Autor

Temperos de Cinema

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Limites, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 19 de outubro de 2018 0 Comentários

Por várias razões o cinema independente adora um road movie, histórias que se desenvolvem durante viagens. A cineasta e roteirista norte americana Shana Feste usa vários clichês dos cult movies americanos para construir uma história delicada sobre uma conturbada relação entre pai e filha em “Limite”. E a fórmula dá super certo.


Estrelado por dois grandes nomes do cinema contemporâneo, Christopher Plummer e Vera Farmiga, “Limites” segue a viagem de uma família composta por dois personagens divergentes e conflitantes mas que se completam em essência.
Laura (Vera Farmiga) é uma mulher que busca viver uma vida tranquila e que faz o possível para ajudar as pessoas. Sua bondade e generosidade são colocadas em teste quando ela precisa levar seu pai, Jack (Christopher Plummer), a uma viagem de carro do Texas até a Califórnia.


O pai Jack é uma figura difícil. Ele foi expulso do asilo onde morava por criar uma estufa de mudas de maconha e Laura tem que se desdobrar para encontrar outro lugar para ele. A partir daí, tudo o que ele faz é contar mentiras e enganá-la a fim de entregar seu estoque de drogas por grande parte dos Estados Unidos.


Nesta viagem está também Henry (Lewis MacDougall), filho de Laura. Juntos eles vão aprender da maneira mais confusa e difícil o que significa ser uma família.


Terceiro filme na programação de agosto do Moviecom Arte, “Limites” é um filme despretensioso mas que pode surpreender e encantar..
Ele será exibido neste final de semana no Moviecom Arte, dias 20 e 21 e outubro, às 11 horas. Na terça-feira tem reprise às 14 horas. Não recomendado para menores de 16 anos.

Ficha Técnica
Título: Limites
Título original: Boundaries
Ano: 2018
Gênero: Comédia Drama
País: Canadá, EUA
Direção: Shana Feste
Roteiro: Shana Feste
Elenco: Vera Farmiga, Christopher Plummer, Lewis MacDougall, Bobby Cannavale, Kristen Schaal, Peter Fonda, Christopher Lloyd, Dolly Wells, Yahya Abdul Mateen II, Ryan Robbins.
Trilha sonora: Michael Penn
Direção de fotografia: Sara Mishara
Design de produção: Page Buckner
Direção de arte: Brad Karsgaard
Figurino: Ariana Preece
Distribuição: Sony Pictures Brasil

Receita da semanaReceitasTemperos

Fadada Asturiana

Postado porTemperos de Cinema 19 de outubro de 2018 0 Comentários

Continuando o cardápio inspirado no filme “Volver”, de Pedro Almodóvar, o Temperos de Cinema traz hoje a receita de Fadada Asturiana, um delicioso prato que, como o próprio nome diz, tem sua origem na região das Astúrias, na Espanha.
A receita original é feita com feijão branco mas a chef Sandra Romansini dá sua versão deste prato utilizando grão-de-bico, bisteca de porco e linguiça.
Vamos à receita:

https://www.youtube.com/watch?v=nXyl18mxMD8

 

Receita de Fadada Asturiana

Ingredientes:

600 g grão de bico cozido
200 g de linguiça de porco
200 g de bacon
10 g de alho picado
1 cebola picada
Azeite de Oliva Virgem
Sal ao gosto
4 Prime Ribe de Suíno (tempere o prime Ribe com sal, pimenta, vinho branco, limão, alho picadinho e deixe marinando por 24 horas)

Preparo:

Colocar em uma panela grande colocar o azeite, dourar o bacon, e juntar a linguiça, grão de bico , alhos e cebola deixe dourar, coloque o molho de tomates, acerte o sal e a pimenta.

Preparação do Prime Ribe:

Retire o prime Ribe da marinada. Reserve
Aqueça muito bem uma chapa de grelha coloque um fio de azeite e grelhe muito bem o prime de ambos os lados.
OBS: como o prime Ribe é alto leve ao forno depois de grelhado por 25 minutos para assegurar que não fique mal passado. Deve estar bem cozido.
Na panela que grelhou o prime, retire o excesso de gordura, coloque o tempero da marinada, e acrescente 2 colheres de farinha misturada a 2 colheres de manteiga.
Deixe reduzir até ficar um molho cremoso.

