depois de 12 anos atacando o modelo político francês e o comportamento social da burguesia francesa.
Bruno (Benoît Poelvoorde em uma irretocável interpretação) é um alcóolotra, hiperativo e debochado que odeia o pai, Jean (Gérard Depardieu), mas este aproveita o tempo livre durante uma feira de negócios agrícolas em Paris para fazer com ele uma viagem pela região vinícola da França, conduzida pelo taxista Mike (Vincent Lacoste).
Este autêntico “on the road” regado a muito vinho, perrengues, revelações e situações tão constrangedoras quanto engraçadas.

 

12489387_939768412743183_3908654772296939577_o

 

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

penci slider cdr12
MoviecomarteProgramação

Programação de Agosto no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 1 de agosto de 2017 0 Comentários

A programação de Agosto está irresistível. Grandes estrelas do cinema e da música, grandes diretores, histórias emocionantes. Veja os filmes selecionados e marque já na sua agenda.

Song-to-Song

Dias 05 e 06 de agosto, às 11 horas
De Canção em Canção, de Terrence Malick
Um drama musical que conta uma história de amor moderna, ambientada n cena musical de Austin, no Texas, onde dois casais interligados buscam o sucesso num cenário de rock’n’roll, sedução e traição.
O filme traz um incrível elenco de beldades/estrelas do primeiríssimo time de Hollywood: Rooney Mara, Ryan Gosling, Michael Fassbender, Natalie Portman, Christian Bale, Cate Blanchett, Haley Bennett, Val Kilmer, Benicio Del Toro e Holly Hunter, entre outros.
E como se não bastasse, alguns dos maiores nomes da música engordam a lista de estrelas: Patti Smith, Lykke Li, The Black Lips, Iggy Pop, Florence and the Machine e Red Hot Chili Peppers.
Esse é o oitavo longa de Malick, um dos mais cultuados diretores do momento, conhecido pelo sucesso de “A Árvore da Vida” e “Além da Linha Vermelha”.

442_scr_1

Dias 12 e 13 de agosto, às 11 horas
Monsieur e Madame Adelman, de Nicolas Bedos
Logo após o enterro de seu marido, um grande e premiado escritor francês, Sarah Adelman concede uma entrevista a um jornalista prometendo contar absolutamente tudo sobre os anos que passou ao lado do gênio consagrado.
O que se vê então nessa comédia dramática é uma narrativa de fracasso de um relacionamento amoroso, de uma forma muito contemporânea.
A personagem Sarah Adelman é o ponto alto do filme, vivida pela atriz Doria Tillier, que assina o roteiro em parceria com o diretor Nicolas Bedos. Bedos. Aliás Bedos também está no filme como ator, ele é Victor Adelman, o escritor morto.
Monsieur e Madame Adelman é um filme cheio de surpresas, reviravoltas e boas risadas, principalemnte quando se fala a respeito das regras e colaborações complicadas que os casais desenvolvem entre si — e ponha-se complicação nisso.

JUILLET AOUT_PHOTO4

Dias 19 e 20 de agosto, às 11 horas
Julho Agosto, de Diastème
Escrito e dirigido pelo cineasta francês Diastème, Julho Agosto é um delicado retrato sobre a juventude e a realidade no relacionamento de pais e filhos, exibindo a rica fauna de sentimentos dos personagens.
Julho Agosto é uma comédia dramática que conta a história de 2 irmãs adolecentes, filhas de pais separados, que precisam passar metade das férias com a mãe e a outra metade com o pai, vivenciando emoções e realidades muito divergentes.
Transitando por dois mundos quase opostos elas vão descobrir o verdadeiro significado da palavra família.

slide_avida2-800x555

Dias 26 e 27 de agosto, às 11 horas
A Vida de Uma Mulher, de Stéphane Brizé
Neste belíssimo drama, Brizé conta a história de uma mulher burguesa do século XIX, que vive oprimida e sufocada por uma sociedade extremamente conservadora e machista.
Este drama gira em torno de Jeanne, uma jovem que volta para casa após completar os estudos e passa a ajudar os pais nas tarefas do campo. Ela se apaixona pelo visconde Julien de Lamare e se casa com ele.
Porém logo Julien se mostra infiel, avarento e nada companheiro, o que vai minando a alegria de viver de Jeanne. Condenada a suportar um casamento fracassado, ela ainda suportaria mais tarde a desconsideração por parte dos filhos.

