Autor

Temperos de Cinema

Receita da semanaReceitasTemperos

Feijoada Temperos de Cinema

Postado porTemperos de Cinema 14 de setembro de 2018 0 Comentários

Seguindo no mês de homenagem ao cinema e à culinária brasileira, o Temperos de Cinema traz esta semana uma receita de feijoada.
Um dos pratos mais tradicionais da nossa gastronomia tem sua origem nos pratos preparados pelos escravos e ganhou muitas versões em cada uma das regiões do país.
A grande verdade é que nunca existiu uma receita definitiva de Feijoada e cada um pode ter a sua. Mas a receita da chef Sandra Romansini é muito especial.
Veja o vídeo:

Receita de Feijoada Temperos de Cinema

INGREDIENTES

500 g de feijão-preto
200 g de carne-seca
100 g de pé de porco dessalgado
100 g de orelha de porco dessalgada
200 g de paio
200 g de linguiça calabresa
200 g de costela de porco
150 g de bacon
1 cebola picada
1 dente de alho picado
2 colheres (sopa) de cheiro verde picado
Folhas de louro a gosto
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
azeite a gosto
MODO DE PREPARO

1. Numa peneira, lave o feijão.

2. Corte a carne-seca em pedaços, retire e despreze as gorduras, e coloque num recipiente. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água a cada 3 horas.

3. Corte o bacon em cubos grandes. Separe uma pequena parte para o refogado e corte em pequenos pedaços. Para cortar a costela de porco em pedaços, apóie a costela sobre uma tábua e deixe a parte dos ossos virada para cima. Com uma faca afiada, corte a carne seguindo a linha entre os ossos. Reserve.

4. Escorra a água da carne-seca e coloque a carne numa panela. Cubra com água fria e leve ao fogo para ferver. Ao ferver, escorra a água e cubra novamente com água fria. Leve novamente ao fogo e espere ferver. Escorra a água e reserve.

5. Escorra a água do feijão e coloque-os numa panela grande. Cubra os feijões com bastante água e leve ao fogo alto para ferver. Coloque o louro.

6. Ao ferver, abaixe o fogo coloque e a carne-seca. Após 30 minutos, os miúdos de porco e cozinhe por 30 minutos, adicione as costelinhas reservadas. Após mais 30 minutos, acrescente a carne defumada. Em seguida, adicione as lingüiças inteiras e o bacon. Deixe cozinhar por mais 90 minutos ou até que as carnes e o feijão fiquem macios.

7. Pique a cebola, o alho e o cheiro-verde. Leve uma frigideira grande ao fogo baixo, regue com um pouco de azeite e adicione o bacon picado. Em seguida, junte a cebola e refogue por 2 minutos. Acrescente o alho e refogue por mais 1 minuto. Coloque o cheiro-verde, o cominho, o colorau, a pimenta-malagueta picada e mexa bem.

8. Pegue uma concha de feijão macio, sem o caldo, de dentro da feijoada e coloque sobre um prato. Amasse com um garfo, formando uma papa. Coloque a papa de feijão na frigideira com o refogado e mexa bem. Se for preciso, acrescente um pouco de caldo.

9. Transfira o refogado com a papa para a panela da feijoada, misture e deixe cozinhar por mais alguns minutos. Prove a feijoada e verifique se precisa acrescentar sal e pimenta.

10. Retire as lingüiças de dentro da panela e coloque-as sobre uma tábua. Corte as lingüiças em fatias finas e coloque as rodelas na panela da feijoada. Espere a feijoada aquecer e sirva em seguida. 1

11. Para acompanhar, sirva com arroz branco, couve refogada, farofa e laranja.

Receita da semanaReceitasTemperos

Um Cardápio em Homenagem ao Cinema Brasileiro

Postado porTemperos de Cinema 10 de setembro de 2018 0 Comentários

Em Setembro, o Temperos de Cinema faz uma homenagem ao Cinema Brasileiro. Ao invés de focarmos em um único filme, vamos homenagear o Cinema Nacional como um todo.
E é claro que o nosso cardápio segue essa inspiração e a chef Sandra Romansini, com muitas receitas na cabeça e os ingredientes á mão, nos ensina a preparar receitas bem brasileiras, dando seu toque pessoal a cada uma delas.
O primeiro prato deste cardápio é uma couve refogada e uma farofa para acompanhar uma boa feijoada, como foi a do Temperos de Cinema realizada recentemente no Espaço Brunholi.
Veja as dicas da nossa chef neste vídeo:

Receita de Couve com Bacon
Ingredientes:

2 mcs de couve lavadas e fatiadas finamente
20 gramas se manteiga
1 fio de azeite
15 gramas de alho
100 g de bacon frito
Sal agosto

Preparo:
Em uma frigideira adicione o azeite a manteiga a o bacon, deixe dourar, em seguida coloque a couve e refogue rapidamente. Reserve.