Montagem do prato:
Disponha o grão de bico, e por cima o Prime Ribe, regue com o molho e sirva quente.

 

Sem categoria

Uma Questão Pessoal, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 12 de outubro de 2018 0 Comentários

Os italianos Paolo e Vittorio deixaram a marca dos Irmãos Taviani gravada na história do cinema mundial com filmes como Pai Patrão e César Deve Morrer. A morte de Vittorio aos 88 anos em abril, interrompe mais de 60 anos de trabalho da dupla mais cultuada do cinema europeu.


“Uma Questão Pessoal” é o último trabalho que leva a assinatura dos irmãos Taviani, fechando com chave de ouro uma filmografia recheada com 22 obras primas. Com uma história super simples contada com muita sensibilidade e pouquíssimas falas, o filme estreou no último Festival de Toronto e chega agora ao Moviecom Arte.


Baseado no romance homônimo de Beppe Fenoglio, originalmente publicado meses após a morte do escritor, em 1963, “Uma Questão Pessoal” tem uma atmosfera carregada, densa como a neblina que cobre a paisagem no plano inicial e de onde surge o protagonista da história, Milton (Luca Marinelli).


A trama mostra Milton, membro da Resistência Italiana, cruzando a região de Langhe, durante a Segunda Guerra Mundial, obstinado pelo desejo de confrontar-se com Giorgio, seu melhor amigo, depois de descobrir que ele era amante de sua namorada. Mas Giorgio (Lorenzo Richelmy) se encontra preso pelos facistas e Milton terá que libertá-lo para então resolver suas questões pessoais.


Esta obra de arte é o filme da semana no Moviecom Arte, com exibição nos dias 13 e 14 de outubro às 11 hs e no dia 16 de outubro às 14 horas.

Não recomendado para menores de 14 anos.

Ficha Técnica
Título: Uma Questão Pessoal
Título Original: Una Questione Privata
Direção: Paolo Taviani, Vittorio Taviani
Roteiro: Beppe Fenoglio, Paolo Taviani, Vittorio Taviani
Produção: Donatella Palermo, Elisabetta Olmi, Eric Lagesse, Ermanno Olmi, Serge Lalou
País: Itália
Fotografia: Simone Zampagni
Trilha Sonora: Carmelo Travia, Giuliano Taviani
Montador: Roberto Perpignani
Distribuidora: Supo Mungam Films
Elenco: Alessandro Sperduti, Andrea Di Maria, Anna Ferruzzo, Antonella Attili, Fabrizio Costella, Francesca Agostini, Francesco Testa, Francesco Turbanti, Giulio Beranek, Giuseppe Lo Piccolo, Guglielmo Favilla, Jacopo Olmo Antinori, Lorenzo Demaria, Lorenzo Richelmy, Luca Marinelli, Marco Brinzi, Mario Bois, Mauro Conte, Tommaso Maria Neri, Valentina Bellè, Vincenzo Nemolato

Receita da semanaReceitasTemperos

Pisto Manchego com Frutos do Mar

Postado porTemperos de Cinema 12 de outubro de 2018 0 Comentários

O segundo prato do cardápio inspirado em “Volver”, do mestre espanhol Almodóvar, é uma segunda entrada, uma deliciosa e tradicionalíssima sopa de frutos do mar, o Pisto Manchego. Assim como sua “prima”, a ratatouille francesa, o pisto é um cozido de carnes e legumes. Sua origem remonta ao século VIII e está associada às regiões de La Mancha e Andaluzia.
A chef Sandra Romansini nos apresenta uma versão do Pisto Manchego servido com frutos do mar. Um prato surpreendente como o próprio Almodóvar e como a própria Espanha.

Receita de Pisto Manchego de Frutos do Mar

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite
500 g de polvo fresco limpo e cortado em cubos grandes
200 g de filés de peixe em cubos pequenos (badejo /robalo ou outro peixe de carne firme)
100 g de lulas em rodelas finas
100 g de mexilhões sem casca
100 g de mexilhões com casca
200 g de camarões pequenos, limpos
200 gramas de Camarões médios com casca
1 dente de alho grande, amassado
1 cebola média picada
50 g de pimentões verde vermelho e amarelo em cubinhos
500 g de batata em cubos
Salsinha a gosto
Sal
300 ml de molho de tomates
500 ml Vinho branco
Louro
Tomilho
Alecrim
3 litros de caldo de legumes
meia colher (sopa) de curry em pó
1 colher (sopa) de coentro picado
4 ovos
4 colheres de vinagre

Preparo:
Em uma panela doure o alho a cebola e coloque o polvo limpo para refogar por 8 minutos, experimente se está ao dente . Se estiver coloque as lulas os pimentões os Condimentos e a batata o molho de tomate e refoge bem. Deglaceie com vinho branco, adicione os Camarões pequenos e o mexilhão coloque o caldo de legumes e de cozinhe por 10 minutos ou até que a batata esteja cozida.