12489387_939768412743183_3908654772296939577_o

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

cinema argentino
MoviecomarteProgramação

Programação de Julho no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 27 de junho de 2017 0 Comentários

A programação de julho no Moviecom Arte faz uma homenagem ao cinema argentino. Dos cinco filmes selecionados para este mês, três são magníficas produções de nossos hermanos. E tem também um curta, em sessão gratuita, feita por artistas de Jundiaí. O Moviecom Arte é um programão para as férias, mesmo que você não esteja em férias.

argentina-carlos-saura-zonda

DIAS 01E 02 DE JULHO – 11HORAS
ARGENTINA, de Carlos Saura

Zonda é o nome de um vento que sopra no noroeste da Argentina e traz o icônico diretor espanhol Carlos Saura para uma viagem à cultura e folclore da terra de Gardel.
Em “Argentina”, Saura vai muito além do tanto e se volta para outras expressões musicais e danças dos nossos hermanos como a zamba, chacarera, chacarita e o chamame. E nessa diversidade de ritmos do folclore argentino, ele nos leva a conhecer a rica e multifacetada cultura andina.
A paixão de Saura pela música e pela dança, deu ao diretor uma nova vida depois dos filmes engajados e de protesto do período Franco. Entre suas muitas obras primas desta nova fase estão “El Amor Brujo” (1986), “Ay Carmela” (1990), “Tango” (1998) e os impressionantes “Goya em Bordéus” (1998) e “Salomé” (2003).
“Argentina” é um documentário que mescla passado, presente e futuro para se aprofundar no folclore argentino, rendendo homenagens a verdadeiras lendas como Mercedes Sosa, Pedro Aznar, Soledad Pastorutti e Luis Salinas.

19512535_1879665122281193_1278834355_n

DIA 08 DE JULHO – 10H30 – SESSÃO GRATUITA DO CURTA
CURTA EM CORTE, de Ramones S. Romao

Quais as dificuldades para produzir um filme em uma cidade do interior? Alice é um cineasta independente que, entre baixo orçamento e problemas com politicas públicas, ela luta para realizar seu primeiro filme.
Venha prestigiar o trabaho de artistas de Jundiaí neste curta divertido e verdadeiro que conta com a participação de Julia Rissi, Mayara Terra, Claudio de Albuquerque, Cadu Gouvea, Luiz de Oliveira, Tai Montana, Paloma Miranda, Letícia Nogueira, entre outros.

legrandjo_f03cor_2016111802

DIAS 08 E 09 DE JULHO – 11horas
O GRANDE DIA, de Pascal Plisson

O diretor francês Pascal Plisson faz uma releitura de seu trabalho anterior “A Caminho da Escola” (2013), contando a história de quatro jovens lutando para superar as adversidades em localidades distintas do mundo, buscando a realização de seus sonhos, simbolizados pelo sucesso em atividades que possam lhes garantir, bem como para suas famílias, uma melhor condição de vida.
Em Cuba, Albert deseja entrar para a Academia de Boxe de Havana e se tornar um campeão olímpico. Já na Índia, Nidhi estuda com afinco para ser selecionada pelo programa Super 30 e ter a oportunidade de cursar uma faculdade de tecnologia. No Parque Nacional de Queen Elizabeth, em Uganda, Tom disputa uma vaga para guarda florestal. Por fim, na Mongólia, acompanhamos a pequena Deegii, que treina incansavelmente para se tornar uma contorcionista.