Farofa de bacon e cebola
Ingredientes:

200 g de bacon em cubos
50g de cebola fatiada em Julienne
15 g de alho picadinho
1 colher de salsinha picadinha
100 g de farinha de mandioca crua
100 g de farinha de mandioca temperada

Preparo:

Em uma panela adicione o azeite e a manteiga derreta, frite a cebola a te dourar bem e ficar crocante, escorra, retire e reserve.
Usando a mesma frigideira coloque o bacon e doure bem. Junta o alho e a cebola, doure, coloque as farinhas de mandioca e acrescente e cebola dourada. Mexa bem até incorporar todos os ingredientes, no final desligue ei fogo coloque a salsinha e mexa.
Sirva com a feijoada acompanhada de couve, laranja.
Uma delicia!

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Os 50 São Os Novos 30, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 6 de setembro de 2018 0 Comentários

Em uma comédia de ficção cheia de realidade a diretora francesa Valérie Lemercier brinca com “tragédias” típicas do mundo das adultos como o fim de um casamento, perder o emprego e voltar a morar com os pais.


“Em Os 50 São Os Novos 30”, além de dirigir Valérie Lemercier interpreta a personagem principal da trama, Marie-Francine, uma mulher que aos 50 anos está muito velha para o seu emprego e também para o marido, que a troca por uma mulher mais nova.

Ela volta a morar na casa dos pais, que a tratam de forma infantilizada, e começa a trabalhar em uma pequena loja de cigarros eletrônicos, conhece Miguel (Patrick Timsit), que está na mesma situação que ela.
Com a paixão emergente, eles precisam abrigar o novo amor mas nenhum dos dois tenha uma casa própria.
Esta comédia hilária, romântica e bem realista é o filme da semana no Moviecom Arte. O filme será exibido nos dias 08 e 09 de setembro às 11 horas e no dia 11 de setembro às 14 horas.

Ficha Técnica
Título no Brasil: 50 São os Novos 30
Título original: Marie-Francine
Gênero: Comédia romantica
Duração: 95 min
Estreia no Brasil: 28 de Junho de 2018
País: França
Diretor: Valérie Lemercier
Roteirista: Valérie Lemercier Sabine Haudepin
Elenco: Valérie Lemercier, Patrick Timsit, Hélène Vincent, Philippe Laudenbach, Denis Podalydè,s Nadège Beausson, Diagne Marie Petiot, Anna Lemarchand, Simon Perlmutter, Géraldine Martineau, Loïc Legendre, Danièle Lebrun, Patrick Préjean, Pierre Vernier, Philippe Vieux, Clara Simpson, Marie Barraud e Salim Torki.
Distribuição: CineArt

Receita da semanaReceitasTemperos

Tarte Tartin (Torta de Maça)

Postado porTemperos de Cinema 1 de setembro de 2018 0 Comentários

Fechando o cardápio especial inspirado no filme “Casablanca” apresentamos a sobremesa, um delicioso Tarte Tartin, uma torta de maçã. Uma sobremesa doce feita com o “fruto proibido”, assim como o amor dos personagens interpretados por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman.

INGREDIENTES
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
100 g de manteiga gelada em cubos
1 colher (sopa) de açúcar
1 pitada de sal
1 a 3 colheres (sopa) de água gelada

MODO DE PREPARO
1. Corte a manteiga em cubinhos de cerca de 1 cm. Se não for usar imediantamente, volte à geladeira. É importante que eles estejam gelados para que o resultado seja uma massa crocante.
2. Numa tigela, coloque a farinha, o açúcar, o sal e misture bem.
3. Junte os cubos de manteiga e misture com as mãos, rapidamente, sem desmanchar completamente a manteiga.
4. Adicione uma colherada de água gelada por vez, conforme a necessidade, e misture apenas até conseguir formar uma bola. (Evite trabalhar demais a massa, pois ela acaba ficando menos crocante. O segredo é deixar pontinhos de manteiga aparentes, sem serem incorporados à farinha).
5. Faça uma bola e embrulhe a massa com filme. Leve à geladeira por 2 a 24 horas, o que for melhor para você.