Decoração do prato:
Camarões grelhados:

Em uma Frigideira em
separado coloque um fio de azeite e grelhe os Camarões temperando com sal e pimenta e um pouquinho de salsinha. Por 3/5 minutos Reserve.

Ovo poche fácil:
Em uma xícara coloque 2 colheres de água, 1 de vinagre, com cuidado quebre o ovo dentro da xícara.
Leve ao microondas por 30 segundos deixe esfriar um pouco. Repita com os 3 ovos ( um em cada xícara).

OBS: cuidado para não quebrar a gema.

Montagem do Pisto Manchego
Disponha a sopa em uma tigela coloque os Camarões grelhados e com cuidado coloque o ovo.

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Benzinho, no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 5 de outubro de 2018 0 Comentários

Ela trata todo mundo por “benzinho”. Mãe dedicada de 4 filhos, esposa dedicada de um marido em crise, irmã dedicada de uma mulher recém-saída de uma relação complicada… Irene (interpretada por Karine Teles, que também assina o roteiro) é uma dessas mulheres de classe média que dedica sua vida a cuidar dos outros.


O filme começa mostrando Irene e seus filhos acidentalmente trancados dentro de casa e ela é obrigada a pular a janela para sair. Esta cena ilustra bem a história cheia de obstáculos, físicos e emocionais, que a personagem terá que vencer no decorrer do filme. E ela o fará com muita doçura.


“Benzinho”, do diretor e roteirista brasileiro Gustavo Pizzi, brilhou no 46° Festival de Gramado (2018), premiado como melhor filme pelo júri popular e pela crítica, além dos prêmios de melhor atriz e atriz coadjuvante.
Sucesso de crítica, “Benzinho” também fez bonito no Sundance Festival deste ano e é um dos fortes candidatos a representar o Brasil no Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2019.


O elenco conta ainda Otávio Müller, Adriana Esteves, Mateus Solano e o jovem ator grego Konstantinos Sarris.
“Benzinho” abre a programação de outubro do Moviecom Arte e será exibido nos dias 06 e 07 às 11 horas e no dia 09 às 14 horas, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí. Não recomendado para menores de 12 anos.

Ficha Técnica

TÍTULO ORIGINAL: Benzinho
DIREÇÃO: Gustavo Pizzi
ROTEIRO: Gustavo Pizzi e Karine Teles
ELENCO: Adriana Esteves, Ariclenes Barroso, Camilo Pellegrini, Cesar Troncoso, Karine Teles, Konstantinos Sarris, Lucas Gouvêa, Mateus Solano, Otávio Muller, Pablo Riera
PRODUÇÃO: Agustina Chiarino, Fernando Epstein, Gustavo Pizzi, Rodrigo Letier
FOTOGRAFIA: Pedro Faerstein
TRILHA SONORA: Danny Roland, Maximiliano Silveira, Pedro Sá
ESTÚDIO: Baleia Filmes, Bubbles Project, TV Zero
DISTRIBUIÇÃO: Vitrine Filmes

Receita da semanaReceitasTemperos

A Culinária Espanhola e As Cores de Almodóvar

Postado porTemperos de Cinema 5 de outubro de 2018 0 Comentários

Neste mês de Outubro o Temperos de Cinema traz um cardápio que homenageia a culinária espanhola e todo inspirado nas cores de Almodóvar, um de seus mais famosos cineastas.
O filme escolhido é “Volver”, de 2006, estrelado pela diva Penélope Cruz e que tem todos os elementos que caracterizam os filmes de Pedro Almodóvar.