Degrade1

DIAS 15 E 16 DE JULHO – 11HORAS
DÉGRADÉ, de Arab Nasser e Tarzan Nasser

Um dia de verão na Faixa de Gaza. Hoje, a energia elétrica está ligada. O salão de beleza da Christine está cheio de mulheres: uma noiva, uma grávida, uma religiosa, uma divorciada amargurada e uma viciada em remédios tarja preta. O dia de lazer é interrompido quando tiros irrompem do outro lado da rua. Uma família do submundo do crime roubou o único leão do zoológico de Gaza, e o grupo terrorista Hamas decidiu que chegou a hora de acertar as velhas contas. Presas no salão, com a perspectiva de morte cada vez mais próxima, as mulheres se perguntam: Como será o fim desse dia?
Exibido na 38ª Mostra de Cinema de São Paulo, o primeiro longa dos palestinos Arab e Tarzan Nasser é a representação condensada de uma sociedade, unificando a individualidade e a coletividade, em uma metáfora sobre o isolamento e o cárcere impostos aos palestinos pelos Árabes.

20170511133732942199o

DIAS 22 E 23 DE JULHO
O CIDADÃO ILUSTRE, de Gastón Duprat e Mariano Cohn

Daniel Mantovani (Oscar Martínez), um escritor argentino e vencedor do Prêmio Nobel, radicado há 40 anos na Europa, volta à sua terra natal, ao povoado onde nasceu e que inspirou a maioria de seus livros, para receber o título de Cidadão Ilustre da cidade – um dos únicos prêmios que aceitou receber. No entanto, sua ilustre visita desencadeará uma série de situações complicadas entre ele e o povo local.
Premiado em Canes, Veneza e na Espanha, “O Cidadão Ilustre” ganhou também o reconhecimento do público argentino, foi a maior bilheteria do ano. O filme traz um olha crítico e abrangente do país, nessa comédia quase perversa.

62i5jhz3vnoz0un5w92lq79sf

DIAS 29 E 30 DE JULHO
NEVE NEGRA, de Martín Hodara

Ricardo Darin, por si só, já é um aval para qualquer filme. Seu nome nos créditos é o que basta para atrair cinéfilos que prezam por filmes de qualidade onde um bom roteiro, uma boa direção e grandes atores fazem a receita do bolo.
Famoso por suas escolhas, mais uma vez Darin acertou. Neste suspense do diretor Martin Hodara, Ricardo Darín é um caçador que vive isolado do mundo nas colinas geladas da Patagônia. Sozinho há décadas, ele recebe a inesperada visita do irmão e de sua namorada. O objetivo dos dois é que Salvador aceite vender as terras que os irmãos receberam em herança, algo que ele não está nem um pouco disposto em fazer.
O incrível é que o personagem de Darin neste filme não é o principal mas mesmo como coadjuvnte, ele é o centro da trama. Imperdível.

12489387_939768412743183_3908654772296939577_o

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

344269-jairo-julio-machado-vai-morrer-600x315-3
MoviecomarteProgramação

Moviecom Arte Programação Junho

Postado porTemperos de Cinema 30 de maio de 2017 0 Comentários

O Moviecom Arte de Junho traz uma programação super quente e convidativa. Quatro filmes escolhidos a dedo pela produtora Fátima Augusto entre as mais aclamadas estreias recentes do circuito cult.

januc3a1rio-rc3b4mulo-braga-joaquim-julio-machado-e-mathias-nuno-lopes-copyright-rec-produtores-and-ukbar-filmes-840x555

DIAS 03 E 04 DE JUNHO – 11 HORAS

JOAQUIM
O badalado longa nacional, dirigido por Marcelo Gomes , aborda a história de Tiradentes não pelo viés heróico e sim pelo lado humano do mito , mergulhando nas emoções e sentimentos que o levaram a construir uma consciência humana acerca das estruturas políticas e sociais vividas no Brasil colonial.
“Joaquim” é uma jornada humanizante e poética do grande mártir da Inconfidência Mineira, tirando-o do pedestal e trazendo-o para perto do momento presente e questionando a própria história.
Rico em singelezas, belas paisagens e a interpretação irretocável do ator Julio Machado, “Joaquim” foi selecionado para concorrer ao Urso de Ouro no Festival de Berlim e agora estará aqui no Moviecom Arte, nos dias 03 e o4 de junho, às 11 horas, com a presença do ator jundiaiense Julio Machado.
Não recomendado para menores de 16 anos