Recheio de Maçãs
INGREDIENTES
6 maçãs verdes
½ limão
120 g de manteiga
1 ¼ xícara (chá) de açúcar
canela em pó a gosto

MODO DE PREPARO
1. Com uma faquinha afiada, descasque as maçãs e retire as sementes. Corte a maçã (na vertical) em 4 partes e regue com o suco de ½ limão.
2. Numa panela, coloque o açúcar e a manteiga e leve ao fogo médio. Deixe a mistura escurecer um pouco. Em seguida, baixe o fogo e coloque as maçãs.
3. Deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, ou até que as maçãs sejam facilmente perfuradas com a ponta de uma faca. Desligue o fogo.
4. Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média).
5. Numa fôrma redonda antiaderente, distribua as maçãs sem deixar folgas, formando uma escama. Regue com o restante da calda que ficou na panela. Polvilhe um pouco de canela em pó.
6. Retire a massa da geladeira. Com um rolo de macarrão, abra a massa numa superfície enfarinhada, até ficar um pouco maior que a fôrma. Coloque a fôrma sobre a massa para medir e aproveite para cortar os excessos de massa com uma faquinha, deixando um margem de pelo menos 1 cm.
7. Com cuidado, dobre a massa na metade duas vezes (formando ¼ de disco). Coloque a massa sobre as maçãs, num canto da fôrma, e desdobre cobrindo toda a superfície.
8. Com a ajuda de um garfo, force as bordas da massa para baixo (lembre-se de que a torta será virada depois de assada).
9. Leve a torta ao forno preaquecido e deixe assar por 50 minutos ou até que a massa fique dourada.
10. Retire a torta do forno e deixe esfriar um pouco.
11. Para desenformar a torta, coloque um prato sobre a fôrma, segure bem e vire de uma vez. Se a torta não desenformar de imediato, dê alguns soquinhos na fôrma. Não deixe a torta esfriar muito, pois você corre o risco de ela ficar grudada na fôrma. Neste caso, e só em último caso, aqueça um pouquinho a torta em fogo baixo e repita a operação.
Sirva a seguir.

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

O Orgulho, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 31 de agosto de 2018 0 Comentários

“O Orgulho” é o sexto longa dirigido pelo franco-israelense Yvan Attal e aborda temas como a intolerância e o poder das palavras, de forma leve e com algumas pitadas de humor.

Este filme rendeu a Neïla Salah o César de Melhor Atriz Revelação por sua interpretação da personagem Camélia Jordana, uma cabeleireira do subúrbio de Paris que quer ser advogada e desde o primeiro dia de aula na universidade entra em confronto com um professor veterano arrogante, preconceituoso, alcoolotra e famoso por seus ataques explosivos.
Filmado pelos alunos fazendo comentários extremamente grosseiros e racistas, ele é desafiado a preparar Neïla para vencer um concurso acadêmico de retórica em troca de uma segunda chance de seus superiores.
As diferenças são muitas, assim como é enorme a quantidade de ensinamentos que um pode oferecer ao outro mas há muitas barreiras ente eles a serem vencidas.


“O Orgulho” é o filme que abre a programação de Setembro do Moviecom Arte e será exibido nos dias 01 e 02 às 11 horas e no dia 04 às 14 horas no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí.