Como sempre, nosso cardápio começa pela entrada e hoje a chef Sandra Romansini ensina a preparar um Gaspacho, uma sopa fria muito popular na região de Andaluzia e que tem sua origem datada por volta do século XVII como um prato das camadas menos favorecidas. Aos poucos o Gaspacho se tornou um dos pratos mais apreciados da gastronomia espanhola.
De quebra, a chef Sandra Romansini nos ensina também a preparar uma Sangria, bebida que está para a gastronomia espanhola como a caipirinha está para nossa.
E, convenhamos, cozinhar bebericando um bom drink torna a experiência ainda mais prazerosa, não é mesmo?

Receita de Gaspacho

Ingredientes:
500 g de tomate maduro firme, sem pele e sem sementes
1 pimentão vermelho médio em cubinhos
1 pimentão amarelo em cubinhos
1/2 pimentão verde em cubinhos
½ pepino em cubinhos
200 ml de suco de tomate
Sal a gosto
Pimenta a gosto
100 gramas de azeite de oliva extra-virgem.
10 g alho
1 fatia de pão amanhecido picado.
Tabasco a gosto
Suco de 1 limão Taiti

Modo de preparo:

Separe todos os ingredientes.

Em um liquidificador coloque:
O suco, os tomates, tempere com sal e pimenta, acrescente 1 parte do pimentão vermelho, verde e amarelo e uma parte de pepino em seguida coloque o pão, tempere com limão e fio de azeite e bata bem até que fique cremoso e homogêneo e todos os ingredientes se misturem.
Disponha em pratos de sopa, cumbuca ou taças, decorando com pimentões, um fio de azeite .
Sirva gelado!

Receita de Sangria

Ingredientes:
300 ml Vinho tinto seco
200 ml de água com gás
1/2 maçã verde
1/2 cacho pequeno de uva verde
1/2 cacho de uva roxa
5 morangos fatiados
1 fatia de abacaxi
2 rodelas de laranja
2 paus canela
2 colheres de açúcar

Modo de preparo:
Em uma jarra coloque o vinho, a água, as frutas, adoce com açúcar e coloque a canela
Coloque gelo a gosto e sirva gelado

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Filmes de Outubro no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 4 de outubro de 2018 0 Comentários

O Moviecom Arte faz uma verdadeira festa do cinema neste mês de Outubro, com uma programação super rica. São 4 filmes incríveis, que você não pode perder, começando pelo elogiadíssimo filme brasileiro “Benzinho”, que pode vir a representar o Brasil no Oscar 2019.
Temos também o último filme dos italianos Irmãos Taviani. “Uma Questão Pessoal”, o derradeiro trabalho de Vittorio Taviani, falecido em Abril .

Veja a Programação Completa e reserve uma data na sua agenda!

DIAS 06, 07 E 09 DE OUTUBRO
BENZINHO, de Gustavo Pizzi
O filme começa mostrando uma mãe e seus filhos trancada dentro de casa e sendo obrigada a pular a janela para sair. Esta cena ilustra bem a história cheia de obstáculos, físicos e emocionais, que a personagem terá que vencer. E ela o fará com muita doçura.
“Benzinho”, do diretor e roteirista brasileiro Gustavo Pizzi, brilhou no 46° Festival de Gramado (2018), premiado como melhor filme pelo júri popular e pela crítica, além dos prêmios de melhor atriz e atriz coadjuvante.

O título do filme vem da forma como a personagem central trata todas as pessoas de seu pequeno universo. A trama gira em torno de uma mãe e dona de casa de classe média, que dedica sua vida para cuidar de 4 filhos, do marido em crise e da irmã recém-saída de uma relação complicada. Tudo muda quando o primogênito é convidado para jogar handebol na Alemanha.

Sucesso de crítica, “Benzinho” também fez bonito no Sundance Festival deste ano e é um dos fortes candidatos a representar o Brasil no Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2019.

“Benzinho” é estrelado por Karine Teles, Otávio Müller e Adriana Esteves e abre a programação de outubro do Moviecom Arte.

Não recomendado para menores de 12 anos

DIAS 13, 14 E 16 DE OUTUBRO
UMA QUESTÃO PESSOAL, de Paolo e Vittorio Taviani

Os italianos Paolo e Vittorio deixaram a marca dos Irmãos Taviani gravada na história do cinema mundial com filmes como Pai Patrão e César Deve Morrer. A morte de Vittorio aos 88 anos em abril, interrompe mais de 60 anos de trabalho da dupla mais cultuada do cinema europeu.
“Uma Questão Pessoal” é o último trabalho que leva a assinatura dos irmãos Taviani, fechando com chave de ouro uma filmografia recheada com 22 obras primas. Com uma história super simples contada com muita sensibilidade e pouquíssimas falas, o filme estreou no último Festival de Toronto e chega agora ao Moviecom Arte.
A trama mostra um jovem membro da Resistência Italiana que decide cruzar a região de Langhe, durante a Segunda Guerra Mundial, para investigar o paradeiro de uma antiga namorada. Ao descobrir o possivel envolvimento de sua amada com seu melhor amigo, o rapaz se vê envolvido com marcas do passado e tenta resolver suas questões.