Clash1

DIAS 10 E 11 DE JUNHO – 11 HORAS

CLASH

Imagine um filme que se passa dentro de um camburão e consegue ser um filme ágil, impactante e com muitos momentos de climax. Esse é “Clash”, assim é Clash, drama egípcio dirigido por Mohamed Diab, que prende nossa atenção do começo ao fim narrando sob um aspecto muito original os conflitos que tomaram as ruas do Cairo em 2013.
“Clash” é uma obra de ficção mas retrata perfeitamente o momento de confronto entre integrantes da Irmandade Muçulmana e manifestantes pró-Exército, durante o golpe militar que derrubou o entã presidente Mohamed Morsi. Na trama, manifestantes das duas partes são presos no mesmo camburão e se confrontam.
“Clash” concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e é a atração dos dias 10 e 11 de junho no Moviecom Arte.Não recomendado para menores de 14 anos

facesdeumamulher
DIAS 17 E 18 DE JUNHO – 11 HORAS

AS FACES DE UMA MULHER

A história de cinco mulheres diferentes que, na verdade, são todas a mesma mulher. Essa é a proposta do diretor Arnaud des Pallières em “As Faces de Uma Mulher”, para falar do vasto e complicado universo feminino.
A trama, sem uma sequência cronológica, ressalta múltiplos aspectos da condição feminina, tais como exploração, submissão, abandono e abusos. A trama fica ainda mais intrigante com as repetições de figuras masculinas estabelecendo um link entre as diferentes histórias.
Assim como tantas outras mulheres, a personagem principal é uma mulher que conviveu desde sempre com a violência e os traumas que marcaram seu passado ou suas outras vidas.
“As Faces de Uma Mulher ” estará no Moviecom Arte nos dias 17 e 18 de Junho.

289301
DIAS 24 E 25 DE JUNHO – 11 HORAS

MELHORES AMIGOS

Filmes sobre amizade entre adolescentes não é nenhuma novidade mas o diretor Ira Sachs, em mais uma parceria bem sucedida com o roteirista brasileiro Mauricio Zacharias, cria em “Melhores Amigos” usa o tema para uma trama leve mas que fala de assuntos pesados.
A amizade dos garotos Jake e Tony centraliza conflitos diversos do mundo dos adultos, no caso os pais deles, que envolvem a frustração de um homem e a teimosia de uma mulher desesperada, ambos lutando contra seus fantasmas.
Apesar de tudo os dois vão vivendo suas vidas e passando pelas experiências como o primeiro amor, a busca pela vocação e as dificuldades de entendimento entre gerações distintas.
“Melhores Amigos” é o filme do Moviecom Arte nos dias 24 e 25 de junho, sempre às 11 horas.

12489387_939768412743183_3908654772296939577_o

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

penci slider cdr12
MoviecomarteProgramação

Em Maio no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 1 de maio de 2017 0 Comentários

A seleção de filmes para o mês de maio no Moviecom Arte está especialíssima. Começamos o mês com um filme brasileiro, do diretor radicado em Jundiaí Marcelo Muller. Em seguida temos um dos melhores filmes do ano, inspirado na vida da poetisa Emily Dickinson. No terceiro final de semana do mês, vem o ganhador do Ceaser 2017 de melhor filme do ano.  E fechando essa programação teremos o encontro de duas irmãs com supostos poderes sobrenaturais com a indústria cinematográfica na década de 40.

061467

DIAS 06 E 07 DE MAIO, ÀS 11 HS.