Ficha Técnica

Título original: Le Brio
Nacionalidades: França, Bélgica
Gêneros: Comédia, Drama
Ano de produção: 2017
Estréia: 19 de julho de 2018 (Brasil)
Duração: 1h 37min
Classificação: 12 anos
Direção: Yvan Attal
Elenco: Abderahmane Cherif, Ayman Rahoui, Camélia Jordana, Damien Zanoli, Daniel Auteuil, Eddy Suiveng, Fahmi Guerbaa, Guillaume Duhesme, Jean-Baptiste Lafarge, Jean-Philippe Puymartin, Nassim Si Ahmed, Nicolas Vaude, Nozha Khouadra, Olivier Adler, Paulette Joly, Philippe Houillez, Randa Berrouba-Tani, Virgil Leclaire, Yasin Houicha, Zohra Benali
Roteiro: Victor Saint Macary, Yaël Langmann, Yvan Attal, Noé Debré, Bryan Marciano
Produção: Jonathan Blumental, Serge de Poucques, Benjamin Elalouf, Sylvain Goldberg, Nadia Khamlichi, Adrian Politowski, Dimitri Rassam, Ardavan Safaee, Jérôme Seydoux, Gilles Waterkeyn
Trilha sonora: Michael Brook
Direção de fotografia: Rémy Chevrin
Edição: Célia Lafitedupont
Design de produção: Michèle Abbé-Vannier
Figurino: Carine Sarfati
Distribuição: Pandora Filmes

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Programação de Setembro no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 31 de agosto de 2018 0 Comentários

Setembro marca a chegada da primavera com dias mais quentes, mais iluminados e mais coloridos e a programação do Moviecom Arte traz as mais finas flores da estação na Sétima Arte. Uma seleção de filmes lançados recentemente feita especialmente para você que é apaixonado por cinema.

DIAS 01, 02 E 04 DE SETEMBRO
Título : O ORGULHO
Direção: Yvan Attal
Este filme rendeu a Neïla Salah o César de Melhor Atriz Revelação por sua interpretação da personagem Camélia Jordana, uma moradora do subúrbio de Paris que quer ser advogada e desde o primeiro dia de aula na universidade entra em confronto com um professor veterano arrogante, preconceituoso e famoso por seus ataques explosivos. Filmado pelos alunos fazendo comentários extremamente grosseiros e racistas, ele é desafiado a preparar Neïla para vencer um concurso acadêmico de retórica em troca de uma segunda chance de seus superiores. As diferenças são muitas, assim como é enorme a quantidade de ensinamentos que um pode oferecer ao outro mas há muitas barreiras ente eles a serem vencidas.
‘O Orgulho’ do diretor franco-israelense Yvan Attal, aborda a intolerância e o poder das palavras.

DIAS 08, 09 E 11 DE SETEMBRO
Título : OS 50 SÃO OS NOVOS 30
Direção: Valérie Lemercier
Uma comédia de ficção cheia de realidade. A francesa Valérie Lemercier dirige e atua em “Os 50 São Os Novos 30”, onde ela interpreta Marie-Francine, uma mulher que aos 50 anos está muito velha para o seu emprego e para o marido, que a troca por uma mulher mais nova. Ela volta a morar na casa dos pais, que a tratam de forma infantilizada, e começa a trabalhar em uma pequena loja de cigarros eletrônicos, onde finalmente conhecerá Miguel (Patrick Timsit). Sem admitir, ele está na mesma situação que ela. Com a paixão emergente, eles precisam abrigar o novo amor sem que nenhum dos dois tenha uma casa própria.


DIAS 15, 16 E 18 DE SETEMBRO
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL NO DIA 15 – ANIVERSÁRIO DO MOVIECOMARTE
Título : CAFÉ
Direção: Cristiano Bortone
Neste filme o diretor e roteirista italiano Cristiano Bortone conta três histórias em diferentes lugares do mundo, todas ligadas por um elemento simbólico: O café.
Na Bélgica, durante um tumulto, a loja de Iraqi Hamed (Hichem Yacoubi) é saqueada. Seu precioso pote de café é roubado e ao descobrir o responsável ele decide fazer justiça com as próprias mãos. Na Itália, Renzo (Dario Aita), apaixonado barista, se envolve no roubo de uma fábrica e as coisas saem do controle. Na China, Ren Fei (Fangsheng Lu), gerente bem-sucedido, é designado para cuidar de fábrica que ameaça poluir um vale em Yunnan, bela região na fronteira com o Laos.
As tramas vão se alternando ao longo do filme sem confundir o público. A sequência cronológica permite acompanhar cada uma das histórias com a mesma intensidade e envolver-se nas respectivas situações e conflitos. Com um certo tom de suspense em certos momentos, a obra constitui um drama que assim como a bebida pode ser um pouco amargo mas é prazeroso no final.