Não recomendado para menores de 14 anos

DIAS 20, 21 E 23 DE OUTUBRO
LIMITES, de Shana Feste

Por várias razões o cinema independente adora um road movie, histórias que se desenvolvem durante viagens. A cineasta e roteirista norte americana Shana Feste usa vários clichês dos cult movies americanos para construir uma história delicada sobre uma conturbada relação entre pai e filha em “Limite”. E a fórmula dá super certo.
Estrelado por dois grandes nomes do cinema contemporâneo, Christopher Plummer e Vera Farmiga, “Limites” segue a viagem de uma família composta por dois personagens divergentes e conflitantes mas que se completam em essência.
Laura (Vera Farmiga) é uma mulher que busca viver uma vida tranquila e que faz o possível para ajudar as pessoas. Sua bondade e generosidade são colocadas em teste quando ela precisa levar seu pai, Jack (Christopher Plummer), a uma viagem de carro do Texas até a Califórnia.
Nesta viagem está também Henry (Lewis MacDougall), filho de Laura. Juntos eles vão aprender da maneira mais confusa e difícil o que significa ser uma família.
Terceiro filme na programação de agosto do Moviecom Arte, “Limites” é um filme despretensioso mas que pode surpreender e encantar..
Não recomendado para menores de 16 anos

DIAS 27, 28 e 30 DE OUTUBRO
ESCOBAR, A TRAIÇÃO – de Fernando León de Aranoa

Não é por acaso que a vida do traficante colombiano Pablo Escobar já inspirou diversas produções. É inegável o fascínio que os grandes vilões exercem sobre nós. Reais ou fictícios, eles mexem com o imaginário de roteiristas, diretores e também do público.
Em “Escobar, A Traição”, o premiadíssimo diretor espanhol Fernando León de Aranoa mostra o narco-traficante mais rico do mundo sob a perspectiva de sau amante, Virginia Valejo, jornalista que relatou sua relação com o criminoso no livro ‘Amando Pablo, Odiando Escobar’.
Estrelado por Javier Bardem e Penélope Cruz, este filme mostra a transição de Escobar de “Robin Hood Sul-Amerciano” em um monstro sanguinário lutando para manter o poder.
“Escobar, A Traição” encerra a programação de outubro do Moviecom Arte e é um filme imperdível!
Não recomendado para menores de 16 anos

___________________

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom Jundiaí, que há 1o anos traz para a cidade filmes de arte e que não entram no circuito comercial.

Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco, Jundiaí – SP

Receita da semanaReceitasTemperos

Doce de Abóbora com Coco no Temperos de Cinema

Postado porTemperos de Cinema 27 de setembro de 2018 0 Comentários

A nossa Feijoada em homenagem ao Cinema Nacional está completa. Nos programas anteriores a chef Sandra Romansini mostrou o passo a passo e todos os segredinhos para fazer uma bela feijoada e também os acompanhamentos.
Para fechar com chave de ouro este cardápio, vem a sobremesa: um maravilhoso Doce de Abóbora com Coco, um dos doces mais tradicionais da gastronomia brasileira.

Doce de Abóbora com Coco
Ingredientes:
1 kg de abóbora
1 kg de açúcar
1 pau de canela
100 g de coco ralado
3 cravos-da-índia

Preparo:
Descasque a abóbora, corte em pedaços e cozinhe (pedaços quadrados de mais ou menos 4 ou 5 cm)
Depois de cozida, escorra a água, amasse bem com o garfo e leve ao fogo em uma panela com o açúcar, cravo e a canela
Deixe no fogo e mexa até desprender do fundo da panela
Retire do fogo, misture o coco e leve novamente ao fogo
Continue a mexer até desprender novamente do fundo da panela

CinemaMoviecomarteMoviecomarte

Egon Schiele no Moviecom Arte

Postado porTemperos de Cinema 26 de setembro de 2018 0 Comentários

David Bowie era um apaixonado estudioso e colecionador de arte. Entre seus artistas favoritos estava Egon Schiele. Exceto os mais profundos estudiosos e apreciadores de arte, poucas pessoas já ouviram falar de Egon Schiele, um pintor do começo do século passado, apadrinhado por Gustav Klint e tido como o pai do expressionismo austríaco.
Schiele teve uma vida e carreira breves. Ele morreu aos 28 anos, 3 dias após a morte de sua esposa que estava no sexto mês de gravidez. Ambos vítimas da terrível gripe espanhola.