EU TE LEVO
Radicado em Jundiaí, o diretor Marcelo Muller assina a direção deste drama que conta a história de Rogério, um cara caladão, que gosta de rock e mora com a mãe no interior de São Paulo. Seu pai morreu há poucos dias, deixando um negócio para administrar e gerando no filho uma necessidade, adiada há anos, de resolver o que fazer de sua vida. Rogério precisa declarar uma tardia independência, e, paralisado pela ideia de assumir responsabilidades, resgata um sonho de infância: entrar no Corpo de Bombeiros. No elenco: Rosi Campos, Anderson di Rizzi e Giovanni Gallo.

alemdaspalavrasDIAS 13 E 14 DE MAIO

ALEM DAS PALAVRAS
Em uma atuação excepcional Cintia Dickinson vive a grande poetisa americana Emily Dickinson no deslumbrante filme do diretor inglês Terence Davies. O filme conta a trajetória de Emily Dickinson desde os primeiro dias como uma jovem estudante até seus últimos anos como uma artista reclusa e quase irreconhecida. Uma mulher tímida, mas com ótimo senso de humor e amizades intensas. Emily escrevia praticamente um poema por dia, porém, apenas parte da sua obra foi publicada em vida.

Fatima-1-1-1280x640

DIAS 20 E 21 DE MAIO

FÁTIMA
Ganhador do Cesar 2017 de Melhor Filme, Fatima, de Philippe Faucon, conta a história de uma empregada doméstica que cria sozinha as duas filhas: Souad, de 15 anos, adolescente rebelde; e Nesrine, de 18 anos, começando os estudos de medicina. Ela não fala bem francês, o que frustra sua comunicação com as filhas, mas ainda assim ambas são a razão para que ela siga em frente. Um dia, em seu emprego como empregada doméstica, ela cai de uma escada. Convalescendo, escreve em árabe tudo o que nunca conseguiu dizer às filhas em francês.

590005.jpg-r_640_360-f_jpg-q_x-xxyxx

DIAS 27 E 28 DE MAIO

ALÉM DA ILUSÃO
A diretora francesa Rebecca Zlotowski nos transporta para a Paris, de 1943, neste filme sobre irmãs Laura (Natalie Portman) e Kate Barlow (Lily-Rose Depp) que realizam apresentações conversando com os mortos. Fascinado com a possibilidade, o produtor francês André Korben (Emmanuel Salinger) solicita uma sessão particular. Decidido a encontrar um meio de filmar seres sobrenaturais, ele apresenta o cinema às irmãs. Enquanto Laura experimenta a possibilidade de se tornar atriz, Korben realiza seguidas gravações ao lado de Kate, que possui poderes mediúnicos.

12489387_939768412743183_3908654772296939577_o

 

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

 

 

 

 

144577
MoviecomarteProgramação

EU, DANIEL BLAKE, No Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 4 de abril de 2017 0 Comentários

“EU, DANIEL BLAKE”, de Ken Loach, é o filme do próximo final de semana no Moviecom Arte.
Super premiado, este filme ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017, o Prêmio BAFTA de Melhor Filme Britânico e o César de Melhor Filme Estrangeiro, entre muitos outros prêmios. “Eu, Daniel Blake”, é considerado um dos melhores da temporada, pela crítica e pelo público.
E em tempos onde tanto se fala sobre a previdência social no Brasil, este filme é uma boa reflexão sobre o assunto.

blake
Trata-se de um drama que conta a história de um homem analfabeto que, após sofrer um ataque cardíaco, tenta receber o auxílio a que tem direito pelas leis trabalhistas, mas se vê obrigado a enfrentar um terrível esquema burocrático. No meio de todo esse processo ele conhece uma mulher solteira e mãe de duas crianças, também brigando com o sistema. Eles se aproximam e passam a se ajudar mutuamente.
“Eu, Daniel Blake” é considerado também um dos melhores filmes do veterano Ken Loach, famoso por seus filmes com dramas sociais repletos de romantismo e com um refinamento de imagens sem igual.
Venha conferir este grande filme nos dias 08 e 09 de abril, sempre às 11horas, no Moviecom Arte.

Ficha Técnica
Título: “Eu, Daniel Blake
Título Original: I, Daniel Blake
Direção: Ken Loach
Género: Drama
Com: Dave Johns, Hayley Squires e Sharon PercyPaíses de Origem: França, Reino Unido e Irlanda do Norte
Distribuição: Imovision

Ken Loach