DIAS 22, 23 E 25 DE SETEMBRO
Título : TROCA DE RAINHAS
Direção: Marc Dugain
O diretor francês Marc Dugain traz o livro de Chantal Thomas para uma produção suntuosa, que recria em detalhes a vida na corte francesa do século XVIII.
A trama se passa em 1721. Para manter a paz entre França e Espanha após anos de guerra, o Regente do Reino da França, Philippe d’Orléans (Olivier Gourmet), propõe uma troca de princesas que resulta no noivado do rei da França, Louis XV com Anna Maria Victoria, então com 11 e 4 anos respectivamente; e do príncipe herdeiro Louis com Louise-Elisabeth d’Orleans, com 11 e 12 anos respectivamente. A chegada das jovens princesas ameaça os jogos de poder na Corte.

DIAS 29 E 30 DE SETEMBRO e 02 DE OUTUBRO
Título : EGON SCHIELE
Direção: Dieter Berner
Talvez voc~e nunca tenha ouvido falar de Egon Schiele, apesar da sua importância para o mundo das artes. Sua vida foi bem curta (morreu com apenas 28 anos, há exatamente um século – em 31 de outubro de 1918) mas ele não passou por este mundo sem fazer barulho. Seu trabalho fortemente marcado pelo erotismo, ainda hoje é tido como pornográfico mas na época foi perseguido e renegado, transformando-o em um artista maldito e ao mesmo tempo uma celebridade, um pop star com seguidores fervorosos.
Em “Egon Schiele: Morte e a Donzela”, o diretor austríaco Dieter Berner faz um interessante estudo sobre o artista, sua vida e obra ambas tão emblemáticas, que até hoje provoca grandes controvérsias.

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

Extras

4ª Feijoada Com Temperos De Cinema

Postado porTemperos de Cinema 30 de agosto de 2018 0 Comentários

No último domingo aconteceu mais uma edição da Feijoada com Temperos de Cinema, desta vez no Espaço Brunholi, um dos mais famosos da cidade.
Reunindo muitos amigos cinéfilos e apreciadores de uma boa gastronomia, em torno de uma causa solidária, o evento foi um sucesso que você pode comprovar pelos números:


– 4 é o número de vezes que aconteceu a Feijoada com Temperos de Cinema, que já se tornou tradição em Jundiaí.
– 270 é o número de pessoas presentes no evento que aconteceu em 27 de agosto.
No Buffet comandado pela chef Sandra Romansini:
– 25 kg. de feijão,
– 25 kg. de costela defumada,
– 25 kg. de paio,
– 25 kg. de calabresa,
– 15 kg. de pé e orelha de porco,
– 40 kg. de torresmo,
– 1300 coxinhas,
– 1300 croquetes,
– 25 kg. de lingüiça toscana
– 40 kg. de couve


E mais:
– 240 minutos de samba de raiz, da Banda Expressão Popular,
– 25 brindes cedidos pelo Empório Ballardim, Schiavan, Moviecom, Graal 56 e Iberoquímica.


E tudo isso resultou em:
– 78 Cestas Básicas, para o Grupo Faz Bem Fazer o Bem.
A todos só nos resta dizer:
– 1.000 vezes obrigado!
Contamos com vocês novamente no ano que vem.

Mais fotos no nosso Facebook (clique aqui).

Receita da semanaReceitasTemperos

Brochette de Carne e de Camarão

Postado porTemperos de Cinema 24 de agosto de 2018 0 Comentários

“Sempre teremos Paris” é uma das frases icônicas do filme “Casablanca”. E parte da história se passa na França. Por isso a receita desta semana no Temperos de Cinema são Brochettes de carne e camarão.
No melhor estilo francês, o brochete remonta aos primórdios da civilização européia, em uma evolução do hábito primitivo de colocar para assar pedaços de carne enfiados em um espeto.
A chef Sandra Romansini nos ensina a preparar brochettes de carne e camarão em uma combinação perfeita de sabores e texturas. Veja o vídeo:

Receita de
Brochettes de Carne

Ingredientes:

600 g de Filet mignon cortado em cubos de 3 cm
100 g de pimentão verde cortado em cubos de 3 cm
100 g de pimentão vermelho em cubos de 5 cm
150 g de abobrinha em cubos de 5 cm
Sal a gosto
Pimenta Siria a gosto
Pimenta do reino a gosto
100 ml azeite
50 ml de molho Tahine
5 espetinhos de bambu de 12 cm

Preparo:
Em uma travessa tempere os cubos de carne com sal, as pimentas e o tahine.
Monte os espetinhos alternando a carne com os legumes.
Sirva quente.