Mas ele não passou por este mundo sem fazer barulho. Muito barulho. Seu trabalho fortemente marcado pelo erotismo, foi tachado como pornográfico, transformando-o em um artista maldito e ao mesmo tempo uma celebridade, uma espécie pop star com seguidores fervorosos.


Em “Egon Schiele: Morte e Donzela”, o diretor e roteirista austríaco Dieter Berner faz um interessante estudo sobre o artista, sua vida e obra, ambas tão emblemáticas, que até hoje divide opiniões e provoca controvérsias.
Berner conta a história de Schiele a partir das suas 5 principais modelos, que marcam os diferentes estágios de seu trabalho e de sua vida, começando por sua irmã Gerti (sua primeira modelo ainda criança), até Edith, a esposa.


Por ter um roteiro assumidamente didático e abrandar alguns pontos polêmicos da vida de Egon Schiele, o filme parece uma encomenda para celebrar o centenário da morte do pintor (ele morreu em 31 de outubro de 1918). Mas isso não tira os méritos do trabalho de Dieter Berner.


“Egon Schiele: Morte e Donzela”, além de uma justa homenagem a esse importante artista, nos coloca diante de uma época de grandes transformações que foi a primeira década do século XX e amplia o debate sobre a liberdade de expressão e a tolerância no universo das artes.
Esta não é a primeira cinebiografia deste artista polêmico. Em 1980 tivemos “Excessos e Punição”, de Herbert Vesely, que também merece ser visto.
“Egon Schiele: Morte e Donzela”, é o filme da semana no Moviecom Arte e você poderá assistí-lo nos dias 29 e 30 de setembro às 11 horas e no dia 02 de outubro às 14 horas, no Moviecom Cinemas do Maxi Shopping Jundiaí.

Ficha Técnica
Título: Egon Schiele: Morte e Donzela
Título Original: Egon Schiele: Tod und Mädchen
Gêneros: Drama, Biografia, Histórico
País de Origem: Áustria e Luxemburgo
Ano de produção: 2016
Estréia: 19 de julho de 2018 (Brasil)
Duração: 1h 49min
Classificação: 14 anos
Direção: Dieter Berner
Roteiro: Dieter Berner, Hilde Berger
Elenco: Noah Saavedra, Maresi Riegner, Valerie Pachner
Trilha sonora: André Dziezuk
Direção de fotografia: Carsten Thiele
Edição: Robert Hentschel
Design de produção: Götz Weidner
Direção de arte: Peter Ackermann, Hucky Hornberger
Decoração de set: Hans Wagner
Figurino: Uli Simon
Distribuição: Cineart Filmes

Receita da semanaReceitasTemperos

Torresminho em Temperos de Cinema

Postado porTemperos de Cinema 21 de setembro de 2018 0 Comentários

Neste mês em que homenageamos o Cinema Nacional o cardápio é uma feijoada com todos seus complementos. E não poderia ser diferente pois uma boa feijoada é sempre uma festa.
Na receita de hoje a Sandra Romansini nos ensina a preparar o Torresminho, feito com uma panceta super especial e com aquele toque personalíssimo de chef.

Ingredientes:
100 ml de óleo
Sal
1 kg de Panceta de boi
1 limão cortado à francesa

Preparo:
Em uma panela de fundo grosso coloque o óleo, deixe aquecer, coloque a panceta e deixe fritar em fogo médio até que fique crocante.

Dicas:
* Quando colocar a panceta no óleo não mexa até que veja que já está crocante porém não totalmente pronto. Deste ponto vá mexendo sempre até dourar.
*Quanto escolher a panceta, escolha uma que tenha uma camada mais grossa de gordura.

Obs: Guarde a gordura que sobrou para preparar o arroz. Além de ficar saboroso, ele fica soltinho e brilhante