Brochette de Camarão

600 g de Camarões
Sal a gosto
Pimenta Siria a gosto
Pimenta do reino a gosto
100 ml azeite
50 ml de molho Tahine
5 espetinhos de bambu de 12 cm

Preparo:
Em uma travessa tempere os Camarões com sal, as pimentas e o tahine.
Monte os espetinhos com 3 unidades de Camarões, deixe marinar por 2 horas. Grelhe em azeite e manteiga de ambos os lados.
Sirva quente.

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Uma Casa À Beira-Mar, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 21 de agosto de 2018 0 Comentários

Os fãs do cinema francês vão adorar. O Moviecom Arte traz esta semana um dos melhores diretores franceses da atualidade e sua mais recente obra.


A idílica paisagem da enseada de Méjean, na França, magnificamente registrada na fotografia de Pierre Millon, é o cenário onde cineasta Robert Guédiguian narra o confronto de 3 irmãos reunidos em torno do leito do pai moribundo no longa “Uma Casa À Beira-Mar”.


É neste contexto que Guédiguian se lança em um profundo estudo de cada personagem que aparece em cena, sem a necessidade de expor problemas e de buscar a redenção entre as partes.
Tudo gira em torno de um drama familiar e do passar do tempo, contudo temas como o racismo e a polêmica questão dos imigrantes, fazem parte deste drama que questiona o lugar do Paraíso nos tempos atuais, bem como do inferno que se encontra dentro de todos nós.

Premiado no Festival de Cinema de Veneza de 2017, “Uma Casa À Beira-Mar” fecha a programação de agosto do Moviecom Arte, e será exibido nos dias 25 e 26 às 11 horas e no dia 28 às 14 horas, no Moviecom Arte do Moviecom Cinemas de Jundiaí.

Ficha Técnica
Título: Uma Casa À Beira-Mar
Título Original: La Villa
Nacionalidade: França
Gênero: Drama
Ano de produção: 2017
Estréia: 12 de julho de 2018 (Brasil)
Duração: 1h 47min
Classificação: 12 anos
Direção: Robert Guédiguian
Elenco: Ariane Ascaride, Jean-Pierre Darroussin, Gérard Meylan, Anaïs Demoustier
Roteiro: Robert Guédiguian, Serge Valletti
Produção: Marc Bordure, Robert Guédiguian
Direção de fotografia: Pierre Milon
Edição: Bernard Sasia
Figurino: Anne-Marie Giacalone
Estúdios: Agat Films & Cie, France 3 Cinéma, Canal+, France Télévisions, Ciné+
Distribuição: Imovision

Receita da semanaReceitasTemperos

Receita de Arroz Marroquino

Postado porTemperos de Cinema 18 de agosto de 2018 0 Comentários

Continuando o cardápio inspirado em “Casablanca”, a receita de hoje é um delicioso Arroz Marroquino, uma explícita homenagem ao Marrocos, cenário do filme.

Receita de Arroz Marrroquino

Ingredientes:
500 g de cebola fatiada finamente
Óleo de girassol

Preparo:
Frite a cebola até que doure até que fique escura mas não queimada
Reserve

Ingredientes do arroz:

1 kg arroz parboilizado
2 kg de peito de frango cozido e desfiado (reserve o caldo)
1 colher de chá de canela em pó
50 ml de óleo de canola
30 g de cebola picadinha
300 g alho picadinho
300 g de amêndoa fatiada
1 folha de louro
1/2 colher de café de pimenta Síria
1 pitada de noz moscada

Preparo:
Em uma panela adicione o óleo, doure o alho e a cebola, coloque a canela e as especiarias, em seguida o arroz e refogue bem adicione o caldo de frango e cozinhe até que fique ao dente. Misture o frango cozido e desfiado e reserve.
Sirva quente.